Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13469
Título: Aplicação de nanopartículas de quitosana com potencial de adjuvante na produção de soro contra o venneno do escorpião Tityus serrulatus
Autor(es): Soares, Karla Samara Rocha
Palavras-chave: escorpião;quitosana;nanopartículas;tityus serrulatus;imunização;scorpion;chitosan;nanoparticles;tityus serrulatus;immunization
Data do documento: 27-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOARES, Karla Samara Rocha. Aplicação de nanopartículas de quitosana com potencial de adjuvante na produção de soro contra o venneno do escorpião Tityus serrulatus. 2012. 146 f. Dissertação (Mestrado em Bioanálises e Medicamentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: In Brazil, several species of scorpions are known to cause accidents which can lead to death, which are mainly belonging to the genus Tityus. The scorpion Tityus serrulatus is the main responsible for more severe cases. Anti-scorpion serums are routinely produced by various institutions, despite their effectiveness, quality and action depends on how quickly treatment is started. Studies have been developed in the search for appropriate technologies to encapsulate and release recombinant or natives proteins capable of inducing antibody production. In this context, chitosan copolymer which can be obtained from the partial deacetylation of chitin or in some microorganisms and it is biocompatible and biodegradable has been widely used for this purpose. This study aimed to search for a system release from chitosan nanoparticles for peptide / protein of the venom of the scorpion T. serrulatus, able to provide a new model of immunization in animals, in order to obtain a potential novel polyclonal serum, anti-venom T. serrulatus. The chitosan nanoparticles were prepared by ionic gelation with polyanion tripolyphosphate (TPP). After standardizing the concentrations of TPP and chitosan was evaluated the efficiency of incorporation of bovine serum albumin (BSA) and scorpion venom, showed particle size compatible with the intended purpose. The particles showed adequate size around 200nm. The crosslinking was confirmed by absorption spectroscopy in the infrared. After verified the high encapsulation efficiency (EE) for acid bicinconínico method (BCA) protein assay and the particle size distribution, the success of the technique was proven and the potential for in vivo application of nanoparticles. The experimental animals were vaccinated and the antibodies measured by ELISA
metadata.dc.description.resumo: No Brasil, diversas espécies de escorpiões são conhecidas por provocar acidentes que podem levar ao óbito, sendo estas pertencentes principalmente ao gênero Tityus. O escorpião Tityus serrulatus é o principal responsável pelos casos de maior gravidade. Soros anti-escorpiônicos são produzidos rotineiramente por diversas instituições, e, apesar da sua eficácia, a ação depende da qualidade e da rapidez com que é iniciado o tratamento. Vários estudos têm sido desenvolvidos na busca de tecnologias adaptadas para encapsular e liberar proteínas nativas e/ou recombinantes capazes de induzir a produção de anticorpos. Neste contexto, a quitosana um copolímero que pode ser obtida a partir da desacetilação parcial da quitina ou em alguns microrganismos e por ser biocompatível e biodegradável tem sido amplamente utilizada para esta finalidade. O presente trabalho teve como objetivo a busca de um sistema de liberação a partir de nanopartículas de quitosana para peptídeos/proteínas do veneno do escorpião T. serrulatus, capaz de proporcionar um novo modelo de imunização em animais, com a finalidade para potencial obtenção de um soro policlonal inédito, anti-veneno de T. serrulatus. As nanopartículas de quitosana foram preparadas por gelificação iônica com tripolifosfato polianiônico (TPP). Após padronizar as concentrações de TPP e de quitosana, foi avaliado a eficiência de incorporação de Albumina Soro Bovina (BSA) e o veneno do escorpião, apresentaram tamanho de partícula compatível com a finalidade pretendida. As partículas apresentaram tamanho adequado em torno de 200nm. A reticulação foi comprovada por espectroscopia de absorção na região do infravermelho (IV). Após verificar a alta eficiência de encapsulação (EE) pelo método do ácido bicinconínico (BCA) de dosagem de proteína e a distribuição do tamanho de partículas, foi comprovado o sucesso da técnica e o potencial para aplicação in vivo das nanopartículas. Os animais experimentais foram vacinados e os anticorpos dosados pela técnica de ELISA
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13469
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KarlaSRS_DISSERT.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
KarlaSRS_DISSERT_PARCIAL.pdf988,59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.