Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13860
Título: Uma análise sociodemográfica dos cuidadores formais de idosos institucionalizados no município de Natal/RN, 2012
Título(s) alternativo(s): A analysis sociodemographic of the caregivers of formal of the institutionalized elderly in the Natal/RN city, 2012
Autor(es): Araújo, Cristiane Alessandra Domingos de
Palavras-chave: Envelhecimento populacional. Cuidador formal de idosos. Instituições de longa permanência para idosos. ILPI. Idoso;Populational aging. Formal caregiver for the elderly. Long-stay institutions for the elderly. LSIE. Elderly
Data do documento: 22-Fev-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO, Cristiane Alessandra Domingos de. A analysis sociodemographic of the caregivers of formal of the institutionalized elderly in the Natal/RN city, 2012. 2013. 171 f. Dissertação (Mestrado em Abordagens metodológicas em demografia; Dinâmica demográfica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The aging population and individual have been the subject of a multitude of studies nowadays. This is probably due to the impact of this phenomenon in various sectors of society, like social security, social assistance and public health. The process of aging of the individual imply the demand for specific services, considering the limitations and vulnerabilities of the individual at that stage of life cycle. The growth of the elderly contingent in the last decades raises challenges for policymakers, the family and also for the society at large. In this scenario, long-stay institutions for the elderly (LSIEs) appear as an option to aid and support the elderly and their family, assisting in all or part in the activities of daily living and self-care. Inside these LSIEs we find the professional responsible for the direct care of the elderly, the formal caregiver. In this context, this dissertation presents two main objectives: an analysis of the phenomenon of population aging in a given brazilian municipality Natal / RN, based on the Demographic Censuses of 2000 e 2010; and a social, demographic and economic characterization of the Formal caregiver for the institutionalized elderly in the municipality, evaluating aspects of his quality of life and also analyzing the institutions where they are inserted. Furthermore, we intend to identify demographic, socioeconomic and quality of life factors that are correlated with caregivers quitting the job. The data used in the second part of this work comes from the research project named Long-Stay Institutions for Elderly: abandonment or a family need? . This survey interviewed 92 caregivers in eleven LSIEs in Natal/RN. In the data treatment logistic regressions, cluster analysis and statistical tests were used. The survey revealed that aging in Natal is more pronounced in the older, more traditional districts: Petrópolis, Lagoa Seca and Tirol. It also allowed a broad characterization of the formal caregivers in LSIEs. Most of these professionals are female. The educational level is predominantly complete high school and more. Most caregivers reported being married or in union, or have ever been in a union. Family monthly income is under three times the minimum wage. The mean age is of 37.4 years. The mean time of work as a caregiver was 5.93 years. The associations showed that being woman, not being single, having caregiving training and physical limitations (regarding quality of life) are related to wanting to quit the caregiving job. As for the characterization of the LSIEs, it was found that the philanthropic ones are older and have most (62.5%) of the institutionalized elderly. The institutions managers gave social interaction and affinity with the elderly as the main criteria with which to evaluate and hire caregivers. It is intended with this study to contribute to improving the quality of life of the elderly and their caregiver, providing information on aspects of institutionalization of elderly both in the philanthropic and particular institutions, in Natal/RN; this dissertation may also be used as a starting point for later works
metadata.dc.description.resumo: O envelhecimento populacional e individual tem sido objeto de diversos estudos na atualidade. Isso se deve, provavelmente, ao impacto desse fenômeno em diversos setores da sociedade, principalmente nos de previdência social, assistência social e saúde pública. O envelhecimento do indivíduo, na figura do idoso, demanda serviços específicos, tendo em vista as limitações e vulnerabilidades do indivíduo nessa fase da vida humana. O crescimento desse contingente nas últimas décadas traz desafios para os gestores, para a família e para a sociedade. Nesse cenário, as instituições de longa permanência para idosos (ILPI) surgem como uma opção de auxílio e amparo ao idoso e a sua família, com a prestação de assistência integral ou parcial nas atividades de vida diária e no autocuidado. No ambiente dessas ILPIs se encontra o profissional responsável pelo cuidado direto ao idoso, o cuidador formal de idosos. Diante de tal contexto, a dissertação apresenta dois grandes enfoques: uma análise do fenômeno do envelhecimento populacional num determinado município brasileiro ‒ Natal/RN, ‒ com base nos Censos Demográficos de 2000 e 2010, e uma caracterização social, demográfica e econômica do cuidador formal de idosos institucionalizado do município, avaliando os aspectos de sua qualidade de vida, e também, analisando as instituições onde estão inseridos. Ademais, pretende-se identificar os fatores socioeconômicos e demográficos, e os ligados à qualidade de vida que levam os cuidadores a deixar essa ocupação. Os dados utilizados na segunda parte deste trabalho provêm do projeto de pesquisa intitulado Instituições de longa permanência para idosos: abandono ou. uma necessidade familiar? . A pesquisa envolveu 92 cuidadores formais, distribuídos em onze ILPIs localizadas em Natal/RN. No tratamento dos dados, foram utilizadas Regressões Logísticas, Análise de Agrupamento e Testes Estatísticos. A pesquisa permitiu constatar que o envelhecimento no município de Natal é maior nos bairros mais antigos e tradicionais: Petrópolis, Lagoa Seca e Tirol. Permitiu também uma ampla caracterização dos cuidadores formais lotados nas ILPIs. A maioria é do sexo feminino. A escolaridade predominante é ensino médio completo e mais. A maior parte dos cuidadores declararam estar casados/unidos ou alguma vez unidos. A renda familiar mensal é inferior a três salários. Quanto à idade, em média, é de 37,4 anos. O tempo médio de exercício da função de cuidador é de 5,93 anos. As associações mostraram que ser mulher, não ser solteiro, fazer o curso de cuidador e a limitação por aspectos físicos (domínio da qualidade de vida) se relacionam a pretensão de deixar de ser cuidador de idosos (atividade). Quanto à caracterização das ILPIs, verificou-se que as de natureza filantrópica são mais antigas e concentram o maior número de idosos institucionalizados (62,5%). Para contratar os cuidadores, os dirigentes das ILPIs citaram como principal qualidade/capacidade a interação social e a afinidade com o idoso. Pretende-se, com este estudo, contribuir para a melhoria da qualidade de vida do idoso e de seu cuidador formal, fornecendo informações sobre aspectos da institucionalização do idoso, tanto em estabelecimentos filantrópicos quanto em estabelecimentos privados, no município de Natal/RN, que poderão servir de parâmetro para estudos posteriores mais aprofundados
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13860
Aparece nas coleções:PPGDEM - Mestrado em Demografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CristianeADA_DISSERT.pdf5,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.