Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13861
Título: Envelhecimento populacional: um diagnóstico dos idosos institucionalizados, em Natal/RN
Autor(es): Barbosa, Maria de Fatima Miranda
Palavras-chave: Satisfação com a vida. Legislação. Arranjo familiar;Life satisfaction. Legislation. Family arrangement
Data do documento: 23-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARBOSA, Maria de Fatima Miranda. Envelhecimento populacional: um diagnóstico dos idosos institucionalizados, em Natal/RN. 2013. 142 f. Dissertação (Mestrado em Abordagens metodológicas em demografia; Dinâmica demográfica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The aging process lived by the Brazilian population concurred to the transformation in the family models, causing difficulties related to the elderly care on the Family environment, a fact that is one of the main reasons for their institutionalization. Facing this scenario, the need of investigating how the elderly lives on the long-term facilities (ILPI) has aroused. In this study, it has been conducted an analysis of the populational aging process, contrasting the Rio Grande do Norte to Brazil and the Northeast Region, between 1980 to 2010. Faced with the realization of this process, and the rising number of long-term facilities for the elderly (ILPI), it was needed to make a rescue of the abiding laws regarding elderly institutionalization, on the scope of Natal, which surged after the 1988 Federal Constitution, checking what were the impacts on the assistance of the institutionalized elderly. Lastly, it were investigated the possible determinants associated with the institutionalization, in Natal-RN, considering the aspects of the family structure, family relationship, economic, health and well being of the elderly. The results showed that Rio Grande do Norte, particularly Natal, follows the national scene, since between 1980 and 2000 its population passed the intermediate level in the process of population aging for, in 2010, to be considered elderly. Throughout this process, it was observed that Natal has been adapting to the federal legislation, through the creation of the municipal policy, City Council and other relevant standards for the elderly, promoting significant changes in ILPI.However, philanthropic institutions needs better resources for their maintenance. In research with the elderly, it was found that although the majority of the elderly have declared themselves satisfied with life, they had indicators of impairment of functional capacity and cognitive, isolated social behavior and depression, affecting the life quality of these elderly. These results reflect the need for greater investment of public power in the drafting, implementation and monitoring of public policies aimed at promoting changes that raise the level of life quality of this segment of the population
metadata.dc.description.resumo: O processo de envelhecimento populacional vivenciado pela população brasileira concorreu com as transformações nos arranjos familiares, provocando dificuldades quanto aos cuidados ao idoso no ambiente familiar, fato que se constitui como um dos principais motivos para a sua institucionalização. Diante deste cenário, surge a necessidade de investigar como vivem os idosos nas instituições de longa permanência (ILPI). Neste estudo, realizou-se uma análise do processo de envelhecimento populacional, contrastando o Rio Grande do Norte com o Brasil e a Região Nordeste, no período de 1980 a 2010. Diante da constatação deste processo e do crescente aumento das instituições de longa permanência para idosos, sentiu-se a necessidade de resgatar a legislação pertinente a institucionalização do idoso, no âmbito do município do Natal, que surgiram a partir da Constituição Federal de 1988, verificando quais os impactos na assistência aos idosos institucionalizados. Por último, investigaram-se os possíveis determinantes associados a essa institucionalização, em Natal-RN, considerando os aspectos da estrutura, do convívio familiar, econômicos e da saúde e bem-estar do idoso. Os resultados desta pesquisa mostram que o Rio Grande do Norte, em particular Natal, segue o cenário nacional, visto que entre 1980 e 2000 sua população passou do nível intermediário no processo de envelhecimento populacional para, em 2010, ser considerada como população idosa. Ao longo deste processo, observou-se que Natal vem adequando-se à legislação federal, por meio da criação da Política Municipal, do Conselho Municipal e demais normas pertinentes aos idosos, promovendo mudanças significativas nas ILPI. Contudo, as instituições filantrópicas carecem de melhores recursos para as suas manutenções. Na pesquisa com os idosos institucionalizados, detectou-se que embora a maioria dos idosos tenha se declarado satisfeita com a vida , estes apresentaram indicadores de deficiência da capacidade funcional e cognitiva, comportamento social isolado e depressão, comprometendo a qualidade de vida. Estes resultados refletem a necessidade de maiores investimentos do poder público na elaboração, implantação e acompanhamento de políticas públicas, visando promover mudanças que elevem o nível da qualidade de vida, deste segmento da população
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13861
Aparece nas coleções:PPGDEM - Mestrado em Demografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaFMB_DISSERT.pdf2,61 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.