Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14130
Título: Fazer a ponte para a escola de todos(as)
Autor(es): Rosa, Cláudia Sueli Rodrigues Santa
Palavras-chave: Escola Pública;Escola da Ponte;Escola de Todos (as);Comunidade;Auto-Organização;Public School;Escola da Ponte;Everybody s School;Community;Self-organization
Data do documento: 28-Abr-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ROSA, Cláudia Sueli Rodrigues Santa. Fazer a ponte para a escola de todos(as). 2008. 336 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The purpose of this study is to understand what are the matrix elements in which everyday activities of social author/authors, actor/actors and actress/actresses are embedded, in order to carry out the Escola da Ponte s political and pedagogic process (PPP). Thus, the object of this study is to reflect on an experience developed in a public school supported by the Portuguese State within the scenario of institutions that are committed to building up a school of the people by investing in democratization and community participation in their management process. The methodological course of action was targeted at the presuppositions of qualitative research (WOODS, 1999; BURGESS, 1997; MILLS, 1982; OLIVEIRA, 1998; BOGDAN and BIKLEN, 1994; MACEDO, 2000; CASAL, 1996; GEERTZ, 2000), with data collected from random word association (MACHADO and CARVALHO, 2003), the discourse of the interviewed (KAUFMANN, 1996; SILVA, 2006; 2002), observation notes and documents (ELIAS, 1997). Based on a multiple reference and theoretical framework, the investigation revealed elements that are construed as the raw material and pillars supporting the bridge of a school of the people, as well as the self-organization of the school community which emerges as a dimension that binds together all the elements and brings new arrangements into the school dynamics by moving from the individual to the society (DUPUY, 1990). Along this line, the central argument is that in the short and long run the public school quality does not spring from macro educational policies, nor from ephemeral mass-production programs, projects or governmental policies, but from the intent of the professionals working there in becoming authors and characters in the process of building up and carrying out the PPP. The Project has been conceived in the light of the needs and intentionality of the community whose support comes from the participation and social control held by the students families and the community s power to force to action public administration central agencies aiming at having the State fulfill its responsibilities
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem por objetivo compreender quais sejam os elementos matriciais que permeiam a prática cotidiana dos (as) autores (as), atores e atrizes sociais, para a efetivação do projeto político-pedagógico (PPP) da Escola da Ponte. Constitui-se, portanto, em objeto deste estudo, uma reflexão sobre a experiência desenvolvida numa escola pública, mantida pelo Estado português, inscrita no cenário das instituições que assumem o compromisso com a construção de uma escola de todos (as), pelo investimento na democratização e participação da comunidade em seus processos de gestão. O percurso metodológico foi norteado pelos pressupostos da pesquisa qualitativa (WOODS, 1999; BURGESS, 1997; MILLS, 1982; OLIVEIRA, 1998; BOGDAN e BIKLEN, 1994; MACEDO, 2000; CASAL, 1996; GEERTZ, 2000), com dados produzidos a partir da técnica da associação livre de palavras (MACHADO e CARVALHO, 2003), das falas dos (as) entrevistados (as) (KAUFMANN, 1996; SILVA, 2006; 2002), notas de observações e documentos (ELIAS, 1997). Ancorada por um quadro teórico multireferencial, a investigação apontou elementos considerados matéria-prima e pilares da ponte para a escola de todos (as), bem como a auto-organização da comunidade escolar que surge como dimensão que liga todos os elementos, imprimindo novas ordenações na dinâmica escolar a partir do movimento entre o individual e o social (DUPUY, 1990). Nesta linha, o argumento central é de que, a curto e médio prazo, a qualidade da escola pública não é tributária de políticas educacionais macros, tampouco de massificados e efêmeros programas, projetos ou política de governo, mas sim da decisão dos (as) profissionais que nela trabalham de tornarem-se autores (as) e protagonistas, no processo de construção e implementação do PPP. Projeto concebido à luz das necessidades e intencionalidades da comunidade e cuja defesa passa, sobretudo, pela participação e controle social das famílias dos (as) estudantes e pelo poder de pressão que a comunidade possa exercer junto aos órgãos centrais da gestão pública, no sentido de fazer com que o Estado cumpra com as suas responsabilidades
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14130
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ClaudiaSRSR.pdf3,76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.