Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14142
Título: Vida, experiência, conhecimento : a reforma do sujeito cognoscente em Tsunessaburo Makiguchi
Autor(es): Ribeiro, Rita de Cássia
Palavras-chave: Educação;Epistemologia;Cognição;Complexidade;Education;Epistemology;Cognition;Complexity
Data do documento: 17-Abr-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: RIBEIRO, Rita de Cássia. Vida, experiência, conhecimento : a reforma do sujeito cognoscente em Tsunessaburo Makiguchi. 2006. 213 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: Utilizing a great part of the works by Japanese educator Tsunesaburo Makiguchi and the register of fragments of his life, this thesis affirms that knowledge emerges from peoples` experience as they go about their daily lives. Facts, events, genetic inheritance, cultural patrimony, family history, the place where one was born and lived, and psychological predispositions nurture and form a vision of the world and of life in general. In Makiguchi s case, this multi-causal constellation led him to conceive the system of the value-creating pedagogy of good, gain and beauty; discussing the importance of cognition and evaluation in the experience of the human being. His life is exemplary in demonstrating that these aspects are inter-connected and, in a recursive movement between knowledge and self-knowledge, they can generate creative systems for understanding the world and introducing, essentially, the author into the epistemological problematic of complexity. The Makiguchian system and Edgar Morin s complexity approach suggest a pragmatic, paradigmatic reform of education and a thought reformation in the direction of the complex pedagogy, and that it creates a web that connects master-disciple, subject-object, human-world, local-global and singular-universal
metadata.dc.description.resumo: Através de grande parte da obra e do registro dos fragmentos da vida do educador japonês, Tsunessaburo Makiguchi, a tese afirma que o conhecimento emerge da experiência de vida dos sujeitos. Fatos, acontecimentos, herança genética, patrimônio cultural, história familiar, o lugar onde se nasce e vive e as predisposições psicológicas configuraram uma visão sobre o mundo e a vida. No caso de Makiguchi, essa constelação multicausal o conduziu a conceber o sistema de criação de valores bem-benefício-beleza, discutindo a importância do par cognição-avaliação para a experiência humana. Sua vida é exemplar para demonstrar como esses aspectos estão entrelaçados e, num movimento recursivo entre conhecimento e autoconhecimento, podem gerar sistemas criativos de compreensão do mundo, introduzindo o autor na problemática essencialmente epistemológica da complexidade. O sistema makiguchiano e a abordagem complexa de Edgar Morin sugerem uma reforma pragmática e paradigmática da educação e do pensamento em direção a uma pedagogia complexa, que enlaçam e entretecem mestre-discípulo, sujeito-objeto, homem-mundo, local-global, singular-universal
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14142
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RitaCR.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.