Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14156
Título: Mens sana in corpore sano: compreensões de corpo, saúde e educação
Autor(es): Mendes, Maria Isabel Brandão de Souza
Palavras-chave: Epistemologia;Corpo;Saúde;Educação;Educação Física;Epistemology;Body;Health;Education;Physical Education
Data do documento: 27-Abr-2005
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MENDES, Maria Isabel Brandão de Souza. Mens sana in corpore sano: compreensões de corpo, saúde e educação. 2005. 168 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.
Resumo: This thesis proposes that the idea expressed in Juvenal s quotation Mens Sana in Corpore Sano, produced in the Ancient Greek-Roman civilization includes undestandings of body, heath and education that were reapropriated and reorganized by scientific and pedagogical theories in the XIX and XX centuries. These theories, especially the ones that received contributions from the biomedical sciences, have influenced Physical Education in the search of becoming a science. In order to realize this reapropriation, we have analyzed the transformations in the concepts of body, health and education produced in the area discourse, aiming at pointing out elements to the configuration of a theory that is being called Corpore Sano. The theory constitutes in possible systematization of scientific, philosophical and pedagogical concepts, and as such, an understanding of the scientific fundaments of Physical Education. The corpus of this analysis was composed by 148 articles that were published in Revista Brasileira de Ciências do Esporte digitalized in the period between 1979 and 2003 and selected according to theme: body, biology, physical activity, effort physiology and health. The analysis of the content and the referential interpretation allowed the combination of philosophical reflection with attention to the empiric field as a comprehensive dimension. Based on the corpus of the analysis it is possible to configure meta-arguments about the concepts of body, health and education in the scientific production of Physical Education. As a metaresearch. Our study did not intend to judge the analyzed production, but look for theoretical elements that may generate a reflection about the scientific rationality in Physical Education and developments in the pedagogical field and in body practices. Such a reflection might be recognized as a theory of the living body, susceptible to modifications and interrogations that are proper of knowledge and practices of Physical Education. It is a theory rejects the idea of the complete truth and holds the comprehension that the truth is built historically through relations among different kinds of knowledge and Physical Education practices
metadata.dc.description.resumo: A tese propõe a idéia de que a Máxima de Juvenal: Mens Sana in Corpore Sano, pronunciada na Antiguidade greco-romana subsume compreensões de corpo, saúde e educação reapropriadas e reorganizadas por teorias científicas e pedagógicas nos séculos XIX e XX. Essas teorias, sobretudo, as que receberam contribuições das ciências biomédicas, influenciaram a Educação Física em busca de cientificidade. Para perceber essa reapropriação, analisamos as transformações nos conceitos de corpo, saúde e educação produzidos nos discursos da área, com vistas a apontar elementos para a configuração de uma teoria que estamos denominando de Corpore Sano, a qual apresenta-se como uma sistematização possível de conceitos científicos, filosóficos e pedagógicos e como tal, uma compreensão dos fundamentos científicos da Educação Física. O corpus de análise foi composto de 148 artigos publicados na Revista Brasileira de Ciências do Esporte digitalizada no período de 1979 a 2003 e selecionados a partir das seguintes temáticas: corpo, biologia, atividade física, fisiologia do esforço e saúde. A análise de conteúdo e a interpretação referencial permitiram combinar a reflexão filosófica com a atenção ao campo empírico numa dimensão compreensiva. A partir do corpus de análise é possível configurar meta-argumentos em torno dos conceitos de corpo, saúde e educação na produção científica da Educação Física. Como uma metapesquisa, nosso estudo não se pretendeu a um julgamento da produção analisada, mas sim buscar elementos teóricos que possam propiciar a reflexão sobre a racionalidade científica na Educação Física e seus desdobramentos no campo pedagógico e das práticas corporais. Uma reflexão dessa natureza poderá ser reconhecida como uma teoria do corpo vivo, sujeita a transformações e interrogações próprias dos saberes e práticas da Educação Física. Uma teoria que rejeita a idéia de verdade totalizante e abarca a compreensão de que a verdade é construída, historicamente, através das relações entre os saberes e as práticas da Educação Física
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14156
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaIBSM.pdf1,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.