Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14195
Título: Narrativa autobiográfica como prática de formação e de atualização de si : os grupos referência e o grupo reflexivo na mediação da constituição identitária docente
Autor(es): Gabriel, Gilvete de Lima
Palavras-chave: Educação;Formação continuada;Identidade docente;Continuing education;Teacher identity
Data do documento: 9-Jun-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GABRIEL, Gilvete de Lima. Narrativa autobiográfica como prática de formação e de atualização de si : os grupos referência e o grupo reflexivo na mediação da constituição identitária docente. 2009. 223 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The thesis: "autobiographical narrative as practical continuous training and updating of itself: the groups-reference and the reflexive group in the mediation of identity construction of teaching" begins in the founder matter: "What are the implications of groups-reference in the process of identity formation and the teaching role of teachers which is participating of the research? This object of study deals with the continuing education of teachers of Basic Education and the role of the reflective group as space-time of (re) construction of educational knowledge, for the recognition of yourself. The thesis defends that the autobiographical narrative, as a pedagogical tool and research, for the initial and continuous training, is presented as theoretical and methodological foundation necessary for identity formation of the teacher. The research is limited to the qualitative approach with a focus on the autobiographical narrative. The participants are six teachers, three teachers and three students-teachers. The corpus comprises six autobiographical narratives, six reports of successful experiences, two studies on the biographical work, and six individual testimonials about the impact in personal and professional life. The data analysis was to reference Dausien and Alheit (2006), Bruner (1997), Contreras (2002), Delory-Momberger (2007), Freire (2005), Giddens (2002), Josso (2004), new (1988, 2002), Passeggi (2001, 2002), Pineau (2004), Ricoeur (2004), Souza (2006), Tardif (2002) and Vygotsky (2005). The research revealed that the formation of identity as a teachers of the educators occurred in the reference group, involving the formal, non-formal and informal of the processes of knowledge , in a movement of alternation training that includes yourself, the other and the ambient. Also revealed that the pedagogical choices of the teachers studied aimed at minimizing educational gaps that were lived in both field personal and social; that the personal identity is configured as an identity narrative and the methodology of the biographical work, through the mimesis of continuing education, provided the passage from the group reflective to the group of reference
metadata.dc.description.resumo: A tese narrativa autobiográfica como pratica de formação continuada e de atualização de si: Os grupos referência e o grupo reflexivo na mediação da constituição identitaria docente parte da questão fundadora Quais as implicações dos grupos-referência no processo de constituição identitaria e de atuação docente das professoras participantes da pesquisa? Constitui o objeto de estudo a formação continuada de professoras da Educação Básica e o papel do grupo reflexivo como espaço-tempo de (re) construção dos saberes docentes para o reconhecimento de si mesmo. Defende-se a tese de que a narrativa autobiográfica como instrumento pedagógico e de investigação para a formação inicial e continuada se apresenta como fundamento teórico-metodológico indispensável para a constituição identitaria docente. A pesquisa circunscreve-se na abordagem qualitativa, com o foco na narrativa autobiográfica. As participantes são seis professoras, sendo três alunas-professoras e três professoras. O corpus compreende seis narrativas autobiográficas, seis relatos de experiências bem-sucedidas, duas analises sobre o trabalho biográfico, e seis depoimentos individuais sobre a repercussão deste na vida pessoal e profissional. A analise dos dados teve como referência Alheit e Dausien(2006), Bruner (1997), Contreras(2002), Delory-Momberger(2007), Freire(2005), Giddens(2002), Josso(2004), Nóvoa(1988,2002), Passegi(2001, 2002), Pineau(2004), Ricoeur(2004), Souza(2006). Tardif(2002), Vygotsky(2005). A pesquisa revelou, que a constituição identitaria docente das professoras ocorreu em grupos-referência, envolvendo os processos de aprendizagem formal, não-formal e informal, em um movimento de alternância da formação que compreende o eu, o outro e o meio; revelou ainda que as escolhas pedagógicas das professoras estudadas visavam minimizar lacunas educacionais vivenciadas tanto no campo pessoal quanto no social;que a identidade pessoal se configura como identidade narrativa e que a metodologia do trabalho biográfico por meio da mimese de formação continuada propiciou a passagem do grupo reflexivo para o grupo-referência
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14195
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GilveteLG.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.