Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14284
Título: O pedagogo como agente de transformação social para além dos muros escolares
Autor(es): Tavares, Andrezza Maria Batista do Nascimento
Palavras-chave: Atuação do pedagogo;SEMTAS;Educação Social;Pedagogia Social;Educação;Educação;Pedagogue actuation;SEMTAS;Social education;Social pedagogy;Non scholar education;Education and social politics
Data do documento: 30-Jun-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TAVARES, Andrezza Maria Batista do Nascimento. O pedagogo como agente de transformação social para além dos muros escolares. 2010. 266 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: This thesis concerns the problem about the pedagogue actuation in the social education into no scholars places. It search to understand the context and the social pedagogue role to his praxis and formation that enlarger the possibilities of the social educative practices into no scholars places. In this direction, we developed an investigation about the actuation of the pedagogues-educators in Natal city, in the 2007-2010 periods, into Municipal Secretary of the Labor and Social Assistance (SEMTAS). Considering that pedagogues are regularly attached in social educators profession as municipals public employees, we re the objective to evaluate their role into the social executed in the no scholars places, with the focus in the environmental dimensions of theirs work s places, pedagogical organization, institutional management and the professional formation. It privileged in this research the Specialized Reference Center of Social Assistance II (CREAS II), the Passages Houses I, II and III, the Social-Educative Measures in Open Environment Execution Program of Natal city (PENSEMA) and the Pitimbú Educational Center (CEDUC-Pitimbú). To realize this study it developed a research with qualitative nature by critic ethnography approach privileging those information collected with the social pedagogue-educators of the mentioned places. Through the methodological procedures adopted; beyond the bibliographical review we remarked the documental research, the semi-structured interview, the questionnaires-routes and the field observations. The analytical results revealed that the politics to the social education in Brazil historically came been dimensioned by the fight of social movements demanding the fundamental rights to the excluded people; that the SEMTAS politics of social education present a relative basic social protection to the excluded children and young people specially into law view; that the politics of social education in Natal city it s close of the logic of sanitarian attention about the disadvantaged groups; that the conceptual, methodological and formatives fragilities needs to the social pedagogues-educators praxis into non scholars places made difficult the operation capacity of a educative proposition anchored in a institutional action guided by the idea of emancipator education; that the SEMTAS take face several difficulties to developed a web assistance as preview in the reception proposition elaborated by the social pedagogues-educators. However in despite the tensions we remarked the value of this potentiality to the non scholar social education in her attempt to constitute herself in a legitimate space to the pedagogue professional actuation. In despite the obstacles to work and formation quotidian, across those non scholar spaces in the municipalities institutes to the social politics, it demonstrated personal sensibility and professional creativity in learning mediations and educative action to the children and younger derived from exclusion process and the social iniquities
metadata.dc.description.resumo: Esta tese aborda a problemática da atuação do pedagogo na Educação Social realizada em espaços não escolares. Busca-se compreender o lugar e o fazer do pedagogo social para oferecer reflexões de práxis e de formação que ampliem as possibilidades da prática educativa social em Espaços Não Escolares. Nesse sentido, desenvolvemos uma investigação sobre a atuação de Pedagogos-Educadores Sociais, junto à Prefeitura Municipal do Natal. Privilegiamos a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS) por seus Pedagogos estarem vinculados regularmente à profissão de Educadores Sociais na condição de servidores públicos efetivos em Natal-RN. A Tese objetiva desenvolver uma avaliação do papel do pedagogo na Educação Social realizada nos espaços não escolares da SEMTAS em Natal-RN, no período de 2007 a 2010, enfocando as dimensões ambiente físico-institucional, organização pedagógica, gestão institucional e formação. Em outras palavras, busca-se conhecer, compreender e avaliar os espaços de Educação Social em Natal, realçando a legitimidade da atuação do Pedagogo nesses Espaços Não Escolares. Privilegiamos nesta pesquisa o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS II), as Casas de Passagens I, II e III, o Programa de Execução de Medidas Sócio-Educativas em Meio Aberto da Cidade do Natal (PENSEMA) e o Centro Educacional Pitimbú (CEDUC-Pitimbú). Para realizar o estudo, desenvolveu-se pesquisa de natureza qualitativa, por meio da abordagem etnográfica crítica, privilegiando as informações coletadas junto aos Pedagogos-Educadores Sociais desses espaços citados. Dentre os procedimentos metodológicos que materializaram a pesquisa, destacamos revisão bibliográfica, pesquisa documental, entrevistas semiestruturadas, questionário-roteiro, observação, fotografias e diário de campo. Os resultados das análises revelaram que as políticas destinadas à Educação Social no Brasil, historicamente, vêm sendo dimensionadas por meio da luta dos Movimentos Sociais que reivindicam os direitos fundamentais dos excluídos; que a política de Educação Social da SEMTAS apresenta como aspecto mais importante a relativa proteção social básica de crianças e jovens excluídos pela ótica do direito; que a política de educação social do excluído em Natal-RN se aproxima da lógica da atenção sanitarista; que as fragilidades conceitual, metodológica, democrática e formativa necessárias às práxis dos Pedagogos-Educadores Sociais em Espaços Não Escolares dificultam a operacionalidade de uma proposta educativa ancorada em um processo intencional possibilitador da educação emancipadora; que a SEMTAS enfrenta inúmeras dificuldades para desenvolver o atendimento em rede previsto na proposta de acolhimento dos Pedagogos-Educadores Sociais; porém, apesar das tensões, ressaltamos o valor dessa possibilidade de educação social não escolar pela tentativa de se constituir em espaço legítimo de atuação do pedagogo, que apesar dos obstáculos do cotidiano do trabalho e da formação, têm demonstrado sensibilidade e criatividade na mediação positiva de aprendizagens sobre consciência com a diversidade, consciência das injustiças e a possibilidade da transformação social
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14284
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AndrezzaMBNT_TESE.pdf2,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.