Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14415
Título: Da resistência à ação política, a educação pelo consenso: a ação educativa de Pe. Sabino em Mãe Luiza Natal/RN
Autor(es): Fernandes, Maria Aparecida da Silva
Palavras-chave: Práticas educativas. Ação coletiva. Ator social. Participação. Diálogo;Educacional practices. Collective action. Social actor. Participation. Dialogue
Data do documento: 19-Ago-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERNANDES, Maria Aparecida da Silva. Da resistência à ação política, a educação pelo consenso: a ação educativa de Pe. Sabino em Mãe Luiza Natal/RN. 2011. 160 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This study focuses on a methodology of unchained action by Father Sabino Gentili in Mãe Luiza, suburb of Natal-RN, which has enhanced social participation in what Castells calls project identity. The perception of collective actions, focused on the development of subjects from the perspective of Alain Touraine occurs continuously in a popular neighborhood, whose history marked by conflict mainly related to the resistance in the remaining living space. It is argued that there was an appropriation of resistance identity, which was already present in the community of Mãe Luiza, in order to channel it to create a project identity, through an implicit methodology that has been identified as Pedagogy of Consensus, based on Paulo Freire s concepts of dialogue and participation. Therefore, by means of qualitative research, using tools such as semi-structured interviews and documented sources, we tried to describe the intent of the action of a social actor and the political and educational strategies that motivate the collective action aiming a social change, observing the elements present in this action that allowed the continuity of organizational and participating processes through the dynamics of Mãe Luiza s neighborhood
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho debruça-se sobre uma metodologia de ação desencadeada por Pe. Sabino Gentili, entre 1980 e 2006, em Mãe Luiza, bairro periférico da cidade de Natal-RN, que potencializou a participação social em torno do que Castells chama de identidade de projeto. Há a percepção da existência de ações coletivas, focadas na constituição de sujeitos na perspectiva de Alain Touraine que se dão de modo contínuo em um bairro popular cuja história é marcada por conflitos, relacionados, principalmente, à resistência pela permanência no espaço habitado. Defende-se que houve a apropriação de uma identidade de resistência, já presente na comunidade de Mãe Luiza, de modo a canalizá-la para a construção de uma identidade de projeto, através de uma metodologia implícita que foi identificada como uma Pedagogia do Consenso, calcada nos conceitos de diálogo e de participação de Paulo Freire. Assim, por meio da pesquisa qualitativa, utilizando de instrumentos como entrevistas semiestruturadas e fontes documentais, buscou-se descrever a intencionalidade da ação de um ator social, as estratégias políticas e as práticas educativas que perpassam a ação coletiva com vistas à mudança social, observando os elementos presentes nessa ação que propiciaram a continuidade de processos organizativos e participativos em meio à dinâmica própria do bairro de Mãe Luiza
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14415
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaASF_TESE.pdf2,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.