Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14458
Título: Por trás de links, sempre existem pessoas: o anonimato como fator de pertencimento no uso de redes sociais on-line em projetos educacionais
Autor(es): Costa, Adriano Medeiros
Palavras-chave: Redes sociais on-line. Tecnologia educacional. Educação sexual. Utopia. Dialética. Ideologia e agir comunicativo;Online social networks. Educational technology. Sexual education. Utopia. Dialectics. Ideology and communicative action
Data do documento: 18-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Adriano Medeiros. Por trás de links, sempre existem pessoas: o anonimato como fator de pertencimento no uso de redes sociais on-line em projetos educacionais. 2013. 280 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The thesis investigated how social networks online that allows anonymous postings can be used by teachers and students to promote the meeting between the sexual education and the needs and expectations of young people face a crosscutting theme, remarkably a taboo. It needs teaching strategies more efficient than those traditionally defended. With this experience, found in a short course about sexuality and health, we sought to go beyond the use of social networks for social entertainment, showing they can be an field that favors the process of teaching and learning. The research was based on the convergence of the communication concepts from Paulo Frere and another from Jürgen Habermas, as well as the philosophical concepts of utopia, ideology and dialectic are interrelated not only among themselves, but also inside an education field. Methodologically in this thesis, we adopted the category of qualitative research; the method is a combination of case study with action research. The technique was the use of questionnaires, data collection was in attendance and the types of data were primary. Finally, we present, then, the idea the communication is not in the middle, but in the trusty relationship established between the interlocutors. In this way, we can think when a student has met their need to be able answer his questions about sex with their teacher through an online social network that allows anonymity and through which the student knows who responds is their teacher, but the teacher can not distinguish the identity of his students, this dialogic relationship serves to get claims of the validity that are characterized as potential communicative action
metadata.dc.description.resumo: Esta tese investigou como as redes sociais on-line que permitem postagens anônimas podem ser utilizadas por professores e alunos para a promoção da Educação Sexual atender às necessidades e às expectativas dos jovens diante de um tema transversal notavelmente considerado tabu, exigindo estratégias pedagógicas mais eficientes do que aquelas tradicionalmente oferecidas. Com essa experiência, realizada em um minicurso sobre sexualidade e saúde, buscou-se ir além da utilização das redes sociais para o entretenimento social, mostrando que elas podem ser um ambiente que favorece o processo de ensino-aprendizagem. A pesquisa foi fundamentada na convergência dos conceitos de comunicação para Paulo Freire e Jürgen Habermas, bem como nos conceitos filosóficos de utopia, ideologia e dialética que se inter-relacionam não só entre si, mas também com o próprio campo da educação. Metodologicamente, nesta tese, foi adotada a categoria da pesquisa qualitativa. O método é uma combinação de estudo de caso com pesquisa-ação. A técnica foi a aplicação de questionários; a coleta de dados foi presencial e os tipos de dados foram primários. Por fim, apresenta-se, então, a concepção de que a comunicação não está no meio, mas na relação de confiança estabelecida entre os interlocutores. Dessa forma, é possível afirmar que quando um aluno tem sua necessidade atendida ao conseguir esclarecer suas dúvidas sobre sexo com seu professor através de uma rede social on-line que permita anonimato e através da qual o aluno sabe que quem responde é o seu professor, mas o professor não consegue distinguir a identidade de seu aluno, essa relação dialógica atende a pretensões de validez que a caracterizam como ação comunicativa em potencial
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14458
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AdrianoMC_TESE.pdf7,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.