Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14640
Título: Interação entre a equipe de enfermagem e a gestante com diagnóstico de pré-eclâmpsia
Título(s) alternativo(s): Interaction between the nursing team and the pregnant woman with the diagnosis of pre-eclampsia
Autor(es): Silva, Maria de Lourdes Costa da
Palavras-chave: Pré-eclâmpsia;Relações interpessoais;Equipe de enfermagem;Pre-eclampsia;Interpersonal relationships;Nursing, team
Data do documento: 17-Abr-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Maria de Lourdes Costa da. Interaction between the nursing team and the pregnant woman with the diagnosis of pre-eclampsia. 2008. 114 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The objective of this exploratory descriptive study with a qualitative approach was to analyze the perception of the nursing team and the pregnant women hospitalized with pre-eclampsia regarding the interactive process occurring in the care relationship. Data were collected by semi-structured interview with twenty nursing professionals that work in the high-risk ward and ten pregnant women with the diagnosis of pre-eclampsia. The discourses were analyzed using the content analysis method, in the modality of thematic identification. Three categories were identified that describe the perception of the interaction by the nursing professionals: recognizing the needs of the hospitalized pregnant woman, understanding the woman with pre-eclampsia, and presenting difficulties in the interactive process. With regards to the pregnant women, four categories emerged: recognizing the clinical care, feeling the lack of information, experiencing feelings during the hospitalization, and envisioning the interaction process. The meaning of the discourses was analyzed according to the principles of symbolic interactionism. The results indicate that both, the nursing professionals and the pregnant women, have a limited perception of their interaction, suggesting a need for further reflection about this reality in the health service units and in the nursing education environment
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa, tendo como objetivo analisar a percepção da equipe de enfermagem e das gestantes hospitalizadas, com pré-eclâmpsia, sobre o processo de interação durante a realização dos cuidados. A coleta dos dados foi realizada através de entrevista semiestruturada junto a 20 profissionais de enfermagem, que atuam na enfermaria de alto risco, e 10 gestantes com diagnóstico de pré-eclâmpsia. As informações originadas dos depoimentos foram tratadas, conforme o método de análise de conteúdo, na modalidade de análise temática. Desse processo, em relação aos profissionais, surgiram três categorias que descrevem como estes percebem a sua interação com a gestante no cuidado: reconhecimento das necessidades da gestante hospitalizada, compreensão da mulher com pré-eclâmpsia e apresentação das dificuldades no processo de interação. No que diz respeito às gestantes, emergiram três categorias: percepção das especificidades do cuidado, ausência de informação/acolhimento/vínculo e percepção do processo de interação. O significado das falas foi interpretado à luz dos princípios do Interacionismo Simbólico. Os resultados mostraram que tanto os profissionais quanto as gestantes percebem haver uma interação limitada entre eles, sendo necessário refletir sobre esta realidade nas instituições de saúde e no ensino de enfermagem
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14640
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariadeLourdesCS.pdf406,77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.