Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14670
Título: A fragilidade e suas representações para idosos domiciliados no contexto da estratégia de Saúde da Família
Autor(es): Oliveira, Luciane Paula Batista Araujo de
Palavras-chave: Envelhecimento;Idoso fragilizado;Enfermagem;Saúde da Família;Aging;Frail elderly;Nurse;Health Family
Data do documento: 22-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Luciane Paula Batista Araujo de. A fragilidade e suas representações para idosos domiciliados no contexto da estratégia de Saúde da Família. 2008. 127 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: This study aims to analyze social representations of elders to their fragile situation at home, with the presence of one or more characteristics, as defined by the Brazilian Ministry of Health. It is a descriptive and qualitative study, based on methodological -principles of the Theory of Social Representations. Setting was the homes of elderly residents in the area ascribed to a Family Health Unit (FHU) in the city of Natal. A total of 10 elderly subjects, whose choice was intentional and according to the need for USF home visit in a period of time, considering the saturation process of the information. As collection procedures were used the semi-structured interview and participant observation in accordance with the ethical rules of Resolution No. 196/96, with the assent of the Ethics and Research UFRN. To analyze the results, it was used the thematic content analysis in the aspect of preparation of representations, focusing on the totality of the discourse of the subjects. The results indicate that most study participants felt difficult to give meaning to the terms weakness and to be weak, although many present one or more aspects of the syndrome of frailty. From the content analysis of participants speeches in this study, we achieved the following categories: fragility as illness and disease as aging, aging and frailty as causes of changes and difficulties in daily life, the presence of family life in the fragile elderly, fragility as weakness and the risk for falls, the perception of being weak like a different person in addition to the absence of fragility in elderly life. Thus, through the processes of anchoring and objectification, the "fragile being" became familiar and concrete, showing that the meaning of weakness, besides the scientific definition found in the reified universes, can be reinterpreted and built within the consensus universes. About the care received by the staff of Family Health, from the viewpoint of older people there seems to be an understanding about the role of professional nurses; on the other hand, older people often mention the role of the Community Health Agent
metadata.dc.description.resumo: Este estudo teve como objetivo analisar representações sociais para idosos de sua situação de fragilidade em domicílio, com a presença de uma ou mais características, conforme definição estabelecida pelo Ministério da Saúde. É um estudo do tipo descritivo e de natureza qualitativa, fundamentado em princípios teórico-metodológicos da Teoria das Representações Sociais. Teve como cenário o domicílio de idosos residentes em área adscrita da Unidade de Saúde da Família (USF), da zona administrativa leste do Município de Natal/RN. Participaram 10 idosos (as), oriundos de zona rural (com exceção de um). Sete eram mulheres, sete sem cônjuge, apenas um sem filho, todos eles com aposentadoria ou pensão, a maioria sendo chefes de família e morando com filhos e outros parentes. A sua escolha foi intencional e de acordo com a necessidade de visita domiciliária da USF num período de tempo estabelecido, considerando o processo de saturação das informações. Como procedimentos de coleta, foram utilizadas a entrevista semiestruturada acompanhada de formulário e a observação participante, e conforme os preceitos éticos da Resolução nº. 196/96, com parecer favorável do Comitê de Ética e Pesquisa da UFRN. Para a análise dos resultados, utilizou-se a análise de conteúdo temática na vertente de elaboração das representações, centrada na totalidade do discurso dos sujeitos, os chamados sujeitos genéricos contextualizados e capazes de representar o grupo no indivíduo. Os resultados obtidos indicam que a maioria dos (as) participantes deste estudo se expressava com dificuldades, para falar ou dar significado aos termos fragilidade e ser frágil, mesmo considerando que a sua maioria (oito) apresentava um ou mais dos aspectos da síndrome de fragilidade. A partir da análise de conteúdo das falas das pessoas idosas participantes deste estudo, foram alcançadas as seguintes categorias: Fragilidade como doença e Doença como envelhecimento; O envelhecimento e a fragilidade como causadores de mudanças e dificuldades na vida diária; A presença de familiares na vida da pessoa idosa frágil; Fragilidade como algo que representa fraqueza e sua relação com o risco de sofrer quedas; A percepção de que ser frágil torna o idoso uma pessoa diferente; e A fragilidade não faz parte da vida do idoso. Contudo, a partir do referencial da Teoria das Representações Sociais, inferiu-se que a fragilidade está ancorada no contexto domiciliar, nas atividades da vida diária, na condição de saúde, nas alterações fisiológicas percebidas e nas dificuldades de vida enfrentadas. Portanto, através desses processos, o ser frágil transformou-se em algo familiar e concreto, mostrando que o significado da fragilidade, além da definição científica encontrada nos universos reificados, pode ser ressignificado e construído dentro de universos consensuais. Sobre a atenção recebida pela equipe de Saúde da Família e pelo (a) enfermeiro (a), na visão dos idosos, ainda não aparecem como profissionais presentes e atuantes, embora eles façam menção à atuação do Agente Comunitário de Saúde (ACS)
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14670
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LucianePBO_DISEERT.pdf912,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.