Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14761
Título: No caleidoscópio o estresse da equipe de enfermagem da UTI de um Hospital Universitário em Natal-RN
Autor(es): Martins, Cláudia Cristiane Filgueira
Palavras-chave: Enfermagem;Estresse;Unidades de terapia intensiva;Nursing;Stress;Intensive care units
Data do documento: 3-Ago-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MARTINS, Cláudia Cristiane Filgueira. No caleidoscópio o estresse da equipe de enfermagem da UTI de um Hospital Universitário em Natal-RN. 2012. 90 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: This study aimed to analyze stress on nursing staff of intensive care at the Teaching Hospital Onofre Lopes. The study sample consisted of thirty-eight (38) nursing professionals, including technicians and nurses working in the ICU of the hospital Data were collected between September to November 2011 in two stages.The first was the application of the Lipp Stress Symptoms Inventory (LSSI), which allowed us to measure the stress phase in which each team member was. After that, data were tabulated in Microsoft Excel spreadsheets and analyzed according to the 2010 inventory guidelines proposed by the author. After this analysis it was possible to complete the second phase of the research, which consisted of a semi-structured interview designed for those workers who were in the second phase of stress, resistance. Data analysis was based on Bardin 2004 content analysis, enabling the creation of categories based on grouping the ideas present in the interviewees' statements. It was found that the study population was mostly female (78.9%) aged from 30 to 39 years (50%), married (52.3%) and with dual-employment (65.7%). The most predominant phase, according to the Lipp inventory, was the stress resistance, present in 44.7% of the team and having as most predominant physical symptoms the constant feeling of physical exhaustion, verified in 16.8% of the participants, and psychological, the excessive irritability and emotional sensitivity in 26.3%. Regarding the qualitative data it was possible to establish three categories and four subcategories, with the following categories: the stressors of the workplace, overwork and the interpersonal relationships of the nursing staff in the ICU. And as subcategories: Routine care in the ICU; Pressures and Individual Charges; double journey: professional reflections on daily life, the night shift nursing staff and the body suffers, the manifestations of stress; deficient communication between team members. Thus, this study allowed the visualization of the stress phenomenon on nursing staff of the Teaching Hospital Onofre Lopes as a kaleidoscope of thoughts, feelings and experiences perceived by these professionals in different areas of their lives. It was also verified that the strengthening of the stress theme among nursing professionals need to be exploited and stimulated in several nursing areas of discussion so these workers are encouraged to take better care of themselves so they can take care of others health
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa teve como objetivo analisar o estresse na equipe de enfermagem da terapia intensiva do Hospital Universitário Onofre Lopes A população estudada foi constituída por trinta e oito (38) profissionais de enfermagem, entre técnicos de enfermagem e enfermeiros que atuam na UTI do referido hospital. Os dados foram coletados no período de setembro a novembro de 2011 em duas etapas distintas. Na primeira, foi feita a aplicação do inventário de sinais e sintomas do estresse de Lipp (ISSL), o qual permitiu a mensuração da fase do estresse em que cada membro da equipe se encontrava. Os dados foram tabulados em planilhas do Microsoft Excel 2010 e analisados conforme as diretrizes do inventário propostas por Lipp, 2000. Seguido a esta análise, foi realizada a segunda etapa da pesquisa, constituída por entrevista semiestruturada com aqueles trabalhadores que se encontravam na segunda fase do estresse, a de resistência. A análise das entrevistas foi baseada na proposta de análise do conteúdo de Bardin 2004, a qual permite a criação de categorias a partir do agrupamento de ideias presentes nas falas dos entrevistados. Como resultado, observou-se que a maior parte da população estudada é feminina (78,9%), na faixa etária entre 30 e 39 anos (50%), casadas (52,3%) e com duplo vínculo empregatício (65,7%). Segundo o inventário de Lipp, a fase de maior predominância foi a de resistência ao estresse, presente em 44,7% dos membros da equipe. O sintoma físico de maior predominância a sensação de desgaste físico constante, percebido em 16,8% dos participantes, e no âmbito psicológico, as manifestações predominantes foram irritabilidade excessiva e a sensibilidade emotiva com escores iguais a 26,3%. A partir dos dados qualitativos, foi possível delinear três categorias e quatro subcategorias. As categorias foram: os estressores do ambiente de trabalho; o excesso de trabalho e o relacionamento interpessoal da equipe de enfermagem na UTI. E como subcategorias: A rotina do cuidado na UTI; Pressões e Cobranças Individuais; Dupla jornada: reflexos no Cotidiano profissional; o trabalho noturno da equipe de enfermagem e o corpo que sofre: as manifestações do estresse e a comunicação deficitária entre os membros da equipe. Assim, por meio desse estudo foi possível visualizar o fenômeno do estresse na equipe de enfermagem do HUOL como um caleidoscópio de reflexões, sensações e experiências percebidas por esses profissionais em diferentes áreas de sua vida. Constatou-se, ainda, que o fortalecimento da temática estresse dos profissionais de enfermagem precisa ser instrumentalizada e estimulada em diversos espaços de discussão da enfermagem para que esses trabalhadores sejam incitados a cuidar melhor de si para, assim, cuidar da saúde do outro
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14761
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ClaudiaCFM_DISSERT.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.