Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14796
Título: Compreensão do típico ideal de técnicos de enfermagem acerca da sistematização da assistência de enfermagem
Título(s) alternativo(s): Understanding of the typical ideal of nursing staff about the systematization of nursing care
Autor(es): Salvador, Pétala Tuani Candido de Oliveira
Palavras-chave: Educação técnica em enfermagem. Auxiliares de enfermagem. Planejamento de assistência ao paciente. Processos de enfermagem;Education. Nursing. Associate. Nurses Aides. Patient care planning. Nursing process
Data do documento: 16-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SALVADOR, Pétala Tuani Candido de Oliveira. Understanding of the typical ideal of nursing staff about the systematization of nursing care. 2013. 123 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: This study aimed to understand the typical ideal of the nursing technician about the systematization of nursing care in the light of the theoretical framework of Alfred Schutz. It is a comprehensive phenomenological research, using the theoretical framework of Alfred Schutz. For the unveiling of the phenomenon (the typical ideal of the nursing technician about the systematization of nursing care), the search process was configured from the proposed guiding principles for a research methodology based on the work itself of Schutz held by Zeferino (2010) in his PhD. For data collection, we used the focus group technique, counting on the collaboration of thirteen practical nurses working in a university hospital in Rio Grande do Norte, who responded positively to the inclusion criteria: working in the study hospital, performing care direct to patients. Forty-four subjects showed interest in participating, being held a draw for selection of the research sample, consisting of 14 professionals, one of whom did not attend the gathering of data collection. The focus group, entitled "What I think about the systematization of nursing care", took place on February 15th, 2013, totaling 101 minutes. It was performed according to the Experiential Education Humanescent using building posters as projective technique, from the key question: "What is the systematization of nursing care for you?". In order to understand some of the biographical situation of the participants, a questionnaire was administered to study participants. From the agreement of the subjects, the focus group was recorded and photographed with the cooperation of one reporter and two other employees. We used Microsoft Word 2010 to perform the transcript of the meeting and Microsoft Excel 2010 for synthesizing the results via a spreadsheet. The study followed the ethical and legal principles that govern scientific research on humans, recommended in Resolution nº 196/96, it was approved by Opinion Embodied Ethics Committee in Research of UFRN (Federal University of Rio Grande do Norte), nº 98 424, of August 31th, 2012, CAAE No. 05906912.0.0000.5537. The analysis of the nursing staff speeches, along with the contemplation of their posters and their written descriptions, allowed from the guiding principles of Zeferino (2010), in light of the reference of Alfred Schutz, unveiling the typical ideal of nursing technicians about the systematization of nursing care, passing four themes: typing of the concept of systematization of nursing care; benefits, which resulted in the reasons to believe in the positivity of this working tool; experienced problems, revealing the world of everyday life of nursing professionals, and possibilities for improvement. It was concluded that the nursing technicians are unaware of the systematization of nursing care. However, they typify a very positive perception about the same, especially with regard to improvements that may foster care
metadata.dc.description.resumo: Objetivou-se compreender o típico ideal do técnico de enfermagem acerca da sistematização da assistência de enfermagem, à luz do referencial teórico de Alfred Schutz. Trata-se de uma investigação fenomenológica compreensiva, utilizando o referencial teórico de Alfred Schutz. Para o desvelamento do fenômeno (o típico ideal do técnico de enfermagem acerca da sistematização da assistência de Enfermagem), o processo de pesquisa configurou-se a partir da proposta de princípios orientadores de uma metodologia de pesquisa com base na própria obra de Schutz, realizada por Zeferino (2010), em seu doutoramento. Para coleta de dados, utilizou-se a técnica do grupo focal, com a colaboração de treze técnicos de enfermagem atuantes em um hospital universitário norte-riograndense, que responderam positivamente ao critério de inclusão: atuar no hospital de estudo e realizar cuidados assistenciais diretos aos pacientes. Quarenta e quatro sujeitos demonstraram interesse em participar, sendo realizado um sorteio para seleção da amostra da pesquisa, composta por 14 profissionais, dos quais um não compareceu ao encontro de coleta de dados. O grupo focal, intitulado O que eu penso acerca da sistematização da assistência de enfermagem , aconteceu no dia 15 de fevereiro de 2013, totalizando 101 minutos. Foi realizado de acordo com a Pedagogia Vivencial Humanescente, utilizando a construção de cartazes como técnica projetiva, a partir da questão chave: O que é sistematização da assistência de enfermagem para você? . A fim de compreender um pouco da situação biográfica dos participantes, foi aplicado um questionário aos participantes. A partir da concordância dos sujeitos, o grupo focal foi gravado e fotografado, contando com a cooperação de um relator e de dois outros colaboradores. Foi utilizado o Microsoft Word 2010 para a realização da transcrição do encontro e o Microsoft Excel 2010 para sintetização dos resultados por meio de uma planilha. O estudo seguiu os princípios éticos e legais que regem a pesquisa científica em seres humanos, preconizados na Resolução n° 196/96, e foi aprovado pelo Parecer Consubstanciado do Comitê de Ética em Pesquisa da UFRN, nº 98.424, de 31 de agosto de 2012, CAAE nº 05906912.0.0000.5537. A análise das falas dos técnicos de enfermagem, juntamente com a contemplação de seus cartazes e de suas descrições escritas, permitiu, a partir dos princípios orientadores de Zeferino (2010), à luz do referencial de Alfred Schutz, desvelar o típico ideal dos técnicos de enfermagem acerca da sistematização da assistência de enfermagem, perpassando quatro eixos temáticos: tipificação do conceito da sistematização da assistência de enfermagem; benefícios, que se traduziram nos motivos-para acreditar na positividade dessa ferramenta de trabalho; problemas vivenciados, reveladores do mundo vida cotidiano dos profissionais de enfermagem; e possibilidades de melhoria. Concluiu-se que o técnico de enfermagem típico é um sujeito crítico e reflexivo, que, apesar de ter tido uma formação acadêmica que negligenciou os aspectos teóricos essenciais concernentes à sistematização da assistência de enfermagem, possui uma situação biográfica que o faz acreditar na positividade da sistematização da assistência de enfermagem
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14796
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PetalaTCOS_DISSERT.pdf2,96 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.