Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14813
Título: Protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente em unidades de terapia intensiva
Título(s) alternativo(s): Evaluation protocol of nursing care and patient safety in Intensive Care Units
Autor(es): Alves, Kisna Yasmin Andrade
Palavras-chave: Enfermagem. Segurança do paciente. Terapia intensiva. Avaliação em saúde. Estudos de validação;Nursing. Patient safety. Intensive care. Health evaluation. Validation studies
Data do documento: 7-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALVES, Kisna Yasmin Andrade. Evaluation protocol of nursing care and patient safety in Intensive Care Units. 2014. 152 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The reports of adverse events date from 1990 up to the present day. Conceptually, these adverse events are unintentional injuries unrelated to the underlying disease, causing measurable lesions in patients, extending the period of hospitalization, or leading to death. These issues require discussions with regard to patient safety, improved quality of service, and preventing medical errors. In the Intensive Care Units, this concern is greater because these are sectors of intensive care to individuals with hemodynamic changes and imminent risk of death. Therefore, it is essential to conduct evaluation processes to investigate aspects of quality of nursing care and patient safety in these spaces. For that reason, we aimed to propose the Evaluation protocol of nursing care and patient safety in Intensive Care Units. For its achievement, we needed to: 1) analyze the evolution of the patient safety concept used in scientific productions, under Rodgers evolutionary concept; 2) identify the necessary items to build the evaluation protocol of nursing care and patient safety in the Intensive Care Unit, from the available evidence in literature; 3) construct an instrument for content validation of the evaluation protocol of nursing care and patient safety in the Intensive Care Unit; and 4) describe and evaluate the appropriateness of the content for an evaluation protocol of nursing care and patient safety in the Intensive Care Unit. This is a methodological study for the content validation of the abovementioned protocol. To meet the first three specific objectives, we used the integrative literature review in Theses Database of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel and the portal of the Collaborating Centre for Quality of Care and Patient Safety. The fourth specific objective happened through the participation of judges, located from the Lattes curricula, in the content validation process developed in two stages: Delphi 1 and Delphi 2. As instrument, we used the electronic form of Google docs. We present in tables the answers from the evaluation instruments by Delphi consensus and Content Validity Index (CVI) of the entire protocol. We summarized the results in articles entitled Analysis of the patient safety concept: Rodgers evolutionary concept ; Scientific evidence regarding patient safety in the Intensive Care Unit ; Technological device for the content validation process: experience report ; and Evaluation protocol of nursing care and patient safety in Intensive Care Units. The Embodied Opinion of the Research Ethics Committee of the Universidade Federal do Rio Grande do Norte, No. 461,246, under CAAE 19586813.2.0000.5537, approved the study. Thus, we conclude the protocol valid in its content, constituting an important tool for evaluating the quality of nursing care and patient safety in Intensive Care Units
metadata.dc.description.resumo: Os relatos sobre eventos adversos datam desde 1990, contemporizando-se até os dias atuais. Conceitualmente, os eventos adversos são injúrias não intencionais e sem relação com a doença de base, provocando lesões mensuráveis em pacientes, prolongamento do período de internação ou óbito. São temáticas que demandam discussões, no tocante à segurança do paciente, melhorias na qualidade do serviço e na prevenção de erros no atendimento ao paciente. Na Unidade de Terapia Intensiva, essa preocupação é ampliada, pois são setores de cuidados intensivos aos indivíduos com alterações hemodinâmicas e iminente risco de morte. Assim, é fundamental a realização de processos avaliativos para investigar os aspectos de qualidade do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente nesses espaços. Diante disso, objetivou-se propor o Protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente nas Unidades de Terapia Intensiva . Para alcançá-lo, fez-se necessário: 1) analisar a evolução do conceito segurança do paciente empregado nas produções científicas, sob a visão evolucionária de Rodgers; 2) identificar os itens necessários para compor o protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente na Unidade de Terapia Intensiva, a partir das evidências da literatura; 3) construir um instrumento para validação de conteúdo do protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente na Unidade de Terapia Intensiva; e 4) descrever e avaliar a adequação do conteúdo para um protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente na Unidade de Terapia Intensiva. Trata-se de um estudo metodológico, para validação de conteúdo do protocolo supracitado. Para atender os três primeiros objetivos específicos, utilizou-se a revisão integrativa da literatura no Banco de Teses da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e no portal do Centro Colaborador para a Qualidade do Cuidado e a Segurança do Paciente. O quarto objetivo específico foi concretizado pela participação de juízes, localizados através dos currículos Lattes, no processo de validação de conteúdo desenvolvido em duas etapas: Delphi 1 e Delphi 2. Como instrumento, utilizou-se o formulário eletrônico do google docs. As respostas provenientes dos instrumentos de avaliação são apresentadas, mediante consenso de Delphi e Índice de Validade de Conteúdo (IVC) de todo o protocolo, em tabelas. Os resultados foram sintetizados nos artigos intitulados A análise do conceito segurança do paciente: a visão Evolucionária de Rodgers , Evidências científicas acerca da segurança do paciente na Unidade de Terapia Intensiva ; Dispositivo tecnológico para processo de validação de conteúdo: relato de experiência ; e Protocolo de avaliação do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente nas Unidades de Terapia Intensiva . O estudo foi aprovado pelo Parecer Consubstanciado do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nº 461.246, sob CAAE nº 19586813.2.0000.5537. Conclui-se que o protocolo, válido em seu conteúdo, constitui uma importante ferramenta de avaliação da qualidade do cuidado de enfermagem e da segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14813
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KisnaYAA_DISSERT.pdf3,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.