Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16119
Título: Dificuldades na construção de gráficos de funções
Autor(es): Oliveira, Francisco Canindé de
Palavras-chave: Gráfico de funções;engenharia didática;didática da matemática;Functions graph;Didactic engineering;Didactic s mathematics
Data do documento: 12-Jun-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Francisco Canindé de. Dificuldades na construção de gráficos de funções. 2007. 117 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: This study describes about graduation s students difficulties of to draw functions graph. Specifically, we intend to observe their abilities evolution, as well as their difficulties during Calculus I subject in engineering course. For that, we show them publications about the elaboration of graphs and its difficulties in obstacle terms and some researches witch contain this subject and that it was done during postgraduate studies in mathematical education. It shows by research methodology aspects related to French didatic s mathematic and some theories of cognitive psychology considering the high value between theoretical-methodological relation that was evidenced in both theoretical conceptions about ways to understand and teach mathematic. This methodology is based on didactic engineering purpose, that consist in preliminaries analysis, conception and didactic sequence analysis prior, trials by application followed analysis up and conclusion. We had also used pedagogicals actions and analysis of results achieved, to classify types of errors made by the 2005 s students during second semester, from conceptions related to the episthemologic and didactics obstacles
metadata.dc.description.resumo: Neste estudo descrevemos as dificuldades de um grupo de alunos de graduação no que diz respeito ao ato de traçar gráficos de funções. Especificamente, investigamos a evolução das suas habilidades, assim como suas dificuldades no decorrer da disciplina Cálculo I, no curso de Engenharia. Para tanto, analisamos publicações sobre elaboração de gráficos e suas dificuldades em termos de obstáculo, bem como abordamos alguns relatórios de pesquisa relacionados ao tema em questão e que foram realizadas no âmbito dos estudos da pós-graduação em Educação Matemática. Mostramos que através dos aspectos relacionados à linha francesa da Didática da Matemática e de algumas teorias da Psicologia Cognitiva, é possível estabelecer uma importante conexão teórico-metodológica entre ambas as concepções teóricas acerca dos modos de compreender e ensinar matemática. Esta metodologia fundamenta-se na proposta da Engenharia Didática, que consiste em análises preliminares, concepção e análise a priori da seqüência didática, experimentação através de sua aplicação seguida da análise a posteriori e conclusão. Houve, também, a necessidade de recorremos a Intervenção Pedagógica e Análise dos Resultados Obtidos, para classificarmos e analisarmos os vários tipos de erros apresentados pelos alunos durante o segundo semestre de 2005, a partir das concepções referentes aos obstáculos epistemológicos e didáticos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16119
Aparece nas coleções:PPGECNM - Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FranciscoCO.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.