Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/18128
Title: Genética e biologia reprodutiva de vriesea minarum (Bromeliaceae): em busca de estratégias de conservação no quadrilátero ferrífero, minas gerais
Authors: Rolim, Pâmela Lavor
Keywords: Biologia e morfologia floral. Campos rupestres ferruginosos. Canga, genética de populações. Microssatélites. Mineração. Transferabilidade;Canga. Ferruginous rocky fields. Genetic and reproductive biology. Microsatellites. Mining. Population genetics. Transferability
Issue Date: 11-Mar-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ROLIM, Pâmela Lavor. Genética e biologia reprodutiva de vriesea minarum (Bromeliaceae): em busca de estratégias de conservação no quadrilátero ferrífero, minas gerais. 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Vriesea minarum é uma espécie de bromélias rupícola, com populações naturalmente fragmentadas, restrita a região do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, Brasil. É uma espécie ameaçada, que está sofrendo com a perda de habitat devido ao crescimento das cidades e às atividades de mineração. O conhecimento da variabilidade genética em populações de plantas é um dos principais ramos de genética da conservação, associando dados genéticos para as estratégias de conservação, enquanto que o conhecimento sobre a biologia reprodutiva pode ajudar na compreensão de aspectos fundamentais da história de vida, distribuição e estratégias de sobrevivência das plantas. Assim, o estudo da diversidade, riqueza, estrutura genética e biologia reprodutiva das populações de V. minarum podem contribuir para o desenvolvimento de ações de conservação. O capítulo 1 apresenta a transferabilidade de 14 loci de microssatélites para V. minarum. Entre os resultados desse capítulo, destaca-se o sucesso da transferabilidade de 10 loci de microssatélites descritos para outras espécies de Bromeliaceae, sendo todos eles polimórficos. No capítulo 2, é apresentada a genética de 12 populações de V. minarum que se distribuem por todo o Quadrilátero Ferrífero. Os resultados obtidos mostram pouca estruturação entre as populações (Fst = 0,088), mas com diferentes valores de riqueza (média = 2.566) e diversidade genética (média = 0.635) para todas as populações; o coeficiente de endogamia foi alto (Gis = 0.376). Estes dados podem ser resultado da ação de polinizadores e/ou dispersão de sementes eficientes, já que as populações são naturalmente fragmentadas. No capítulo 3, é estudada a biologia reprodutiva e morfologia floral de uma população de V. minarum, situada no Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, Minas Gerais. Como resultado, foi possível identificar que a espécie possui floração de janeiro a março; com flores que duram dois dias; síndrome mista de polinização; sendo primariamente alógama, mas também tem capacidade para ser auto fecundada. Espera-se que dados obtidos nos capítulos 1, 2 e 3 sirvam como base para outros estudos com espécies de campos rupestres ferruginosos, já que até o presente momento, não é de nosso conhecimento a existência de registros de outras pesquisas feitas com espécies endêmicas do Quadrilátero Ferrífero, que busquem conciliar o entendimento da genética, com os dados da biologia reprodutiva, tendo como alvo a conservação da biodiversidade neste hábitat altamente ameaçado pela mineração. Torna-se crucial uma análise cuidadosa para a criação de novas áreas de proteção, para conservação das populações da espécie
Abstract: Vriesea minarum is a rupiculous bromeliad species, with naturally fragmented populations, restricted to the Iron Quadrangle, Minas Gerais, Brazil. It is a threatened species, which is suffering from habitat loss due to the growth of cities and mining activities. The knowledge of genetic variability in plant populations is one of the main branches of conservation genetics, linking genetic data to conservation strategies while the knowledge about plant reproductive biology can aid in understanding key aspects of their life story, as well as in the comprehension of their distribution and survival strategies. Thus, the study of diversity, richness, and genetic structure, as well as the reproductive biology of populations of V. minarum can contribute to the development of conservation actions. Chapter 1 presents the transferability of 14 microsatellite loci for V. minarum. Among the results of this chapter, we highlight the successful transferability of 10 microsatellite loci described for other species of Bromeliaceae, all of which are polymorphic. In Chapter 2, we present the genetic analyses of 12 populations of V. minarum that are distributed throughout the Iron Quadrangle. We used the 10 microsatellite loci tested in Chapter 1. The results show a low population structuring (Fst = 0.088), but with different values of genetic richness (mean = 2.566) and gene diversity (mean = 0.635) for all populations; and a high inbreeding coefficient (Gis = 0.376). These may be the result of pollinators action and/or efficient seed dispersal, thus allowing a high connectivity among populations of naturally fragmented outcrops. The reproductive biology and floral morphology of a population of V. minarum, located in the Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, are studied in Chapter 3. This reserve is the only public environmental protection area where the species occurs. As a result of field experiments and observations, we found that the species has its flowering period from January to March, with flowers that last for two days and that it has a mixed pollination syndrome. It is primarily alogamous, but also has the capacity to be self-ferilized. It is expected that data obtained in chapters 1, 2 and 3 serve as basis for other studies with species from the ferruginous rocky fields, since until now, to our knowledge, there are no other survey of endemic species from the Iron Quadrangle, seeking to merge the genetic knowledge, with the data of the reproductive biology, with the ultimate aim of biodiversity conservation. Considering the great habitat loss for the species by mining, it becomes crucial to analyze the creation of new protected areas for its conservation
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18128
Appears in Collections:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PamelaLR_DISSERT.pdf3,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.