Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18234
Title: Atores sociais e política ambiental urbana do Município de Mossoró/RN pelo prisma das cartografias sociais analíticas
Authors: Oliveira, Luan Gomes dos Santos de
Keywords: plano diretor;política ambiental urbana;atores sociais;master plan;urban environmental policy;social actors
Issue Date: 7-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Luan Gomes dos Santos de. Atores sociais e política ambiental urbana do Município de Mossoró/RN pelo prisma das cartografias sociais analíticas. 2012. 143 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: Parte-se da compreensão que a relação sociedade/natureza é largamente problematizada em um contexto de crise socioambiental. Neste contexto, lançamos mão do princípio da esperança para planejarmos e elaboramos novas formas de se entender a realidade social, na articulação entre ciência e saberes alternativos. A pesquisa consiste em investigar, como os atores sociais interferem na construção da política ambiental urbana da cidade de Mossoró/RN tendo como referência os processos de implementação do Plano Diretor, bem como da Agenda 21 do município. A hipótese desta pesquisa é que a Política Ambiental em Mossoró tem um caráter essencialmente normativo que se expressa na criação de um arcabouço político institucional para gerir as questões ambientais envolvendo de maneira acessória e ou funcional a participação da sociedade mossoroense. Desse modo questionou-se quem são os atores que constroem a política ambiental de Mossoró/RN. Como objetivos específicos desta pesquisa são: Identificar a dimensão ambiental do Plano Diretor articulado a Agenda 21 de Mossoró/RN; mapear informações junto aos gestores, coordenadores e membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente e o conselho Municipal de Cidades sobre o funcionamento da política ambiental urbana mossoroense e como ela é executada pela Gerência Executiva de Gestão Ambiental em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Ambiental (SEDETMA) e a Gerência Executiva do Desenvolvimento Urbanístico. Como caminho metodológico, foi utilizado o método da sociologia das ausências e das Emergências em articulação com a ecologia dos saberes e das produtividades. É uma pesquisa qualitativa e documental, onde utilizou-se documentos como o Plano Diretor de Mossoró/RN, atas de reuniões dos conselhos e em complementaridade foram realizadas 12 entrevistas semi-estruturadas com os gestores e conselheiros da Política Ambiental Urbana do Município de Mossoró/RN. Usaram-se também os mapas sociais analíticos ou temáticos para a tradução dos diálogos entre os atores sociais, gestores e conselheiros que fazem a Política Ambiental Municipal. Conclui-se que estes diálogos e experiências, apontam para a construção de uma política ambiental mais participativa e efetiva, comprometida com a transformação individual e coletiva da sociedade mossoroense
Abstract: It starts with the understanding that the relationship between society / nature is largely problematic in a context of socio-environmental crisis. In this context, we use the principle of hope to plan and work out new ways of understanding social reality, the relationship between science and alternative knowledge. The research is to investigate how the actors influence the social construction of urban environmental policy of the city of Mossoró / RN with reference to the processes of implementing the Master Plan and Agenda 21 of the municipality. The hypothesis of this research is that the Environmental Policy in Mossley has a normative character that is expressed primarily in the creation of an institutional political framework to manage environmental issues involving so incidental and or functional society participation mossoroense. Thus questioned who are the actors that build environmental policy Mossoró / RN. The specific objectives of this research are: Identify the environmental dimension of the Master Plan Agenda 21 articulated Mossoró / RN mapping information from the managers, engineers and members of the Municipal Environment and Municipal Council of Cities on the operation of urban environmental policy mossoroense and how it is performed by the Manager of Environmental Management in conjunction with the Department of Environment and Territorial Development (SEDETMA) and Executive Management of Urban Development. As a methodology, we used the method of the sociology of absences and emergencies in conjunction with the ecology of knowledge and productivity. It is a qualitative research and documentary, which was used as the Master Plan documents Mossoró / RN, minutes of meetings of boards and complementarity were carried out 12 semi-structured interviews with managers and directors of the Urban Environmental Policy of the Municipality of Mossoró / RN. They used also the social analytical or thematic maps for the translation of the dialogue among social partners, managers and directors who make the Environmental Policy Council. We conclude that these dialogues and experiences point to the construction of an environmental policy more participatory and effective, committed to individual and collective transformation of society mossoroense
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18234
Appears in Collections:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuanGSO_DISSERT.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.