Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18741
Título: Anisotropia sísmica crustal na região de Cascavel - CE
Autor(es): Gomes, Sandro Giovani de Farias Alves
Palavras-chave: Anisotropia sísmica;Bacia Potiguar;Petrotrama Dúctil Pré-Cambriana
Data do documento: 30-Mar-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GOMES, Sandro Giovani de Farias Alves. Anisotropia sísmica crustal na região de Cascavel - CE. 2007. 59 f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: This dissertation presents a study on crustal seismic anisotropy in Cascavel - CE. The earthquake data employed here are from the Seismological Laboratory at Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) and were colected from 29 September 1997 to 05 march 1998 using six three-component digital seismographic stations. In general, the cause of the observed seismic anisotropy in many regions of the world is interpreted in terms of fluid-filled stress aligned microcracks in the rockmass (EDA). In other words, the polarisation direction of the faster shear-wave splitting is parallel to SHmax. However, other researches on seismic anisotropy carried out in NE Brazil have shown a remarkable consistency of the faster shear-wave polarisation direction with the direction of the Precambrian fabric. The present work is another case study that is used to investigate this issue. In order to map the Precambrian fabric we used aeromagnetic data, since the study area is mostly covered with sediments (up to 50m thick) and in-situ field mapping would be very difficult to be carried out. According to the results from the present research, the observations of the faster shear-wave polarisation directions in two seismographic stations in Cascavel region are best explained in the framework of EDA. For the remaining two stations, the observed anisotropy may have two interpretions: (i) - 90_ flips of the direction of polarisation of the faster shear-wave, since that the event-to-station ray path would be through the fracture zone and hence would travel under a higher pore pressure and (ii) - the observed seismic anisotropy would agree with the direction on the ductile Precambrian fabric
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta um estudo sobre a anisotropia sísmica crustal na região de Cascavel - CE. Para tal análise, foram utilizados os dados, cedidos pelo Laboratório Sismológico da UFRN, coletados durante o período de 29 de setembro de 1997 a 05 de março de 1998, através de uma rede sismográfica digital de três componentes, composta por seis estações. Freqüentemente, a causa da anisotropia sísmica crustal em inúmeras regiões do mundo, é interpretada como sendo efeito do alinhamento de poros e microfraturas saturados por fluidos, induzido pelo regime de esforço atual (EDA). Recentemente, pesquisas realizadas na região Nordeste do Brasil apresentaram uma interpretação cujos resultados para as observações da anisotropia crustal, apontaram uma consistência das direções de polarização da onda S mais rápida (onda S1), com a petrotrama dúctil pré-cambriana. Para o mapeamento dos lineamentos pré-cambrianos na região, usamos os resultados obtidos da assinatura magnética da área, já que a mesma é coberta por sedimentos (de até 50m de espessura), tornando difícil o mapeamento desses alinhamentos em campo. Observações de direções de polarização da onda S mais rápida obtidas por esta dissertação, em quatro estações sismográficas, para a região de Cascavel - CE, mostram consistência com o mecanismo da EDA para duas estações. Para as outras duas estações sismográficas restantes, a anisotropia observada pode ter duas interpretações: (i) rotação de 90_ na direção de polarização da onda S1, uma vez que os raios sísmicos percorreriam trajetórias ao longo da zona de falha, e de a mesma estar sobre uma pressão de poro alta e (ii) - a anisotropia observada concordaria com a petrotrama dúctil pré-cambriana
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18741
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SandroGFAG.pdf1,22 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.