Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18895
Título: Acari-RN: da construção do território aos limites da pobreza
Autor(es): Galvão, Maria Luiza de Medeiros
Palavras-chave: Acari-RN;Pobreza;Desigualdade;Território;Seridó;Acari-RN;Poverty;Inequality;Territory;Seridó
Data do documento: 19-Mai-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GALVÃO, Maria Luiza de Medeiros. Acari-RN: da construção do território aos limites da pobreza. 2006. 145 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: Acari-RN is one of the earliest municipalities in the region of Seridó Potiguar in rio Grande do Norte. In this municipality, two feelings coexist: power and loss. The former, justified by the process of occupation, which gave birth to its micro-region and the latter, marked by economic impoverishment, starting from the decade of 1970, with the decline of its main wealth: the cotton economy. From the association of these feelings, the motivation for the construction of this piece of work emerged. In it, poverty and inequality are discussed, in a dialect relation with the territory, through a theoretical-methodological reflection and from the analysis of the data collected in a field research. In order to valorize and enrich the theme and the study of the territory of Acari, it was necessary to compare it with the other municipalities that it generated: Currais Novos, Jardim do Seridó and Parelhas. Therefore, the use of the elements of a quantitative and qualitative research, applied in the study section, aimed at finding the poverty indicators, which make it difficult the development in Acari.
metadata.dc.description.resumo: Acari-RN é um dos municípios mais antigos da região do Seridó Potiguar, no Rio Grande do Norte. Coexistem, neste município, dois sentimentos: o de poder e o de perda. O primeiro, justificado pelo processo de ocupação, o qual deu origem à sua microrregião e, o segundo, marcado pelo empobrecimento econômico, desde a década de 1970, com o declínio da sua principal riqueza: a economia algodoeira. Da associação desses sentimentos, surgiu a motivação para a construção deste trabalho. Nele, discute-se a pobreza e a desigualdade, numa relação dialética com o território, através de uma reflexão teórico-metodológica e da análise dos dados, coletados em pesquisa de campo. Para valorizar e enriquecer o tema e o estudo do território acariense, fez-se necessário compará-lo com os municípios que dele foram originados: Currais Novos, Jardim do Seridó e Parelhas. Assim, utilizando elementos de uma pesquisa qualitativa e quantitativa, aplicada no recorte de estudo, objetivouse encontrar os indicadores da pobreza, que dificultam o desenvolvimento de Acari.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18895
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaLMG.pdf3,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.