Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18926
Título: As transformações fundiárias da comunidade de Sibaúma-RN com o advento do turismo
Autor(es): Andrade, Vanessa de Cássia Tavares
Palavras-chave: Comunidade;Valorização do mercado de terras;Incorporação de território;Segundas residências;Empreendimentos turísticos;Community;Land market valuation;Corporation of territories;Second home;Touristic enterprise
Data do documento: 17-Mar-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ANDRADE, Vanessa de Cássia Tavares. As transformações fundiárias da comunidade de Sibaúma-RN com o advento do turismo. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: The genesis of the research emerges from reflection about the space dynamics of the capital and to the capital. The expansion and the incorporation of territory for capital reveal, in part, strategies of the capitalism production way, which shows the search for accumulation conditions, expanding the alternatives of territory use that is, nowadays, selective and uneven. The present work verified the mechanisms where the capital imposes its practices through the agrarian structure and the valuation of land market, meaning, in our knowledge, that the reproduction of inequalities is showed, many times, by the wide land speculation and the fast land valuation. For this, the snip space will be the Sibaúma community, belonging to Tibau do Sul district, located in Rio Grande do Norte state. It‟s a rural area that has, gradually, changing through the advent of urban characteristics, given the association of public and private investments, both domestic and international. Through the empirical observations, inside the Sibaúma community, it was found expansion strategies, incorporation and appropriation of territory by capital. As a result of this practice, it‟s occurring the land valuation and the presence of a process of socio-spatial segregation, through the encouraging the opening of new subdivisions, mainly for construction of second homes and tourism enterprises in order to meet the demand of a higher socioeconomic level. The areas still available in Sibaúma, constitute into a reserve of value for the achievement of capitalist rent, being a mechanism of capital reproduction. In this way, to studying the socio-spatial transformations, caused by spatial valuation, we turn to the project of social space designed by Santos(2006), from the perspective of capitalist production of space, by understanding the historical process of formation, the mechanisms and the actions of social actors that produce and consume space
metadata.dc.description.resumo: A gênese desta pesquisa partiu da reflexão acerca das dinâmicas espaciais do capital e para o capital. A expansão e a incorporação de territórios pelo capital nos revelam, em parte, as estratégias do modo de produção capitalista, as quais se evidenciam na busca por condições de acumulação, ampliando as alternativas do uso do território que ocorre de forma seletiva e desigual. Verificamos neste trabalho os mecanismos que o capital se vale para impor suas práticas através da estrutura fundiária e da valorização do mercado de terras, significando, no nosso entendimento, que a reprodução das desigualdades acontece, muitas vezes, através da especulação fundiária acentuada com a rápida valorização dos terrenos. Para tanto, o recorte espacial será a comunidade de Sibaúma, pertencente ao Município de Tibau do Sul, localizado no Estado do Rio Grande do Norte. É um espaço rural que vem, paulatinamente, se transformando através do advento de características urbanas, em face da associação de investimentos públicos e privados, tanto nacionais, como internacionais. Através de observações empíricas, em Sibaúma, constatamos estratégias de expansão, incorporação e apropriação de territórios pelo capital. Como conseqüência de tal prática, está ocorrendo a valorização de terras e a presença de um processo de segregação sócio-espacial, através do estímulo à abertura de novos loteamentos, principalmente, para construção de segundas residências e empreendimentos turísticos, visando o atendimento de uma demanda de nível socioeconômico mais elevado. As áreas, ainda, disponíveis em Sibaúma, constituem-se em reserva de valor para realização da renda capitalista, sendo, portanto, mais um mecanismo de reprodução do capital. Neste sentido, para estudarmos as transformações sócio-espaciais, provocadas pela valorização do espaço, recorreremos ao projeto do espaço social pensado por Santos (2006), através da perspectiva da produção capitalista do espaço, mediante a compreensão do processo histórico de formação, dos mecanismos e das ações dos atores sociais que produzem e consomem o espaço
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18926
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VenessaCTA_DISSERT.pdf3,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.