Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18937
Título: Ilha de Santana e Alto de Santa Rita: a produção do espaço a partir do turismo em Caicó e Santa Cruz - RN
Autor(es): Silvino, Marluce
Palavras-chave: turismo;produção do espaço;ilha de Santana;alto de Santa Rita;tourism;production of space;Island of Santana;high of Santa Rita
Data do documento: 27-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVINO, Marluce. Ilha de Santana e Alto de Santa Rita: a produção do espaço a partir do turismo em Caicó e Santa Cruz - RN. 2012. 122 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Tourism is an activity that uses the spatial objects and also produces and because it creates an economic activity areas for leisure. So for this to occur itdoes need a space reorganized, with infrastructure to receive visitors. And in the process of construction / reconstruction of tourist destination the state comes as a precursor, creating public policies that tourism can develop. Thus, this paper examines the transformation process by which the spaces are aiming to become tourist, and what changes occur in socio-spatial dynamic of the city in which this activity is inserted. The spatial area of study refers to the Alto de Santa Rita, Santa Cruz and the Isla de Santana Tourist Complex in Caicó both in Rio Grande do Norte. The reconstruction of the Island de Santana did not occur randomly, in order that the spatial changes were performed to meet the demand for which Caicó had to perform his greatest social and religious event, the Feast of Santana, which occurs since its colonization in year 1748 and also the Carnival these two events being considered as a strong tourist attraction of the city. And the Santa Rita High was built in order to enter the city of Santa Cruz in the script of religious tourism of the state through the devotion of the patron. The Dissertation isstructured in five parts, the first refers to the introduction of the work, while the second examines how tourism wound to the Rio Grande do Norte and internalizesthe third part deals with the spaces for tourism in these cities, the the fourthidentifies as the symbolism of these spaces influence the transformation and the latter reveals how these spaces affect the socio-economic structure of cities across the events
metadata.dc.description.resumo: O turismo é uma atividade que utiliza os objetos espaciais e os produz e por ser uma atividade econômica cria territórios destinados ao lazer. Então para que isso ocorra se faz preciso um espaço reorganizado, com infraestrutura, para receber os visitantes. E nesse processo de construção/reconstrução do lugar turístico o Estado se apresenta como precursor, criando políticas públicas para que o turismo possa se desenvolver. Sendo assim, este trabalho analisa o processo de transformação pelo qual passam os espaços com o objetivo de se tornarem turísticos, e quais as mudanças que surgem na dinâmica socioespacial da urbe na qual essa atividade se insere. O recorte espacial de estudo se remete ao Alto de Santa Rita em Santa Cruz e ao Complexo Turístico Ilha de Santana em Caicó ambas no Rio Grande do Norte. A reconstrução da Ilha de Santana não ocorreu aleatoriamente, tendo em vista que as modificações espaciais foram realizadas visando suprir a demanda pela qual Caicó apresentava para a realização de seu maior evento social e religioso, a Festa de Santana, que ocorre desde a sua colonização no ano de 1748 e também o Carnaval, sendo esses dois eventos considerados como um forte atrativo turístico da cidade. E o Alto de Santa Rita foi construído visando à inserção da cidade de Santa Cruz no roteiro do turismo religioso do Estado por meio da devoção da padroeira. A Dissertação está estruturada em cinco partes, sendo que a primeira se remete à introdução do trabalho, já a segunda analisa como o turismo chaga até o Rio Grande do Norte e se interioriza, a terceira parte aborda os espaços destinados a atividade turística nessas cidades, a quarta identifica como a simbologia desses espaços influenciou na sua transformação e a última, revela como esses espaços interferem na estrutura socioeconômica das cidades através dos eventos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18937
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarluceS_DISSERT.pdf2,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.