Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18939
Título: O circuito espacial da produção petrolífera no Rio Grande do Norte
Autor(es): Alves, Sandra Priscila
Palavras-chave: Circuito espacial de produção. Atividade petrolífera. Meio técnico-científico-informacional. Rio Grande do Norte;Loop space of production. Oil extraction. The technical and scientificinformational. Rio Grande do Norte. Territorial division of labor
Data do documento: 22-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALVES, Sandra Priscila. O circuito espacial da produção petrolífera no Rio Grande do Norte. 2012. 207 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Our study refers to the state of Rio Grande do Norte against the deployment of oil activity in their territory. In this sense the aim of this work was to analyze the presence of the loop space of the oil production system linked to objects and actions on the Rio Grande do Norte territory. From the so-called "oil shock", an event that caused global developments in several countries, Petróleo Brasileiro S/A (PETROBRAS) increased investments in drilling geological basins in Brazil. In the year 1973 was drilled in the sea area well which led to commercial production of oil and gas in Rio Grande do Norte. From that point on were added in some parts of the Potiguar territory, large systems of coupled objects to actions caused by several agents. In this context, geographic situations have been reorganized due to an unprecedented space circuit production accompanied by a new circle of cooperation. In the state happen all instances of the circuit: the production, distribution and consumption. In light of the theory of the geographical area seek to direct our thoughts to the operation of these bodies, and they are linked to material and immaterial flows multiscales. This perspective allows us to think the territory of Rio Grande do Norte entered into a new territorial division of labor characterized by specialization regional production. Oil activity was implemented in the territory of Rio Grande do Norte at a time marked by productive restructuring of various economic sectors. The oil sector has been acting increasingly linked the scientific and informational, with a view to increasing productivity. The presence of this circuit demanded the territory, specifically the Mossoró, an organizational structure that is different from the vast system nationally integrated private commercial corporations to small corporations, all of them relating directly or indirectly to PETROBRAS. The flows between companies whose headquarters are located in distant states and even countries have generated a continuous movement of goods, people, information and ideas, which is also causing new materialities in the territory
metadata.dc.description.resumo: Nosso estudo se remete ao estado do Rio Grande do Norte frente à implantação da atividade petrolífera em seu território. Nesse sentido o objetivo geral do trabalho consistiu em analisar a presença do circuito espacial da produção petrolífera vinculado ao sistema de objetos e de ações presentes no território norte-rio-grandense. A partir do chamado choque do petróleo , acontecimento mundial que causou desdobramentos em vários países, a Petróleo Brasileiro S/A (PETROBRAS) aumentou os investimentos em perfurações nas bacias geológicas brasileiras. No ano de 1973 foi perfurado em área marítima o poço que deu origem à produção comercial de petróleo e gás no Rio Grande do Norte. Desse momento em diante foram acrescentados em algumas parcelas do território potiguar, grandes sistemas de objetos, juntamente, às ações provocadas por agentes diversos. Nesse contexto, situações geográficas foram reorganizadas em função de um inédito circuito espacial de produção acompanhado de um novo círculo de cooperação. No estado acontecem todas as instâncias do circuito: a produção, a distribuição e o consumo. À luz da teoria do espaço geográfico procuramos direcionar as nossas reflexões ao funcionamento destas instâncias, estando elas ligadas a fluxos materiais e imateriais multiescalares. Essa perspectiva nos autoriza a pensar o território norte-rio-grandense inserido em uma nova divisão territorial do trabalho marcada pela especialização regional produtiva. A atividade petrolífera implantou-se no território norte-rio-grandense em um momento marcado pela reestruturação produtiva de diversos segmentos econômicos. O setor petrolífero passou a atuar cada vez mais atrelado às bases científicas e informacionais, tendo em vista o aumento da produtividade. A presença desse circuito demandou ao território, mais especificamente a Mossoró, uma diversa estrutura organizacional que ocorre desde o vasto sistema nacionalmente integrado de corporações comerciais privadas até as pequenas empresas, todas elas relacionando-se diretamente ou indiretamente com a PETROBRAS. Os fluxos entre empresas, cujas sedes localizam-se em estados e mesmo países distantes, têm gerado um movimento contínuo de produtos, pessoas, informações e ideias, o que vem provocando também novas materialidades no território
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18939
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SandraPA_DISSERT_.pdf5,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.