Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18945
Título: A vilegiatura marítima e a urbanização em Tibau/RN
Autor(es): Batista, Joane Luiza Dantas Vieira
Palavras-chave: Vilegiatura marítima. Urbanização. Setor imobiliário. Segunda residência. Tibau/RN;Maritime villeggiatura. Urbanization process. Real estate. Second residence. Tibau / RN
Data do documento: 28-Fev-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BATISTA, Joane Luiza Dantas Vieira. A vilegiatura marítima e a urbanização em Tibau/RN. 2013. 187 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: This research aims the analysis of the urbanization process that has taken place in the coastal city of Tibau/RN in the period comprising 1980-2012, due to the (re) production of space to consumption of leisure and recreation, through the so called practice of Maritime Villeggiatura. Such practice exists so that people settle temporarily on the beach as a second home, interfering in the Regulation of the land use as well as in the urban planning of Tibau, promoting urbanization based in the logic of leisure, with enormous capacity for appropriation and space consumption. The practice of Maritime Villeggiatura in Tibau began in the late nineteenth century, becoming more relevant in the 1980s, when the practice became fashionable for the citizens of Mossoró City, in view of their economic strength, and consumption power to invest in this type of domicile. Tibau has become a great depository of second homes for leisure practice, which contributed even to the city administrative and political emancipation in 1997. The intensification of Real Estate activities, expanding second homes along the coast, results in the urbanization of Tibau territory with the assistance of Local Government, whom was interested in entering Tibau on the State tourism routes. The used methodology comprised literature review, data collection and local observation. Questionnaires were applied in the form of interviews to the villeggiaturistas, local residents, business and trade services local companies, a local agricultural firm named Agricultura Famosa Ltda., Municipal government and the Association of Senior Citizens of the municipality of Tibau. A photographic record was made to visualize the urbanization evolution of Tibau. It has also been taken georeference measures of the area object of study in this research, in order to analyze the use and occupation of the territory by urban and social agents villeggiaturistas and residents. The conclusion is that the urbanization process that has been taken in Tibau occurred along the coast shore, with low population density, and therefore creating difficulties to governance of the Municipal government. Real Estate Sector has been promoting the value increase of urban land in order to fragment the space with private condominiums segregating local resident population to outlying areas of the city, away from the coastline and lacking infrastructure and basic urban services
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa objetiva analisar o processo de urbanização que vem ocorrendo no município litorâneo de Tibau/RN no período que compreende 1980-2012, decorrente da (re) produção do espaço para o consumo do ócio e do lazer, por meio da prática da Vilegiatura Marítima. Essa prática visa fixar-se temporariamente na praia em segundas residências, interferindo no ordenamento e no uso do território urbano de Tibau, promovendo uma urbanização pautada na lógica do lazer, com enorme capacidade de apropriação e consumo do espaço. A prática da Vilegiatura Marítima em Tibau iniciou-se no fim do século XIX, tornando-se mais relevante na década de 1980, quando tal prática vira moda para os mossoroenses, diante de sua pujança econômica, como poder de consumo para investir nesse tipo de domicílio. Tibau passa a ser um grande depositário de segundas residências para a prática do lazer, o que contribuiu, inclusive, para a sua emancipação política e administrativa em 1997. A intensificação das atividades do Setor Imobiliário, expandindo as segundas residências ao longo do litoral, acaba por zonear o território urbano de Tibau com o auxílio do Poder Público local, este interessado em inserir o município na rota turística do Estado. A metodologia utilizada compreendeu levantamento bibliográfico, coleta de dados e observação em locus. Foram aplicados questionários em forma de entrevistas aos vilegiaturistas, residentes, empresários de comércio e serviços, a empresa de fruticultura Agrícola Famosa Ltda., Poder Público Municipal e a Associação de Idosos do município. Foi feito o registro fotográfico, para visualizar a evolução da urbanização de Tibau. Procedeu-se ao georeferenciamento do espaço em foco, a fim de analisar o uso e ocupação do território urbano pelos agentes sociais vilegiaturistas e residentes. Conclui-se que a urbanização que vem ocorrendo em Tibau se dá de forma estendida ao longo do litoral, com baixa densidade demográfica, e por isso de difícil governança por parte do poder público municipal. Onde o Setor Imobiliário vem promovendo a valorização do solo urbano, de modo a fragmentar o espaço com condomínios fechados e segregar a população de residentes para as áreas periféricas da cidade, cada vez mais longe da faixa litorânea e com carências de infraestrutura e serviços urbanos básicos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18945
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoaneLDVB_DISSERT.pdf4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.