Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19319
Título: Taxonomia de russulaceae lotsy agaricoides do semiárido brasileiro
Autor(es): Sá, Mariana Cavalcante e Almeida
Palavras-chave: Basidiomycota; Russulales; Caatinga; Brejo de altitude.
Data do documento: 19-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SÁ, Mariana Cavalcante e Almeida. Taxonomia de russulaceae lotsy agaricoides do semiárido brasileiro. 2014. 78f. Dissertação (Mestrado em Sistemática e Evolução) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Brazil is a country with a big biodiversity and has a 20% of all biodiversity of the world. Therefore the knowledge of the brasilian mycobiota e scarce and it’s worse in the semiarid region. The present study intended to investigate the species of fungi of the Russulaceae of Caatinga through taxonomic studies. The collections were made during the rainy season in areas of conservation of some Northeastern states. The species were discribed, ilustraded macro- and microscopically, microstructures of taxonomic aspects and spores ornamentations, these were also observed in scanning electron microscopy. As result were described 12 species. The most representative were Russula with 7 species, Lactifluus with 4 species and Lactarius with 1 species. All the species are new to science, this rase de diversity of Russulaceae from 41 to 52 species, this work represents 4,5% of de diversity of táxons known for Brazil and shows that the semiarid region is relevant in study of this family.
metadata.dc.description.resumo: O Brasil é um país de grande biodiversidade e possui potencialmente 20% de toda biodiversidade mundial. Diante deste quadro, o conhecimento sobre a micobiota brasileira é escasso e isso se agrava em regiões como o semiárido brasileiro. O presente trabalho teve como objetivo investigar as espécies de fungos da família Russulaceae para o semiárido, através de estudos taxonômicos. As coletas foram realizadas durante o período chuvoso, em áreas de conservação de alguns estados do Nordeste. Os materiais foram descritos, ilustrados macro e microscopicamente, juntamente com as análises da ornamentação de esporos, estes foram obtidos com microscópio eletrônico de varredura e outras microestruturas de cunho taxonômico. Como resultado foram encontradas 12 espécies. O gênero mais rico é Russula com sete espécies, Lactifluus com quatro e por fim Lactarius com uma espécie. Todas as espécies são novas para a ciência, aumentando o conhecimento sobre a riquesa de Russulaceae no Brasil de 41 para 52 espécies, este presente trabalho representa 4,5% da riqueza de táxons conhecidos para o Brasil e evidencia que o semiárido é uma área rica para estudos taxonômicos desta família.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19319
Aparece nas coleções:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarianaCavalcanteEAlmeidaSa_DISSERT.pdf20,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.