Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19604
Título: Análise dos microssismos registrados no arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) e suas relações com variáveis oceanográficas
Autor(es): Queiroz, Daniel Évora de
Palavras-chave: Microssismos;Ondas oceânicas de gravidade;Arquipélago de São Pedro e São Paulo;Clima de ondas;Oceano Atlântico
Data do documento: 27-Jun-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: QUEIROZ, Daniel Évora de. Análise dos microssismos registrados no arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) e suas relações com variáveis oceanográficas. 2014. 75f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica e Geofísica) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Microseisms are continuous vibrations pervasively recorded in the mili Hertz to 1 Hz frequency range. These vibrations are mostly composed of Rayleigh waves and are strongest in the 0.04 to 1 Hz frequency band. Their precise source mechanisms are still a matter of debate but it is agreed that they are related to atmospheric perturbations and ocean gravity waves. The Saint Peter Saint Paul Archipelago (SPSPA) is located in the equatorial region of the Atlantic Ocean about 1,100 km distant from the Brazilian northeastern coast. The SPSPA is composed by a set of several small rocky formations with a total area of approximately 17,000 m². Due to its remote distance from the continent and the lack of cultural noise, this location is a unique location for measuring microseismic noise and to investigate its relation with some climate and oceanographic variables. In the SPSPA we have recorded both primary microseisms (PM) at 0.04 – 0.12 Hz and the secondary microseisms (SM) at 0.12 – 0.4 Hz during 10 months in 2012 and 2013. Our analysis indicates a good correlation between the microseismic noise in the region and a seasonal dependency. In particular, the winter in the northern hemisphere. We have also shown that most of the PM is generated in the SPSPA itself. The SM source location depends with the seasonal climatic and oceanographic variables in the northern hemisphere
metadata.dc.description.resumo: Microssismos são vibrações contínuas na Terra registradas na faixa de frequência de mili Hertz para 1 Hz. Estas vibrações são em sua maioria compostas de ondas Rayleigh e são mais fortes na faixa de frequência de 0.04 – 1 Hz. Seus mecanismos de gerações ainda são questões de debates, mas é consenso que eles estão relacionados com perturbações atmosféricas e ondas oceânicas de gravidade. O Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) está localizado na região equatorial do Oceano Atlântico cerca de 1.100 km de distância da costa do nordeste brasileiro. O ASPSP é composto por um conjunto de várias pequenas formações rochosas com uma área total de aproximadamente 17.000 m². Devido a sua localização distante do continente, isolamento e ausência de ruídos provocados pela atividade humana, este local é ideal para a medição de ruído microssísmico e investigação de sua relação com algumas variáveis climáticas e oceanográficas. No ASPSP registramos microssismos primários (PM) entre 0.04 - 0.12 Hz e microssismos secundários (SM) entre 0.12 - 0.4 Hz durante 10 meses em 2012 e 2013. As análises indicam uma boa correlação entre o ruído microssísmico na região e uma dependência do clima de ondas. Em particular, com inverno no hemisfério norte. Também é mostrado que a maior parte do PM é gerado no próprio ASPSP. O local de geração do SM depende do comportamento das variáveis climáticas e oceanográficas no hemisfério norte.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19604
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DanielEvoraDeQueiroz_DISSERT.pdf1,6 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.