Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19780
Título: Análise da problemática socioambiental de nascentes urbanas no município de Garanhuns-PE
Autor(es): Soares, Antonio Benevides
Palavras-chave: Problemática socioambiental;Ambiente urbano;Nascentes;Garanhuns-PE
Data do documento: 25-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOARES, Antonio Benevides. Análise da problemática socioambiental de nascentes urbanas no município de Garanhuns-PE. 2015. 153f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Garanhuns City, in Pernambuco, undergoes a rapid, polluting and non-organized urban development affecting its freshwater springs around the urban environment. These sources are of great importance to the district as well as to the hydrographic basin of the Mundaú River. In this view, this paper aims at analyzing the socio-environmental problems resulting from the urban expansion surrounding the Garanhuns’ sources. The study considers the social and environmental dynamics and follows the theoretical contributions of socio-environmental geography proposed by Mendonça’s Urban Environmental System methodological and theoretical model (2004), as well as the conceptual values of Santos’ space theory (2002a). The data treatment included bibliographical and documental research, evaluation of environmental impact, and water analysis. It revealed that Garanhuns possesses many local environmental traits favoring the coming out of freshwater springs and that these sources have played an important role in the making and development of that village. The environmental impacts on freshwater springs, like Olho D’água, Bom Pastor, Vila Maria, Pau Amarelo and Pau Pombo have been evaluated through the environmental impact score IIAN. It put alight serious cases of socio-environmental impacts on the dynamics of the freshwater springs. In the period of April 2013 and April 2014, it monitored the superficial water quality expelled by the Pau Pombo, Pau Amarelo e Vila Maria water sources, and the analyses of the contents followed the determinations of the Environmental National Board, whose parameters are dissolved oxygen, biochemical demand of oxygen, nitrate, total coliforms, faecal coliforms, and electrical conductivity. The results recollected suggest the existence of organic pollution and deep alteration in the water coming out from the sources. In consequence, it seems important the putting out of measures destined to stop those impacts and guaranteeing protection and maintenance of the freshwater springs and their micro-basins.
metadata.dc.description.resumo: A cidade de Garanhuns-PE vem passando por uma expansão urbana rápida, desordenada e poluente que tem impactado nascentes presentes no ambiente urbano as quais são mananciais de relevância histórica e ambiental para o município e para a bacia hidrográfica do Rio Mundaú. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo analisar a problemática socioambiental decorrente da expansão urbana no entorno de nascentes no município de Garanhuns-PE. Buscando considerar dinâmicas sociais e ambientais, o estudo seguiu os aportes teóricos da geografia socioambiental, adotando o modelo teórico-metodológico do Sistema Ambiental Urbano proposto por Mendonça (2004) e os valores conceituais da teoria do espaço proposta por Santos (2012a). A operacionalização da análise envolveu pesquisa bibliográfica, documental, avaliação de impactos ambientais e análise da qualidade de água. Verificou-se uma grande variedade de conceituações e tipologias de nascentes assim como um vasto arcabouço legal útil a proteção das mesmas. Constatou-se que Garanhuns possui singularidades ambientais favoráveis ao surgimento de nascentes e que esses mananciais foram importantes no estabelecimento e no crescimento da cidade. Os impactos ambientais nas nascentes Olho D’água, Bom Pastor, Vila Maria, Pau Amarelo e Pau Pombo foram avaliados utilizando o Índice de Impacto Ambiental em Nascentes – IIAN mediante o qual se constatou graves contextos de impactos socioambientais a dinâmica das nascentes. O Monitoramento da qualidade da água superficial proveniente das nascentes Pau Pombo, Pau Amarelo e Vila Maria foi realizado entre abril de 2013 e abril de 2014, a análise dos resultados se deu com base na Resolução nº 357/2005 do Conselho Nacional de Meio Ambiente, utilizando os parâmetros Oxigênio Dissolvido, Demanda Bioquímica de Oxigênio, Nitrato, Coliformes Totais, Coliformes Fecais e Condutividade Elétrica. Os resultados obtidos indicam poluição orgânica contínua e profundas alterações na qualidade das águas provenientes das nascentes. Dessa forma, verifica-se que é urgente a execução de medidas visando à interrupção dos impactos, proteção e conservação das nascentes e suas microbacias.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19780
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AntonioBenevidesSoares_DISSERT.pdf6,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.