Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19839
Título: Indicadores do nível relativo do mar e evolução costeira durante o holoceno tardio no litoral oeste do Ceará, NE do Brasil
Autor(es): Vasconcelos, David Lino
Palavras-chave: Variação do nível do mar;Evolução costeira;Holoceno;Carbono 14;Luminescência opticamente estimulada
Data do documento: 26-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VASCONCELOS, David Lino. Indicadores do nível relativo do mar e evolução costeira durante o holoceno tardio no litoral oeste do Ceará, NE do Brasil. 2014. 82f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica e Geofísica) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: In the coastal region of Ceará, between the municipalities of Acaraú and Itapipoca, thirteen sites were identified containing indicators of relative sea level, six of these being dated by optically stimulated luminescence (OSL) and radiocarbon. Ages obtained supports that were formed prograding beaches in the study area. In the eastern portion, beaches in coastal plain deposits occur while a system lagoon/barrier paleomangrove occurs in the western portion of the study area. In both cases the coastal deposits prograde from east to west. Higher sea levels were identified between the current: (a) 3.110-2.830 cal. yr. BP; (b) 1.830 yr. BP (OSL) - 1.490 cal. yr. BP; (c) between 1.240-1.060 cal. yr. BP; (d) 845-715 yr. BP (OSL). Since then the sea level suffered by lowering the current level. Variations in sea level are interpreted as responses to changes in the pattern of marine circulation and do not exclude possible tectonic disturbances in the basin of the continental margin. The indicators of relative sea level west coast of Ceará present differently from other curves constructed in the coastal northeast, suggesting that local factors mentioned above contributed to sea level fluctuations.
metadata.dc.description.resumo: Na região litorânea do Ceará, entre os municípios de Acaraú e Itapipoca, foram identificados treze sítios contendo indicadores do nível relativo do mar, sendo seis destes datados por luminescência opticamente estimulada (LOE) e radiocarbono. As idades obtidas suportam que foram formadas praias progradantes na área de estudo. Na parte oriental, ocorrem praias em depósitos de planície costeira, enquanto que um sistema laguna/barreira com paleomanguezais ocorre na parte ocidental da área de estudo. Em ambos os casos os depósitos costeiros progradam de leste para oeste. Foram identificados níveis de mar mais alto que o atual entre: (a) 3.110-2.830 anos cal. AP; (b) 1.830 anos AP (LOE) - 1.490 anos cal. AP; (c) entre 1.240-1.060 anos cal. AP; (d) 845- 715 anos AP (LOE). Desde então o nível do mar sofreu um abaixamento até o nível atual. As variações do nível do mar são interpretadas como respostas a alterações no padrão de circulação marinha e não excluímos possíveis perturbações tectônicas na bacia da margem continental. Os indicadores do nível relativo do mar para litoral oeste do Ceará apresentam-se diferente das outras curvas construídas no litoral do nordeste, sugerindo que os fatores locais citados acima contribuíram para flutuações do nível do mar.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19839
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DavidLinoVasconcelos_DISSERT.pdf10,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.