Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19943
Título: Vulnerabilidade socioambiental no município de Natal, RN
Autor(es): Medeiros, Marysol Dantas de
Palavras-chave: Risco;Vulnerabilidade;Índice de vulnerabilidade socioambiental;Natal/RN
Data do documento: 27-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEDEIROS, Marysol Dantas de. Vulnerabilidade socioambiental no município de Natal, RN. 2014. 150f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Contemporary society lives surrounded by various types of risks, causing individuals to be taken by a constant feeling of fear and insecurity, as the negative risks, always bring some harm to the population directly or indirectly involved. The city of Natal has several risk areas, especially on the outskirts of the city, due to the occupation of spaces that have laws and / or natural physical limitations as well as the lack of urban organization, thus increasing the vulnerability of the population living in these areas. The principal objective of this research was to map the areas of social vulnerability and natural hazards in Natal, taking into account the interrelationships between social vulnerability and differential exposure to natural hazards. Therefore, it was necessary to establish, according to the methodology used, the degree of social vulnerability and vulnerability to natural hazard in which individuals are subject, to establish the relationship between society/ risks. In this case, the methodology proposed by Crepani (2001) which is based on ecodynamic Tricart (1977), which classifies the areas of risk and the degree of vulnerability of these areas according to the morphodynamic processes for preparation of the Vulnerability Index was used Physical natural, and for organizing the social Vulnerability Index adopted an adaptation of the Paulista social Vulnerability Index, prepared by SEADE (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) of the State of São Paulo, drawing on data that denote social disadvantage at the census tract level. Then, with the superposition of these two indices, it was elaborated a Socioenvironmental Vulnerability Index. Thus, it is concluded that besides spatialize areas of risk which indicates the degree of vulnerability of individuals potentially exposed to natural hazard.
metadata.dc.description.resumo: A sociedade atual vive cercada por vários tipos de riscos, fazendo com que os indivíduos sejam tomados por uma sensação constante de medo e insegurança, já que os resultados negativos dos riscos, sempre trazem algum prejuízo à população direta ou indiretamente envolvida. A cidade de Natal apresenta diversas áreas de riscos, principalmente nas periferias da cidade, devido à ocupação de espaços que apresentam limitações legais e/ou físiconaturais, bem como a falta de organização urbana, aumentando assim, a vulnerabilidade da população que reside nestas áreas. O objetivo principal desta pesquisa foi mapear as áreas de vulnerabilidade social e os riscos naturais na cidade de Natal, levando-se em consideração as inter-relações entre as vulnerabilidades sociais e a exposição diferenciada aos riscos naturais. Para tanto, foi necessário estabelecer, segundo a metodologia utilizada, o grau de vulnerabilidade social e de vulnerabilidade ao perigo natural no qual os indivíduos estão sujeitos; visando estabelecer a relação sociedade/ riscos. Neste caso, foi utilizada a metodologia proposta por Crepani (2001) que se baseia na Ecodinâmica de Tricart (1977), no qual, classifica as áreas de risco e o grau de vulnerabilidade destas áreas conforme os processos morfodinâmicos para elaboração do Índice de Vulnerabilidade Ambiental; e para organização do Índice de Vulnerabilidade Social adotou-se uma adaptação do Índice Paulista de Vulnerabilidade Social, elaborado pela Fundação SEADE (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) do Estado de São Paulo, valendo-se de dados que denotam desvantagem social no nível do setor censitário. Em seguida, com a sobreposição destes dois índices, elaborou-se o Índice de Vulnerabilidade Socioambiental. Assim, concluiu-se que além de espacializar as áreas de risco indica qual o grau de vulnerabilidade dos indivíduos potencialmente expostos ao perigo natural.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19943
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarysolDantasDeMedeiros_DISSERT.pdf33,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.