Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20168
Título: Vulnerabilidade socioambiental no bairro de Mãe Luíza, Natal – RN/Brasil
Título(s) alternativo(s): Environmental vulnerability in the neighborhood of Mãe Luíza, Natal – RN/Brasil
Autor(es): Macedo, Yuri Marques
Palavras-chave: Risco;Vulnerabilidade social;Índice;Exposição físico-natural;Movimentos de massa;Socioambiental;Bairro Mãe Luiza;Natal/RN
Data do documento: 4-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MACEDO, Yuri Marques. Vulnerabilidade socioambiental no bairro de Mãe Luíza, Natal – RN/Brasil. 2015. 175f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This work has as object the elaboration of social environmental indicator of disaster risk that are present in precarious areas of human occupation, related to intense environmental dynamic from the perspective of the studies about the subject in Geography. The District of Mãe Luiza in Natal, capital city of Rio Grande do Norte, was defined as the study area. The place was chosen because it presents –historically- several vulnerability conditions and exposure to disaster risk. After a local social environmental description, two indexes were elaborated: the Social Vulnerability Index (SVI or IVS in Portuguese), based on 17 (seventeen) variables arranged on a questionnaire addressed to the population nucleus of the district, on regular grid (systematic sampling), classified into 5 (five) levels of SV from the weighted average; and the Physical and Natural Exposure to the Mass Movements Index (EMMI or IEMM in Portuguese) which had 16 (sixteen) variables that feature conditions of exposure to the mass movements in the district with classified levels from the weighted average of 1 (one) to 5 (five). The relationship between these two results, specialized in the district map, produced the Social Environmental Vulnerability Index (SEVI or IVSA in Portuguese) of Mãe Luiza, also classified into 5 (five) levels, following the Boolean logic correlation for cartographic overlay with use of computer software ArcGIS v.9.3, being named as: Very Low; low; average; high; and Very High Environmental Vulnerability in District. The study is based on the methodology proposed by Guerra et al (2009) for EMMI and by Almeida (2010) for SVI. They were modified and adapted according to the local reality, producing a new methodology in this study area. It was concluded that the neighborhood has most of its area with High and Very High Socio-environmental vulnerability to disasters, defined seven (7) critical areas, with Very High IVSA, and hazards associated with mass movements or flooding. In the end, the main issues that were found, such as generating elements for proposing mitigation measures and/or the proposed interventions were enumerated, related to structural order of vulnerability factors: how low constructive pattern of households; poor urban drainage; Real Estate forsaken in landslide routes; infrastructure ready access roads and slope containment. And social: as a lack of education about environmental risk; income and education of residents; presence of persons with limited mobility and/or those with special needs. This reality highlights the need for urgent action applied to the resolution and/or reduction of these problems, which is focusing the end of this work.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objeto a elaboração de indicadores socioambientais de risco de desastres, presente em áreas de ocupação humana precária, associada à intensa dinâmica ambiental, na perspectiva dos estudos sobre o tema em Geografia. Definiu-se como área de estudo o bairro Mãe Luiza, em Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte. O local foi escolhido por historicamente apresentar diversas condições de vulnerabilidade e exposição ao risco de desastres. Após caracterização socioambiental do local, foram elaborados dois índices: Vulnerabilidade Social (IVS), com base em 17 variáveis dispostas em questionário aplicado ao longo do núcleo populacional do bairro, sobre malha regular (amostragem sistemática), classificado em 5 níveis de VS a partir de média ponderada; e o Índice de Exposição aos Movimentos de Massa (IEMM), que teve como base 16 variáveis que caracterizam condições de exposição a movimentos de massa no bairro, em níveis classificados a partir de média ponderada de 1 a 5. A relação entre estes dois resultados, especializados em mapa do bairro, produziu o Índice de Vulnerabilidade Socioambiental (IVSA) de Mãe Luiza, classificado também em 5 níveis, a partir de lógica Boleana de correlação para sobreposição cartográfica, com uso de software computacional ArcGIS v.9.3, sendo nomeadas como: Muito Baixa; Baixa; Média; Alta; e Muito Alta Vulnerabilidade Socioambiental no bairro. O estudo se baseia em metodologia proposta por Guerra et. al (2009) para o IEMM e Almeida (2010) para o IVS, que foram modificadas e adaptadas para a realidade local, produzindo uma inédita metodologia aplicada nesta área. Concluiu-se que o bairro tem maior parte de sua área com Alta e Muito Alta Vulnerabilidade socioambiental a desastres, sendo definidas sete (7) áreas críticas, com Muito Alto IVSA, e perigos associados a movimentos de massa ou alagamento. Ao final elencou-se os principais problemas socioambientais encontrados, como elementos geradores para a proposição de medidas mitigadoras e/ou intervenções propostas, referentes a fatores de vulnerabilidade de ordem estruturais: como baixo padrão construtivo das residências; drenagem urbana deficiente; imóveis abandonas em via de desabamento; infraestrutura dos acessos e contenção de talude. E sociais: como falta de educação sobre risco socioambiental; renda e escolaridade dos moradores; presença de pessoas com dificuldade de locomoção e/ou portadores de necessidades especiais. Esta realidade evidencia a necessidade de ações urgentes aplicadas na resolução e/ou diminuição dos problemas apontados, o que é pauta ao final deste trabalho.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20168
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
YuriMarquesMacedo_DISSERT.pdf20,13 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.