Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21279
Título: Qualidade de vida, imagem corporal e autoestima de pacientes com sequelas bucomaxilofacias candidatos à reabilitação protética
Título(s) alternativo(s): Quality of life, body image and self-esteem of patients with maxillofacial sequels candidates to prosthetic rehabilitation
Autor(es): Azevedo, Ianny Felinto Medeiros de
Palavras-chave: Câncer de cabeça e pescoço;Qualidade de vida;Imagem corporal;Autoestima
Data do documento: 31-Mar-2016
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: AZEVEDO, Ianny Felinto Medeiros de. Qualidade de vida, imagem corporal e autoestima de pacientes com sequelas bucomaxilofacias candidatos à reabilitação protética. 2016. 98f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The head and neck cancer, as well as its treatment, cause major aesthetic and basic functions changes for the patient and may cause changes in Quality of Life, Body Image and Self- Esteem. The aim of this study was to evaluate the Quality of Life, Body Image and Self- Esteem in patients with head and neck cancer in the city of Natal-RN candidates for prosthetic rehabilitation. We conducted a cross-sectional study. For data collection was used a sociodemographic questionnaire, the University of Washington’s evaluation questionnaire, the Body Investment Scale, the Rosenberg’s Self-esteem scale and the Hospital Anxiety and Depression Scale. The sample consisted of 10 patients (06 men and 04 women), aged between 35 and 82 years old. The results showed that the best scores at UW-QoL scale were in the shoulder area. The worst scores were in the chewing area for men and speech area for women. Among the areas of Investment Body Scale, body care domain showed a significant difference between men and women, noting that after treatment of CCP women exercise greater care over their own bodies. The self-esteem of survey participants ranked among medium and high, indicating the existence of positive self-worth, with no significant difference between men and women. There was a significant correlation between the overall quality of life and body image, indicating that the better the quality of life, the better the relationship with body image. Through this study it was observed that for patients with head and neck cancer, the functional aspects are the most significant to achieve a better QoL, and that there is a relationship between body image and quality of life in these patients.
metadata.dc.description.resumo: A neoplasia de cabeça e pescoço, bem como o seu tratamento, causam grandes modificações estéticas e das funções básicas para o paciente, podendo causar alterações na Qualidade de Vida, na Imagem Corporal e na Autoestima. O objetivo geral deste estudo consistiu em avaliar a Qualidade de Vida, a Imagem Corporal e a Autoestima em pacientes com câncer de cabeça e pescoço do município de Natal-RN candidatos à reabilitação protética. Realizou-se um estudo do tipo transversal. Para a coleta de dados foi utilizado o Questionário sociodemográfico, o Questionário de avaliação da Universidade de Washington, a Escala de Investimento Corporal, a escala de Autoestima de Rosenberg e a Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar. A amostra foi constituída por 10 pacientes (06 homens e 04 mulheres), com idade entre 35 e 82 anos. Os resultados obtidos mostraram que as melhores pontuações na escala UW-QoL foram no domínio Ombro. As piores pontuações foram no domínio Mastigação para os homens e domínio Fala para as mulheres. Dentre os domínios da Escala de Investimento Corporal, o domínio Cuidado corporal apresentou diferença significativa entre os homens e mulheres, apontando que as mulheres após o tratamento do CCP exercem um maior cuidado sobre o próprio corpo. A autoestima dos participantes da pesquisa foi classificada entre média e alta, indicando a existência de autovalor positivo, não havendo diferença significativa entre homens e mulheres. Houve correlação significativa entre a Qualidade de vida geral e a Imagem corporal, apontando que quanto melhor a qualidade de vida, melhor a relação com a imagem do corpo. Através desse estudo foi possível observar que para os pacientes com câncer de cabeça e pescoço os aspectos funcionais são os mais significativos para a obtenção de uma melhor QV, bem como que existe relação entre a imagem corporal e a qualidade de vida nestes pacientes.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21279
Aparece nas coleções:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IannyFelintoMedeirosDeAzevedo_DISSERT.pdf1,41 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.