Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21407
Título: Análise do discurso da resistência mossoroense ao ataque de Lampião
Autor(es): Tavares, Edgley Freire
Palavras-chave: Discurso;Memória;Resistência;Mossoró;Lampião
Data do documento: 5-Mar-2015
Citação: TAVARES, Edgley Freire. Análise do discurso da resistência mossoroense ao ataque de Lampião. 2015. 193f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: In the city of Mossoró, several practices back up a memoralist discourse about the resistence of this city concerning the attack of the bandid Lampião, in the year of 1927. Our research objects describing and interpreting that discourse functioning, questioning its mechanisms, strategies and effect on the statement dispersion in the local culture. The Resistence, taken as a discursive event, was then investigated from the theoretical and methodological place of the French discourse analysis, about the articulation of the postulates of Michel Pêcheux with the arquegeneology formulated by Michel Foucault. The corpus analysis consists of academic discourse material, media, drama, urban entries, and cordel literature, pointed to several discursive irregularities, discourse interconnection, and meaning effects that mark the operation of the historical and semiological speech about the Resistence as a practical activity influenced by several acquaitance and power relations. Besides that, the discursive analysis on Lampião's reminiscent comming by Mossoró enables understanding that narrative in its genesis and in its repetitions and memory changes, groups and enunciating places, setting that memory central point in the local politic, culture, and economy.
metadata.dc.description.resumo: Na cidade de Mossoró, diversas práticas sustentam um discurso memorialista em torno da resistência desta cidade ao ataque do cangaceiro Lampião, no ano de 1927. Nossa pesquisa objetivou descrever e interpretar o funcionamento dessa discursividade, problematizando seus mecanismos, estratégias e efeitos na dispersão dos enunciados na cultura local. A Resistência, tomada como acontecimento discursivo, foi então investigada do lugar teórico-metodológico da análise do discurso francesa, na articulação dos postulados de Michel Pêcheux com a arqueogenealogia formulada por Michel Foucault. A análise do corpus constituído de materialidades discursivas acadêmicas, midiáticas, do teatro, de inscrições urbanas e da literatura de cordel, apontou uma série de regularidades discursivas, interdiscursividades e efeitos de sentido que marcam o funcionamento histórico e semiológico do discurso da Resistência como prática atravessada por diversas relações de saber e de poder. Além disso, a análise discursiva dessa reminiscência da passagem de Lampião em Mossoró possibilitou compreender essa narrativa em sua gênese e nas repetições e transformações da memória, evidenciando como este discurso tem organizado diversas instituições, grupos e lugares enunciativos, marcando a centralidade dessa memória na política, cultura e economia locais.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21407
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EdgleyFreireTavares_TESE.pdf4,07 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.