Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21735
Título: A importância da especificidade nas interações entre plantas para comunidades semi-áridas
Título(s) alternativo(s): Beyond facilitation: species-specific relations modulating semi-arid plant communities
Autor(es): Fagundes, Marina Vergara
Palavras-chave: Interações entre plantas;Atributos funcionais;Semi-árido;Especificidade;Índice
Data do documento: 12-Fev-2016
Citação: FAGUNDES, Marina Vergara. A importância da especificidade nas interações entre plantas para comunidades semi-áridas. 2016. 66f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: Plant-plant interactions play an important role modulating plant communities. In stressful environments, positive interactions between benefactor (nurse) and beneficiary (target) plant species are commonly reported, but negative relations are still present. Considering that one nurse plant can interact with multiple target species, the outcome of each interaction might vary from negative to positive generating a range of species-specific relations that are difficult to predict. Nurse traits might indicate their capability to deploy or improve abiotic resources, where species with slow traits, or stress-tolerant, may keep resources available longer than plants with fast traits, or competitors. This work aims to understand (i)How plant-plant interaction outcomes vary with species identities combination and (ii) if nurse functional traits can predict positive or negative interaction outcomes between nurse and target species. We conducted a multi-species factorial experiment planting 3 targets-species below and far from the canopy of 20 nurse-species, using 5 replicates for each treatment combination. Nurse-target showed ubiquitous species-specific interactions for targets growth, but not for survival. Despite that, nurse species in general had a positive effect on target survivorship. Slow-fast traits did not drive species-specific interactions, however, canopy traits were revealed as good predictor of interaction outcomes for at least one target species. These results suggest that not just nurse traits have to be considered for understanding species-specific effects, but also target strategies for resource use might be a key element to predict plant-plant interaction outcomes.
metadata.dc.description.resumo: Interações entre plantas cumprem um importante papel modulando comunidades vegetais. Os efeitos que um individuo exerce sobre seus vizinhos depende das suas alterações nas condições ambientais e na disponibilidade de recursos abióticos em seu entorno, resultando em interações positivas ou negativas. Interações negativas são evidenciadas em ambientes amenos e ao passo que o estresse aumenta, interações positivas tornam-se comuns. Ao longo do histórico evolutivo as plantas desenvolveram diferentes atributos funcionais para lidar com o estresse, deste modo, mesmo em ambientes mais estressantes, o resultado da interação depende das características das plantas que interagem, em um processo espécie-específico. Este trabalho testou a especificidade das relações das espécies arbóreas do semi-árido tropical, e se os atributos das espécies podem prever os resultados negativos e positivos. Foi conduzido um experimento com 20 espécies de plantas adultas (nurses) e 3 espécies de plântulas (targets) ao longo de 85 dias. As relações se mostraram amplamente espécie-específicas, variando com a identidade das espécies, e em diferentes medidas de desempenho para as targets. Os atributos funcionais das nurses foram importantes para apenas uma espécie de target, demonstrando que o resultado da interação varia tanto com as características das nursesquanto das targets. Medir os efeitos que uma espécieexerce na comunidade é fundamental para tomadas de decisão em programas de restauração. Os índices propostos na literatura medem as interações nurse-targetde forma pareada, não representando com eficiência os efeitos de uma nurse. Neste sentido, apresentamos um novo índice teórico que integra os efeitos da nurse em suas múltiplas relações, e comparamos os resultados com um índice pareado através de simulações. O novo índice evidencia os efeitos que acreditamos ser importantes para avaliar o impacto biológico de uma espécie, mostrando-se uma boa ferramenta em potencial para compreender as interações entre plantas a nível de comunidade.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21735
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Ecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarinaVergaraFagundes_DISSERT.pdf4,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.