Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21939
Title: Mecanismos de junção em textos acadêmicos: uma abordagem sistêmico-funcional
Authors: Mendes, Wellington Vieira
Keywords: Junção;Sistema de conjunção;Relações lógico-semânticas;Gramática sistêmico-funcional;Texto acadêmico
Issue Date: 22-Aug-2016
Citation: MENDES, Wellington Vieira. Mecanismos de junção em textos acadêmicos: uma abordagem sistêmico funcional. 2016. 213f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Abstract: The observation of how academic texts are organized provides the understanding of the meaning construction mechanisms in the different strata of the discursive systems. Besides the lexicogrammatical characteristics which configure on the surface of the texts, the contexts recognition in which they are produced also make it possible to understand them as a result of a complex process of meaning construction and articulated in these systems according to Systemic Functional Linguistics (SFL). The theoretical frameworks of this study are the discursive system model suggested by Martin and Rose (2007), the cohesion studies carried out by Halliday and Hasan (1976) and the Systemic-Functional Grammar by Halliday and Matthiessen (2014). The focus and objective of this research is the junction phenomenon with overt markers - here conceived as different lexicogrammatical realizations which, regardless their status or length, act in the confluence of clause complexes. In this specific case, the focus is shifted towards texts written by Letras undergraduate and graduate students. It aims at: (i) Identifying the relations of junction in academic texts written by undergraduate and graduate students; (ii) comparing the usages of relation of junctions within the texts written by undergraduate and graduate students; (iii) provide input to writing practices in the gym from the theoretical basis provided by LSF on textual articulation. To reach these objectives, the research analyzes a corpus of 9,8 million words composed of research articles, monographs, master’s dissertations and doctoral theses in Linguistics. The data were compiled with the support of the tools available for use on WordSmith Tools (SCOTT, 2012), specifically on the quantitative treatment of the samples. By way of results, it is possible to state that junction with overt marker shows a higher recurrence in the undergraduates’ texts, but cooperate, indistinctly, with the undergraduates’ and graduates’ works, for the meaning construction in discourse because they configure relations and activities in the text itself and beyond, as much for the argumentative passages of a given topic or another, as for the usage of resources such as metaphrase, transposition and/or amplification of meanings when these functional components point out towards the experience or ideation and, in other cases, for the sequential organization of the text.
Portuguese Abstract: A observação do modo como se organizam os textos acadêmicos permite o entendimento dos mecanismos de construção dos sentidos nos diferentes estratos dos sistemas discursivos. Além das características lexicogramaticais que se configuram na superfície dos textos, o reconhecimento dos contextos em que são produzidos possibilita também compreendê-los como sendo resultantes de processos de construção de sentidos complexos e articulados nesses sistemas, tal como definido pela Linguística Sistêmico-Funcional (LSF). Este estudo se filia aos modelos de sistemas discursivos propostos por Martin e Rose (2007), aos estudos de coesão desenvolvidos em Halliday e Hasan (1976) e à gramática sistêmico-funcional de Halliday e Matthiessen (2014). O foco e escopo do trabalho é o fenômeno da junção com marcadores explícitos – aqui concebida como diferentes realizações da lexicogramática que, independentemente de seu estatuto ou extensão, atuam na confluência de complexos oracionais. Neste caso específico, o interesse se volta aos textos produzidos por graduandos e pós-graduandos em Letras, a fim de: (i) identificar as relações de junção em textos acadêmico-científicos produzidos por estudantes de graduação e de pós-graduação; (ii) comparar os usos das relações de junção entre os textos produzidos por estudantes de graduação e pós-graduação; (iii) apresentar contribuições para as práticas de escrita na academia a partir dos subsídios teóricos fornecidos pela LSF sobre articulação textual. Para atendimento destes objetivos, a pesquisa analisa um corpus de 9,8 milhões de palavras composto por artigos, monografias, dissertações e teses da área de Linguística. Os dados foram recenseados com apoio de ferramentas disponíveis nas aplicações do WordSmith Tools (SCOTT, 2012), especificamente no tratamento quantitativo de amostras. À guisa de resultados, é possível indicar que a junção com marcador explícito se situa com maior recorrência nos textos de graduandos, mas colabora, indistintamente nos trabalhos de graduação e pós-graduação, para a construção de sentidos no discurso porque configuram relações e atividades dentro do próprio texto e para além dele, tanto pelas passagens argumentativas de um tópico a outro, como pelo emprego de recursos como metáfrase, transposição e/ou ampliação de sentidos quando esses componentes funcionais apontam para a experiência ou ideação e, noutros casos, para a organização sequencial do texto.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21939
Appears in Collections:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WellingtonVieiraMendes_TESE.pdf2,56 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.