Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22529
Título: A prática reflexiva na formação continuada de docentes e suas implicações para o processo de inclusão escolar
Autor(es): Dantas, Priscila Ferreira Ramos
Palavras-chave: Inclusão escolar;Formação continuada;Reflexão sobre a prática
Data do documento: 21-Jul-2016
Citação: DANTAS, Priscila Ferreira Ramos. A prática reflexiva na formação continuada de docentes e suas implicações para o processo de inclusão escolar. 2016. 331f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: In this study we focused on reflective practice as an indispensable element in teacher education in the school inclusion perspective. The contained thesis is that the training of teachers based on a reflective approach allows teachers to analyze their pedagogical and can be collaborative factor in building diverse educational responses that meets the process of school inclusion. Through a qualitative approach, we adopted as central to analyze a formative experience guided reflection on teaching practice and their possible contributions to the school inclusion process developed by a group of determined public school teachers. In this sense, we determined specific objectives to analyze the conceptions and teaching knowledge that support the pedagogical practices developed by teachers of a particular public school in classes included students; problematize the pedagogical practice for teachers to reflect on challenges set with school inclusion and investigate mobilized knowledge and constructed when teachers experience a formative experience in guided reflection on practice. Therefore, as a methodological option action research to understand that this can both meet the assumptions of an investigation as a vocational training by enabling them collectively involved subjects problematize their practices and offering new significance can it. As a theoretical framework that correlates school inclusion, teacher training and reflective practice, we rely theoretically on authors such as Freire (1984.1996, 2001, 2002), Alarcão (2001,2002, 2012), Perrenoud (2002; 2008) , Imbernon (2011, 2013); Pepper (2055, 2012); Glat; Blanco (2007), González (2002), Carvalho (2003, 2004, 2012), Glat; Pletsch (2011), Rodrigues (2005, 2006) Pires (2010), Sassaki (1997), Vitaliano; Valente (2010) among other authors. The study was conducted between February 2014 and August 2015 in a Municipal System Christmas Education School, titled Flower. The study subjects were three teachers of the early grades of elementary school and a pedagogical coordinator. As research procedures were used observation, questionnaire, semi-structured interviews, document analysis, reflective portfolios and reflective meetings. 12 reflective meetings of study and 3 educational planning meetings were held. Reflective dating study purposed to collaborate with the training of teachers, from, a process of reflection on the teaching activities based on theoretical basis. teaching action planning meetings were intended to contribute to the organization of methodological actions involving the work of content scheduled for the year of education of students from the perspective of school inclusion. In the process of data analysis, we look for content analysis (Bardin, 2009) which showed that reflective practice can indeed bring contributions to teacher training, promoting professional development insofar as it provokes questioning the action itself to teach and develop self-awareness, self-analysis and self-assessment leading to a process of review of concepts and reconstruction practices as school inclusion. The study points out that the continuing education process needs to be linked to make teaching, through collaborative attitudes, critical and reflective of the teachers the school being the stage for adoption.
metadata.dc.description.resumo: Na presente pesquisa enfocamos a prática reflexiva como elemento imprescindível na formação docente na perspectiva de inclusão escolar. A tese contida é a de que à formação continuada de docentes fundamentada em uma abordagem reflexiva permite ao professor analisar seu fazer pedagógico e pode ser fator colaborativo na construção de respostas educativas diversificadas que atendam ao processo de inclusão escolar. Por meio de uma abordagem qualitativa, adotamos como objetivo central analisar uma experiência formativa pautada na reflexão sobre a prática docente e suas possíveis contribuições para o processo de inclusão escolar desenvolvido por um grupo de professoras de determinada escola pública. Nesse sentido, estipulamos como objetivos específicos analisar as concepções e conhecimentos docentes que embasam as práticas pedagógicas desenvolvidas por professoras de uma determinada escola pública em turmas de alunos incluídos; problematizar a prática pedagógica para que as professoras possam refletir sobre desafios instituídos com a inclusão escolar e investigar conhecimentos construídos quando as professoras vivenciam uma experiência formativa pautada na reflexão sobre a prática. Para tanto, tomamos como opção metodológica a pesquisa ação por compreender que esta pode, tanto atender aos pressupostos de uma investigação, como a de uma formação profissional, por possibilitar que os sujeitos envolvidos coletivamente problematizem suas práticas e possam ressignificá-la. Como referencial teórico que correlaciona inclusão escolar, formação docente e prática reflexiva, apoiamo-nos, teoricamente, em autores tais como Freire (1984,1996, 2001, 2002), Alarcão (2001,2002; 2012), Perrenoud (2002; 2008), Imbernón (2011, 2013); Pimenta (2005, 2012); Glat; Blanco (2007), Gonzaléz (2002), Carvalho (2003, 2004, 2012), Glat; Pletsch (2011), Rodrigues (2005, 2006) Pires (2010), Sassaki (1997), Vitaliano; Valente (2010) entre outros autores. O estudo foi desenvolvido entre, fevereiro de 2014 e agosto de 2015, em uma Escola do Sistema Municipal de Ensino de Natal, intitulada de Florescer. Os sujeitos da pesquisa foram três professoras das séries iniciais do Ensino Fundamental e uma coordenadora pedagógica. Como procedimentos de investigação foram utilizados a observação, questionário, entrevistas semiestruturadas, análise documental, portfólios reflexivos e encontros reflexivos. Foram realizados 12 encontros reflexivos de estudo e 3 encontros de planejamento pedagógico. Os encontros reflexivos de estudo intencionavam colaborar com a formação das professoras a partir de um processo de reflexão sobre a ação docente com base em aporte teórico. Os encontros de planejamento da ação docente visavam contribuir com a organização das ações metodológicas que envolviam o trabalho dos conteúdos programados para o ano de escolarização dos alunos com base na perspectiva da inclusão escolar. No processo de análise de dados, orientamo-nos pela técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 2009) que evidenciou que a prática reflexiva pode, de fato, trazer contribuições para formação docente, promovendo o desenvolvimento profissional na medida em que provoca o questionamento sobre a própria ação de ensinar e desenvolve o autoconhecimento, autoanálise e auto avaliação conduzindo a um processo de revisão de concepções e reconstrução de práticas com vistas a inclusão escolar. O estudo aponta que o processo de formação continuada vinculado ao fazer docente, por meio de atitudes colaborativas, críticas e reflexivas entre as professoras, tendo a escola como palco de sua efetivação, contribui para que os professores repensem e reelaborem suas ações.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22529
Aparece nas coleções:PPGED - Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PriscilaFerreiraRamosDantas_TESE.pdf3,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.