Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22539
Título: Estudo de ondas de gravidade na estratosfera a partir de sondagens com balões lançados do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno
Autor(es): Oliveira, Anderson Luiz Pinheiro de
Palavras-chave: Ondas de gravidade;Estratosfera equatorial;Balões meteorológicos;Perfil de temperatura;Frequência de Brunt-Vaisala
Data do documento: 20-Dez-2016
Citação: OLIVEIRA, Anderson Luiz Pinheiro de. Estudo de ondas de gravidade na estratosfera a partir de sondagens com balões lançados do Centro de Lançamento da Barreira do Inferno. 2016. 101f. Tese (Doutorado em Ciências Climáticas) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
metadata.dc.description.resumo: Perturbações atmosféricas com características quase-periódicas e geradas por ondas de gravidade têm sido intensamente estudadas nas últimas décadas. No entanto, poucos desses estudos se referem à estratosfera equatorial. Nestapesquisa se discute resultados relativos ao estudo de assinaturas de ondas de gravidade no perfil de temperatura da estratosfera e da tropopausa, na faixa de altura entre 16 - 30 km, a partir de dados de radiossondagens de balões meteorológicos lançados pelo Centro de Lançamentos da Barreira do Inferno (CLBI), durante o ano de 2000. O objetivo desta pesquisa foi estudar as características das perturbaçõesno perfil estratosférico de temperatura atribuídas a passagem de ondas de gravidade. Os dados obtidos foram comparados com os dados teóricos gerados a partir do modelo semi-empírico MSIS-90, a partir da aplicação da Transformada Rápida de Fourier (FFT) sobre o perfil da flutuação da temperatura, sendo possível determinar a frequência das perturbações e compará-las com as frequências de Brunt-Väisälä. Foram estudadas um total de 185 sondagens diurnas, todas em torno das 12 horas (UT), sendo detectados 29 casos nos quais se observou perturbações cujos parâmetros tais como período, frequência, comprimento de onda vertical e densidade de energia foram compatíveis com os parâmetros associados à passagem de ondas de gravidade. Os períodos calculados foram da ordem de 5,7 - 26,0 minutos, os comprimentos de onda verticais da ordem de 1,36 - 4,01 km, as frequências angulares da ordem de 10-3 - 10-2 rad/s ea densidade de energia potencial e total associadasàs ondas foram em média da ordem de 1,0 - 30,0 J/kg, mostrando que fenômenos deste tipo são capazes de dissipar significativas quantidades de energia para a média atmosfera e influenciar fatores meteorológicos na troposfera. A pesquisa mostrou também que os dados do modelo MSIS-90 reproduzem com boa aproximação o perfil de temperatura da troposfera e da estratosfera em dias calmos, o que não ocorre na tropopausa e na estratosfera em dias perturbados.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22539
Aparece nas coleções:PPGCC - Doutorado em Ciências Climáticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AndersonLuizPinheiroDeOliveira_TESE.pdf3,94 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.