Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23556
Title: Análise de vulnerabilidade intrísica do Aquífero Barreiras a partir de dados hidrogeofísicos - área do baixo curso do Rio Maxaranguape-RN
Authors: Arruda, Renato de Souza
Keywords: Vulnerabilidade intrínseca;Hidrogeofísica;GOD;AVI;Condutância longitudinal;Aquífero Barreiras
Issue Date: 9-Mar-2017
Citation: ARRUDA, Renato de Souza. Análise de vulnerabilidade intrísica do Aquífero Barreiras a partir de dados hidrogeofísicos - área do baixo curso do Rio Maxaranguape-RN. 2017. 119f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica e Geofísica) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A avaliação integrada de vulnerabilidade intrínseca de um aquífero constitui uma ferramenta de suma importância como subsídio ao estabelecimento de políticas públicas de preservação, proteção e uso hidroambiental sustentável de um manancial subterrâneo. Nesse aspecto, o presente trabalho teve como escopo principal a elaboração de mapeamentos de vulnerabilidade a partir de dados hidrogeofísicos, objetivando a identificação e delimitação de subáreas com diferentes graus de proteção associados com diferentes vulnerabilidades do Aquífero Barreiras, na área do baixo curso do Rio Maxaranguape, nordeste do Brasil. Esses mapeamentos foram elaborados mediante as metodologias Condutância Elétrica Longitudinal, GOD (G - natureza do aquífero, O - litologia da zona não saturada, D - profundidade do nível d’água) e do Índice de Vulnerabilidade do Aquífero (AVI), as quais são fundamentadas em parâmetros litológicos, hidráulicos e geoelétricos, além da espessura da zona não saturada. Os resultados obtidos mostram que os domínios delimitados por índices de vulnerabilidade são aproximadamente concordantes entre si. Em linhas gerais, as classes de vulnerabilidades moderada, alta a extremamente alta, abrangem quase a totalidade da área, delineando tanto a faixa central como a porção norte e sul da área investigada, conforme valores inferiores a 1 do log c e 5 mS, nas metodologias AVI e de Condutância Longitudinal, respectivamente; e magnitudes superiores a 0.4, segundo a metodologia GOD. Nesse sentido, a área de estudo exibe substancial sensibilidade à contaminação de suas águas subterrâneas, decorrente essencialmente do cenário de ocorrência de formações sedimentares de elevada permeabilidade e reduzidas profundidades do nível freático, facilitando a percolação de eventuais cargas contaminantes no sentido do aquífero.
Abstract: The integrated assessment of an aquifer intrinsic vulnerability constitutes an extremely important tool as a subsidy to the establishment of public policies for the preservation, protection and sustainable hydro-environmental use of an underground water source. In this aspect, the main purpose of this work was the elaboration of vulnerability mappings based on hydrogeophysical data, aiming at the identification and delimitation of subareas with different degrees of protection associated with different vulnerabilities of the Barreiras Aquifer in the lower course area of the Maxaranguape River, Northeast of Brazil. These mappings were elaborated using the following methodologies such as Longitudinal Electrical Conductance, GOD (G – groundwater hydraulic confinement; O – overlaying strata; D – depth to groundwater table) and Aquifer Vulnerability Indexes (AVI), which are based on lithological, hydraulic and geoelectric parameters, as well as the thickness of the unsaturated zone. The results show that the domains delimited by vulnerability indexes are approximately concordant with each other. In general terms, the moderate, high to extremely high vulnerability classes cover almost the entire area, delineating both the central and the northern and southern portions of the investigated area, according to values lower than 1 of log c and 5 mS, in the AVI and Longitudinal Conductance methodologies, respectively; and magnitudes higher than 0.4, according to the GOD methodology. Therefore, the study area exhibits a substantial susceptibility to the contamination of its groundwater, mainly due to the occurrence of sedimentary formations with high permeability and reduced depths of the water table, facilitating the percolation of possible contaminant loads towards the aquifer.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23556
Appears in Collections:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RenatoDeSouzaArruda_DISSERT.pdf10,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.