Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24476
Título: Ação social na concretização das preferências reprodutivas das mulheres unidas do Nordeste e Sudeste brasileiro
Autor(es): Silva, Wendella Sara Costa da
Palavras-chave: Preferências reprodutivas;Planejamento familiar;Ação social
Data do documento: 30-Ago-2017
Citação: SILVA, Wendella Sara Costa da. Ação social na concretização das preferências reprodutivas das mulheres unidas do Nordeste e Sudeste brasileiro. 2017. 156f. Dissertação (Mestrado em Demografia) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: In Brazil there is a context of fertility below the level of replacement and it is noted, therefore, that the number considered ideal of children has been reduced to an increasingly smaller amount. Therefore, this research project presents the reproductive dynamics of the Northeast and Southeast, based on the following components of human reproduction: reproductive preferences, family planning and use of contraceptive methods. Research will be carried out on the universe of women who are women (in a stable union or formal marriage) of reproductive age (15 to 49 years). Therefore, the objective of the study is, in the light of social action, to observe the use of family planning as an instrument for the realization of the reproductive preferences of the united women of the Northeast and Southeast of Brazil, using the reproductive health surveys of 1996 and 2006. The methodology used consisted of a descriptive analysis of the data using the statistical model of Logistic Regression. The dependent variable used in the analysis refers to the concretization and non-concretization of the maritally united women, measured by the number of those who managed to reach their ideal number of children and those did not succeed. The independent variables are related to the demographic, educational, social, cultural, economic, reproductive health (family planning and reproductive preference) and relational characteristics (women's relationship with their partner). The results of the regression analysis, for the two years investigated (1996 and 2006), show that in general the age of women, the use of modern contraceptive methods and sterilization, access to the media, such as television and newspapers, and the religion exhibited an important significance for the reproductive realization. However, there are differences in the results shown between 1996 and 2006. What draws attention in the results of 1996 is that for both the Northeast and the Southeast the schooling of women with 10 to 11 years of schooling was significant to reach the goal Of children. Already for 2006 a new factor of great relevance appeared for this condition that was related to feminine employability. In 2006, the women of the two studied regions who had paid work outside the home showed a greater possibility of reproductive preferences in relation to those who did not work. In short, to foment the discussion, we used a theoretical contribution of demography and sociology in order to argue about reproductive preferences, family planning and the concept of social action.
metadata.dc.description.resumo: No Brasil vivencia-se um contexto de fecundidade abaixo do nível de reposição e nota- se, com isso, que o número considerado ideal de filhos se reduziu para uma quantidade cada vez menor. Portanto, esse projeto de pesquisa apresenta a dinâmica reprodutiva do Nordeste e Sudeste, com base nos seguintes componentes da reprodução humana: preferências reprodutivas, realização do planejamento familiar e uso dos métodos contraceptivos. A investigação será efetuada no universo das mulheres unidas (em união estável ou casamento formal) em idade reprodutiva (15 a 49 anos). Logo, o objetivo do trabalho é, à luz da ação social, observar a utilização do planejamento familiar como um instrumento para a concretização das preferências reprodutivas das mulheres unidas do Nordeste e Sudeste brasileiros, lançando mão das pesquisas de saúde reprodutiva dos anos de 1996 e 2006. A metodologia utilizada consistiu numa análise descritiva dos dados utilizando o modelo estatístico da Regressão Logística. A variável depende usada na análise se refere à concretização e não concretização das mulheres unidas maritalmente, mensurada pela quantidade daquelas que conseguiram alcançar seu número ideal de filhos e aquelas não conseguiram. As variáveis independentes estão relacionadas às características demográficas, educacionais, sociais, culturais, econômicas, de saúde reprodutiva (planejamento familiar e preferência reprodutiva) e relacional (relacionamento da mulher com seu parceiro). Os resultados da análise de regressão, para os dois anos investigados (1996 e 2006), mostram que de uma maneira geral a idade da mulher, o uso de métodos contraceptivos modernos e a esterilização, a acesso às mídias, como televisão e jornais, e a religião exibiram uma importante significância para a concretização reprodutiva. Porém, existem diferenças nos resultados mostrados entre 1996 e 2006. O que chama a atenção nos resultados de 1996 é que tanto para Nordeste quanto para o Sudeste a escolaridade da mulher com 10 a 11 anos de estudo se mostrou significante para realizar o alcance da meta de filhos. Já para o ano de 2006 surgiu um novo fator de grande relevância para essa condição que foi concernente a empregabilidade feminina. As mulheres unidas, em 2006, das duas regiões estudadas que tinham trabalho remunerado extradomiciliar, mostraram maior possibilidade de concretização das preferências reprodutivas em relação as que não trabalhavam. Em suma, para fomentar a discussão se fez uso de um aporte teórico de caráter demográfico e sociológico para argumentar acerca das preferências reprodutivas, do planejamento familiar e do conceito de ação social.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24476
Aparece nas coleções:PPGDEM - Mestrado em Demografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
WendellaSaraCostaDaSilva_DISSERT.pdf2,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.