Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24546
Title: Processo de incubação de empresas de base tecnológica à luz da gestão de projetos: um estudo de casos múltiplos
Authors: Cruz, Rebeca Isabel Guillén
Keywords: Incubadoras de empresas de base tecnológica;Processo de incubação;Gestão de projetos
Issue Date: 30-Nov-2017
Citation: CRUZ, Rebeca Isabel Guillén. Processo de incubação de empresas de base tecnológica à luz da gestão de projetos: um estudo de casos múltiplos. 2017. 152f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: The aim of this research is to understand how incubators of technology-based companies develop their incubation process in the light of project management. In order to meet the research goal, the study adopted a qualitative approach through a multiple case study strategy. The techniques of data collection used were documents and semi-structured interviews with the managers of four business incubators. From the literature review, a conceptual framework was designed to classify Business Incubators in the generational typology, to identify how they develop their incubation process and to identify the areas of knowledge in project management adopted by the incubators in the development of their incubation process. The evidence allowed classifying the four Business Incubators in the typology of second generation of BI. The services offered by these incubators are summarized in services of physical and technological structure and business support services. These results are consistent with Lalkaka's (2001a) statement that this incubator model still prevails in developing countries. This research corroborated that incubators of companies develop their incubation process according to the guidelines of the CERNE model. The evidence confirms that the incubators studied are homogeneous and do not show great differences in how to develop their incubation process. These results explain and justify the adoption of the CERNE model by the incubators to develop their incubation process, noting that this model was developed with the aim of providing good management practices and helping incubators of Brazilian companies to align with the concept of third generation incubators. We found evidence that incubators adopt the areas of knowledge in project management, emphasizing integration management, scope of time, communications, human resources and quality. The management of cost and stakeholders were partially identified. No evidence was found regarding the adoption of risk management and procurement management. Finally, it concludes as a truth to the theoretical statement of this research, which states that incubators of technology-based companies adopt the areas of project management in their incubation process
Portuguese Abstract: O objetivo desta pesquisa é compreender como as incubadoras de empresas de base tecnológica desenvolvem seu processo de incubação à luz da gestão de projetos. A fim de cumprir o objetivo da pesquisa o estudo adotou uma abordagem qualitativa através de uma estratégia de estudo de casos múltiplos. Os dados foram coletados por meio de documentos e entrevistas semiestruturadas com os gestores de quatro incubadoras de empresas. A partir da revisão de literatura foi delineado um quadro conceitual que possibilitasse classificar as incubadoras de empresas na tipologia geracional, identificar como desenvolvem seu processo de incubação e identificar as áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos adotadas pelas incubadoras no desenvolvimento do seu processo de incubação. Os dados da pesquisa mostram que as quatro incubadoras de empresas estudadas se classificam na tipologia de incubadoras de empresas de segunda geração. A oferta de serviços destas incubadoras se resume em serviços de estrutura física e tecnológica e serviços de suporte empresarial. Esses resultados são coerentes com a afirmação de Lalkaka (2001 a) em relação a que este modelo de incubadoras de empresas ainda prevalece nos países em desenvolvimento. Esta pesquisa, corroborou que as incubadoras de empresas desenvolvem seu processo de incubação conforme as diretrizes do modelo CERNE. Esses resultados explicam e justificam a sua adoção, lembrando que esse modelo foi desenvolvido com o intuito de disponibilizar boas práticas de gestão e ajudar às incubadoras de empresas do Brasil a se alinhar com o conceito de incubadoras de terceira geração. Foram encontradas evidências que indicam que as incubadoras adotam as áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos, destacando gerenciamento da integração, escopo, tempo, comunicações, recursos humanos e qualidade. O gerenciamento de custos e partes interessadas foi parcialmente identificado nas quatro incubadoras. Quanto ao gerenciamento de riscos e das aquisições não se encontrou evidências que permitissem identificar a adoção dessas áreas de conhecimento nas incubadoras das empresas estudadas. E, por fim, conclui-se como verdadeira a declaração teórica desta pesquisa que afirma que as incubadoras de empresas de base tecnológica adotam as áreas de conhecimento de projetos para desenvolver o seu processo de incubação de empresas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24546
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProcessoIncubacaoEmpresas_Cruz_2017.pdf2,66 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.