Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25710
Title: Uso de simulação para estimar o consumo voluntário de ovinos em pastagens
Authors: Andrade, José Jonas Leite de
Keywords: Ovinocultura;Pequenos ruminantes;Modelos matemáticos;Orçamento forrageiro
Issue Date: 27-Nov-2017
Citation: ANDRADE, José Jonas Leite de. Uso de simulação para estimar o consumo voluntário de ovinos em pastagens. 2017. 68f. Dissertação (Mestrado em Produção Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A modelagem é uma técnica de uso e aplicação de modelos (conceituais, físicos ou matemáticos). para descrever um sistema. Com isso, é possível, predizer, simular e estimar comportamentos que seriam de difícil mensuração ou que levaria tempo considerável para sua determinação em um sistema real. O objetivo deste estudo foi comparar modelos de consumo voluntário de ovinos e mostrar qual mais representativo para um sistema de produção animal em pastagens .Para isso, foi montado um banco de dados formado por artigos, dissertações e teses com informações de características dos animais (peso vivo, peso de referência de um animal adulto, ganho médio diário e consumo) e de pastagens (massa de forragem pré e pós-pastejo, oferta de forragem, acúmulo e taxa de acúmulo). Os modelos matemáticos escolhidos para estimar o consumo voluntário dos ovinos usam o peso vivo (kg) e o ganho de peso dos animais (kg/cabeça/dia) (modelo 1) e o modelo 2 usa, além dessas informações, também o peso de referência de um animal adulto.O modelo que fez a melhor predição de consumo voluntário foi o modelo 1, já que não houve diferenças significativas entre este modelo e a base de dados usada para validação.Após a escolha do modelo, foi realizada uma simulação usando as características das pastagens (massa de forragem pré e pós-pastejo, oferta de forragem, taxa de acúmulo de forragem e taxa de lotação da pastagem) para determinar o orçamento forrageiro do sistema de produção e qual seria a melhor alternativa de produção com três ofertas de forragem diferentes (4%, 8% e 12%) . A análise das respostas do modelo nos três cenários avaliados, foi possível indicar que o sistema com 12 % de oferta de forragem permitiu o maior ganho por animal/dia e a maior margem bruta entre as opções avaliadas.
Abstract: Modeling is a technique for using and applying models (conceptual, physical or mathematical) to describe a system. It permits or make feasible predict, simulate and estimate behaviors that would be difficult to measure or that would take considerable time for its determination in a real system.The objective of this research was to compare models of sheep voluntary intake and show using it would be more representativeon a pasture based animal production system and use it on farm planning. For this, a database was set up consisting of articles, dissertations and theses with information on the characteristics of the animals (live weight, reference weight of an adult animal, average daily gain and consumption) and pastures (pre and post feed mass - pasture, forage supply, accumulation and rate of accumulation). Mathematical models chosen to estimate the sheep voluntary intake use live weight (kg) and weight gain of animals (kg / head / day) (model 1);besides this data, the model 2 also use the weight of adult animal as an a input variable. The model that made the best prediction of voluntary consumption was model 1, since there were no significant differences between this model and the database used on validation. After the choice of the model, a simulation was performed using (pre and post grazing mass, forage allowance, forage accumulation rate and pasture stocking rate) to determine the forage budget of the production system and which would be the best alternative with 3 different levels of forage allowance: 4%, 8% and 12%. Using this data, three different scenarios of production was simulated was build.The analysis of the model output in the three scenarios evaluated, indicated that the system with 12% of forage allowance has the highest gain per animal / day and the highest gross margin among the evaluated options.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25710
Appears in Collections:PPGPA - Mestrado em Produção Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoseJonasLeiteDeAndrade_DISSERT.pdf834,1 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.