Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/26640
Title: Prática argumentativa no ensino de matemática: contribuições para o processo de resolução de problemas verbais
Authors: Lima, Pablo Jovellanos dos Santos
Keywords: Argumentação;Problemas verbais;Metacognição;Aprendizagem matemática
Issue Date: 24-Aug-2018
Citation: LIMA, Pablo Jovellanos dos Santos. Prática argumentativa no ensino de matemática: contribuições para o processo de resolução de problemas verbais. 2018. 305f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Ensinar matemática é uma tarefa, por vezes, complexa, pois exige que o professor busque por alternativas que permitam aos estudantes abstrair os conceitos desta área, de tal forma, que possam ter possibilidades de perceberem a aplicabilidade destes conceitos na vida cotidiana. Entendemos que uma opção para isso é a utilização da resolução de problemas matemáticos verbais como um procedimento metodológico para o ensino da matemática. Contudo, esta resolução exige, por exemplo, que o sujeito leia o problema a fim de compreendê-lo, já que ele se apresenta por meio de um enunciado, selecione uma estratégia para resolvê-lo e busque validar a solução encontrada, sendo tais ações algumas dificuldades que os alunos demonstram ter, principalmente os dos sextos anos do ensino fundamental, fato percebido em nossa própria prática docente. Nos estudos realizados, percebemos que a prática argumentativa promovida em sala de aula poderia contribuir para que os alunos não só avançassem no processo de resolução de problemas matemáticos verbais como tivessem também a possibilidade de desenvolverem estratégias metacognitivas que os permitissem ter maiores condições para lidarem com tais problemas em momentos individuais e futuros, mas, que, principalmente, fosse dada a eles a oportunidade de participarem de modo mais ativo desses momentos de resolução, tendo possibilidades mais efetivas para compreenderem o conteúdo matemático observado no problema. Com isso, propusemos a seguinte Tese: a resolução de problemas verbais, por meio de práticas argumentativas, favorece o desenvolvimento do pensamento metacognitivo de modo a oportunizar o desenvolvimento de habilidades e procedimentos para a resolução destes problemas pelos alunos envolvidos na discussão, favorecendo, assim, o aprendizado da matemática. Nesse trabalho doutoral, tivemos, como participantes da pesquisa, sete alunos do sexto ano de uma escola pública e as operações básicas da matemática como o conteúdo a ser tratado. A pesquisa se constituiu como pesquisa-ação e as análises foram realizadas com base na Análise Textual Discursiva (ATD). Assim, objetivamos, inicialmente, identificar os procedimentos utilizados pelos alunos nas etapas que compõem a resolução de um problema verbal. A partir daí, investigamos se tais procedimentos foram desenvolvidos a ponto de serem utilizados novamente em novos problemas. Por fim, nos propomos a verificar, a partir das falas dos alunos, se estes procedimentos configuraram-se como estratégias metacognitivas. Procuramos verificar também como a discussão sobre o uso daquelas estratégias contribuiu para o desenvolvimento do pensamento metacognitivo. Concluímos que, de fato, o uso da argumentação na resolução de problemas favorece o ensino de matemática, possibilitando que estratégias metacognitivas, assim como outros movimentos metacognitivos, como a construção de hipóteses, de justificativas e de questionamentos, sejam socializados a ponto de auxiliar os envolvidos nas discussões relativas àquela resolução, podendo essas estratégias serem apreendidas e utilizadas em momentos futuros, além de permitir que o aluno familiarize-se ainda mais com o tipo de problema que está sendo discutido, o que também contribui para o desenvolvimento do pensamento metacognitivo sobre tal tarefa. Para isso, notamos que é indispensável que o professor se aproprie de estudos que o permitam compreender um pouco sobre argumentação e a sua relação com o ensino de matemática, a fim de produzir um planejamento que possibilite alternativas discursivas para a manutenção e fomentação das discussões. Apesar das nossas ações terem sido planejadas de tal modo que nos possibilitasse identificar as estratégias metacognitivas utilizadas pelos alunos em nossa pesquisa, elas também contribuíram para que os conceitos matemáticos envolvidos nos problemas verbais, aplicados em sala de aula, fossem compreendidos pelos estudantes.
Abstract: Teaching mathematics is a sometimes complex task, since it requires the teacher to search for alternatives that allow students to abstract the concepts of this area, so that they can have possibilities to perceive the applicability of these concepts in everyday life. We understand that one option for this is the use of verbal mathematical problem solving as a methodological procedure for the teaching of mathematics. However, this resolution requires, for example, that the subject read the problem in order to understand it, since it presents itself by means of a statement, select a strategy to solve it and seek to validate the solution found, such actions being some difficulties that the students demonstrate to have, especially the of the sixth grade elementary school, a fact that is perceived in our own teaching practice. In the studies carried out, we realized that the argumentative practice promoted in the classroom could contribute to the students not only advancing in the process of solving verbal mathematical problems but also the possibility of developing metacognitive strategies that would allow them to have better conditions to deal with such problems in individual and future moments, but, above all, they were given the opportunity to participate more actively in these moments of resolution, having more effective possibilities to understand the mathematical content contemplated in the problem. Thus, we propose the following thesis: the solution of verbal problems, through argumentative practices, favors the development of metacognitive thinking in order to facilitate the development of skills and procedures for the resolution of these problems by the students involved in the discussion, thus favoring , the learning of mathematics. In this doctoral work we had as subjects of the research seven students of the sixth school year of a public school and the basic operations of mathematics as the content to be treated. The research was constituted as action-research and the analyzes were carried out based on Discursive Textual Analysis (DTA). Thus, we aim, initially, to identify the procedures used by the students in the stages that make up the resolution of a verbal problem. From there, we investigate if such procedures were developed to the point of being used again in new problems. Finally, we propose to verify, from the statements of the students, if these procedures were configured as metacognitive strategies. We also sought to verify how the discussion about the use of those strategies contributed to the development of metacognitive thinking. We conclude that, in fact, the use of argumentation in problem solving favors the teaching of mathematics, allowing metacognitive strategies, as well as other metacognitive movements, such as the construction of hypotheses, justifications and questions, to be socialized to the point of helping those involved in the discussions related to that resolution, and these strategies can be apprehended and used in future times, in addition to allowing the student to become more familiar with the type of problem being discussed, which also contributes to the development of metacognitive thinking about such task. For this, we note that it is indispensable that the teacher appropriates studies that allow him to understand a little about argumentation and its relation with the teaching of mathematics, in order to produce a planning that allows for discursive alternatives for the maintenance and fomenting the discussions. Although our actions were planned in such a way as to enable us to identify the metacognitive strategies used by students in our research, they also contributed to the students‟ understanding of the mathematical concepts involved in verbal problems applied in the classroom.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26640
Appears in Collections:PPGED - Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Práticaargumentativaensino_Lima_2018.pdf2,73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.