Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27021
Title: Massa muscular e função física em idosos com câncer gastrointestinal
Other Titles: Muscle mass and physical function in elderly gastrointestinal cancer patients
Authors: Barbalho, Erica Roberta
Keywords: Sarcopenia;Qualidade muscular;Musculatura esquelética;Força de preensão manual;Velocidade de marcha
Issue Date: 27-Feb-2019
Citation: BARBALHO, Erica Roberta. Massa muscular e função física em idosos com câncer gastrointestinal. 2019. 41f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A sarcopenia, doença que associa a perda de quantidade e qualidade muscular esquelética com o prejuízo da função física, é altamente prevalente no envelhecimento e está associada a resultados adversos no idoso com câncer. No entanto, não se sabem informações colaborativas como componentes da massa muscular implicam na função física destes pacientes. Portanto, o objetivo do presente estudo foi comparar como diferentes fenótipos musculares refletem nos resultados de testes de função física em idosos com câncer gastrointestinal. Foi realizado um estudo transversal, que avaliou a função física por meio de testes como força de preensão manual (dinamometria) e do teste de velocidade de marcha. Para avaliação da massa muscular utilizaram-se imagens de tomografia computadorizada da região abdominal com software específico. Os indivíduos foram classificados em quatro fenótipos musculares: quantidade e qualidade normal, baixa quantidade apenas, baixa qualidade apenas e baixas quantidade e qualidade muscular. Para comparar a influência de cada fenótipo nos testes de função física foi utilizada ANCOVA one way seguida do post hoc de Bonferroni. Foi adotado nível de significância de 5%. Um total de 167 pacientes foram incluídos no estudo, com maior prevalência do sexo masculino (58,1%) e idade média de 69,17 ±7,97 anos. A maioria dos pacientes era fisicamente inativa (82,6%), e a prevalência de sarcopenia foi de 37,7%. Os idosos oncológicos com fenótipos de baixa qualidade e/ou quantidade muscular apresentavam pior desempenho nos testes de dinamometria e velocidade de marcha. Concluímos que indivíduos com baixa quantidade e/ou qualidade musculares obtiveram piores resultados nos testes de função física, estando estes pacientes mais suscetíveis a fragilidade e dificuldade de realizar atividades cotidianas.
Abstract: Sarcopenia, the syndrome of weight loss and skeletal muscle quality with the use of physical function, is highly prevalent in aging and is associated with adverse effects in the elderly with cancer. However, we do not know collaborative information as components of muscle mass imply the physical function of these patients. Therefore, the objective of this study was to compare how different muscle phenotypes reflect in the results of physical function tests in elderly with gastrointestinal cancer. A cross-sectional study was carried out, which evaluated a physical function of handgrip (dynamometry) and gait speed test. Abdominal computed tomography images were used to evaluate muscle mass by specific software. The patients were classified in four muscle categories: normal quantity and quality, low quantity only, low quality only and low quantity and quality muscle. To compare each phenotype in the physical function ANCOVA one way tests was used followed by Bonferroni post hoc. A significance level of 5% was adopted. A total of 167 patients were included in the study, with a higher prevalence of males (58.1%) and mean age of 69.17 ± 7.97 years. The majority of patients were physically inactive (82.6%), and the prevalence of sarcopenia was 37.7%. Oncological elderly with low quality and / or muscle mass phenotypes presented inferior performance in the handgrip and gait speed tests. It was concluded that the individual with low muscular quantity and / or quality obtained worse results in the physical function tests, in which the patients were more susceptible to the fragility and difficulty to perform the daily activities.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27021
Appears in Collections:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Massamuscularfunção_Barbalho_2019.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.