Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27228
Title: Rankings de fundos de investimento em ações: as aparências enganam
Authors: Silva, Tanite de Melo
Keywords: Fundos de investimento em ações;Persistência;Ranking de Fundos
Issue Date: 31-Jul-2017
Citation: SILVA, Tanite de Melo. Rankings de fundos de investimento em ações: as aparências enganam. 2017. 119f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio rande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A presente pesquisa investigou se há persistência no desempenho de fundos de investimento de ações listados no ranking de fundos de ações da Revista Exame. Foram usados como referência os fundos de ações de acordo com a classificação da ANBIMA. Foi examinado se os mesmos apresentavam variações na volatilidade, retorno e desempenho ajustado ao risco no período anterior e posterior ao fechamento do ranking, que ocorre no último dia útil de setembro de cada ano. O período usado pela investigação deste trabalho foi de 2011 a 2015. A amostra da pesquisa foi composta pelos fundos listados no ranking da publicação escolhida. Foram analisados dados de 271 fundos quanto aos seus retornos, volatilidade e Índice de Sharpe. A análise estatística foi dividida em duas partes: na primeira foi analisado se cada um dos fundos apresentava resultados significativos por meio da realização do Teste T de Student quando comparados com eles mesmo em janelas de 22, 44 e 66 dias úteis anteriores e posteriores ao fechamento do ranking. Na segunda parte foi realizado o Teste T para verificar se havia significância entre o melhor e o pior fundo em comparação aos demais fundos de um mesmo banco e ano. Não foi encontrada evidência de que há persistência no desempenho dos fundos. Alguns bancos como Banco do Brasil, Bradesco, Itau e Santander apresentaram resultados significativos de fundos quando comparados com eles mesmos e quando comparados os melhores ou piores fundos em relação aos demais. De forma geral, os fundos apresentaram volatilidade maior no período que antecedia a apuração do ranking, como também os fundos com maior volatilidade foram os que tiveram os piores Índices de Sharpe.
Abstract: The present research investigated if there is persistence in the performance of stock investment funds listed in Exame magazine’s stock funds ranking. There was used as reference the stock funds according to the classification of ANBIMA. It was examined if they showed changes in volatility, return and risk adjusted performance in the period before and after the closing of the ranking, which occurs on the last business day of September of each year. The period used for the investigation of this research was from 2011 to 2015. The research sample consisted of the funds listed in the ranking of the publication chosen. Data from 271 funds were analyzed for their returns, volatility and Sharpe Index. Statistical analysis was divided into two parts: the first one analyzed whether each of the funds presented significant results by means of the Student’s T test when compared to them in windows of 22, 44 and 66 working days before and after closure Of the ranking. In the second part, the T-Test was performed to verify if there was a significance between the best and the worst fund compared to the other funds of the same bank and year. No evidence was found that there is persistence in the performance of funds. Some banks such as Banco do Brasil, Bradesco, Itau and Santander presented significant results of funds when compared to themselves and when comparing the best or worst funds in relation to the others. In general, the funds showed higher volatility in the period prior to the ranking, but also the funds with the highest volatility were those with the worst Sharpe Index.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27228
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rankingsfundosinvestimento_Silva_2017.pdf2,49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.