Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27718
Title: Validação de instrumento para diagnóstico da má oclusão na dentição decídua por cirurgiões-dentistas
Authors: Morais, Patrícia Diógenes de
Keywords: Saúde pública;Ortodontia;Má oclusão;Pré-escolar;Estudos de validação;Psicometria
Issue Date: 28-Jun-2019
Citation: MORAIS, Patrícia Diógenes de. Validação de instrumento para diagnóstico da má oclusão na dentição decídua por cirurgiões-dentistas. 2019. 126f. Dissertação (Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação) - Escola de Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A má oclusão decorre de alterações no posicionamento dentário e mau relacionamento dos ossos maxilares, sendo considerada um fenômeno das civilizações modernas que pode ser enquadrado como problema de Saúde Pública. Objetiva-se validar um instrumento para o diagnóstico da má oclusão na dentição decídua por cirurgiões-dentistas. Trata-se de estudo metodológico, com abordagem quantitativa, desenvolvido em duas etapas. A primeira constou da validação de conteúdo e aparência por um painel de juízes composto por cinco cirurgiõesdentistas especialistas em ortodontia; e pela análise semântica dos itens, com a utilização da técnica de “brainstorming”, que consistiu em checar a compreensão dos itens por dois grupos de três cirurgiões-dentistas não especialistas em ortodontia. Na segunda etapa, foram avaliadas as propriedades psicométricas, o que incidiu na avaliação do instrumento por três cirurgiões-dentistas, em duas ocasiões diferentes, com o mesmo grupo de 112 crianças, com idade de 3 a 5 anos, verificando a fidedignidade do instrumento. A análise dos dados foi realizada por meio do Índice de Validade de Conteúdo (IVC), coeficiente de concordância de Kappa (k) e coeficiente de correlação de Spearman. A pesquisa seguiu todos os aspectos éticos e legais de pesquisa em seres humanos, obtendo o Parecer da Comissão de Ética em Pesquisa sob o nº 2.803.127. Em relação à clareza, o Domínio 01, referente à identificação da criança, obteve IVC=1. O Domínio 02, relativo aos critérios de avaliação, se compôs, inicialmente, por 11 itens, quatro foram avaliados com IVC=1, quatro com IVC=0,8, no entanto, os itens VII e VIII foram considerados não claros ou pouco claros, com IVC 0,6 e 0,2. No Domínio 03, referente ao resultado geral, os dois itens que o compõem receberam IVC=1. Na avaliação do instrumento como um todo, dois itens receberam IVC=1 e um, IVC=0,8. Sobre a relevância, dos itens do Domínio 02, sete obtiveram IVC=1 e dois, IVC=0,8, contudo, os itens VII e VIII foram considerados pouco relevantes ou irrelevantes, com IVC 0,66 e 0,50. A representatividade do Domínio 03 apresentou IVC=0,8. Na avaliação dos três domínios quanto à abrangência, verificou-se que dois obtiveram IVC=1,00 e um obteve IVC=0,8; e o instrumento como um todo apresentou IVC=0,8. De acordo com as sugestões dos juízes, o instrumento foi modificado, obtendo a primeira versão. Quanto à análise semântica, observou-se que dos dez itens que compõem a primeira versão do Domínio 02, oito foram considerados totalmente compreensíveis, no entanto, os itens VIII e X foram considerados não ou pouco compreensíveis, com IVC 0,66 e 0,50. Os três domínios do instrumento obtiveram IVC=1,00 em relação ao entendimento dos itens e palavras; e preenchimento das respostas. De acordo com as sugestões, obteve-se a segunda versão do instrumento. Nos domínios e itens da segunda versão, se obteve IVC=1,00 em todos os aspectos analisados. Ao avaliar as propriedades psicométricas, observou-se que houve uma concordância quase perfeita interavaliadores (k≥0,8), e que o instrumento foi considerado consistente no tempo e no espaço pelos três observadores, obtendo o coeficiente de Spearman muito forte (rs>0,80). Na aplicação do instrumento, verificou-se que a maioria das crianças (97,3%) foi diagnosticada com necessidade de avaliação pelo ortodontista (pontuação ≥15). Assim, aceita-se a hipótese alternativa do estudo, na qual se evidencia que o instrumento para o diagnóstico da má oclusão na dentição decídua por cirurgiões-dentistas possui fortes evidências de validade. Desse modo, espera-se que o produto decorrente deste estudo permita ao cirurgião-dentista orientar e encaminhar as crianças para serviços especializados ainda na fase de dentição decídua, garantindo uma atenção integral a essa população.
Abstract: Malocclusion results from changes in the dental position and poor relationship of the maxillary bones, being considered a phenomenon of modern civilizations that can be classified as a Public Health problem. The aim of this study was to validate an instrument for the diagnosis of malocclusion in the deciduous dentition by dental surgeons. This is a methodological study, with a quantitative approach, developed in two stages. The first consisted of content and appearance validation by a panel of judges composed of five orthodontic dentists; and the semantic analysis of the items, using the brainstorming technique, which consisted in checking the comprehension of the items by two groups of three non-orthodontic dentists. In the second stage, the psychometric properties were assessed, which evaluated the instrument by three dental surgeons, on two different occasions, the same group of 112 children, aged three to five years, verifying the reliability of the instrument. Data analysis was performed using the Content Validity Index (IVC), Kappa (k) concordance coefficient and Spearman’s correlation coefficient. The research followed all the ethical and legal aspects of human research, obtaining the opinion of the Commission of Ethics in Research under No. 2.803.127. In relation to clarity, Domain 01, regarding the identification of the child, obtained IVC = 1. Domain 02, regarding the evaluation criteria, was initially composed of 11 items, four were evaluated with IVC = 1, four with CVI = 0.8, however, items VII and VIII were considered unclear or unclear, with IVC 0.6 and 0.2. Domain 03, referring to the general result, the two items that compose it received IVC = 1. In the evaluation of the instrument as a whole, two items received IVC = 1 and an IVC = 0.8. Regarding the relevance of the items in Domain 02, seven obtained IVC = 1 and two IVC = 0.8, however, items VII and VIII were considered as less relevant or irrelevant, with IVC 0.66 and 0.50. The representativity of Domain 03 presented IVC = 0.8. In the evaluation of the three domains of coverage, it was verified that two obtained IVC = 1.00 and one obtained IVC = 0.8; and the instrument as a whole had IVC = 0.8. According to the judges' suggestions, the instrument was modified, obtaining the primary version. As for the semantic analysis, it was observed that of the ten items that make up the primary version of Domain 02, eight were considered comprehensible, however, items VIII and X were considered nonunderstandable, with IVC 0.66 and 0, 50. The three domains of the instrument obtained IVC = 1.00 in relation to the understanding of the items and words; filling in the answers. According to the suggestions, the secondary version of the instrument was obtained. The domains and items of the secondary version, obtained IVC = 1.00 in all aspects analyzed. When evaluating the psychometric properties, it was observed that there was an almost perfect inter-rater agreement (k≥0.8), and that the instrument was consistent in time and space by the three observers, obtaining a strong Spearman coefficient (rs> 0, 80). At the application of the instrument, it was verified that the majority of children (97.3%) were diagnosed with orthodontist evaluation (score ≥15). Thus, the alternative hypothesis of the study is accepted, in which it is evident that the instrument for the diagnosis of malocclusion in the deciduous dentition by dental surgeons has strong evidence of validity. Thus, it is expected that the product obtained from this study will allow the dental surgeon to guide and refer children to specialized services during the deciduous teething phase, guaranteeing comprehensive care for this population.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27718
Appears in Collections:PPGSES - Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Validaçãoinstrumentodiagnóstico_Morais_2019.pdf3,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.