Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31264
Title: Avaliação da atividade anti-inflamatória e antioxidante do Lactobacillus Rhamnosus EM1107 em modelo experimental de periodontite induzida em ratos diabéticos
Authors: Silva, Natália Teixeira da
Keywords: Periodontite;Diabetes;Probiótico;Inflamação;Biologia
Issue Date: 23-Sep-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Natália Teixeira da. Avaliação da atividade anti-inflamatória e antioxidante do Lactobacillus Rhamnosus EM1107 em modelo experimental de periodontite induzida em ratos diabéticos. 2020. 74f. Dissertação (Mestrado em Ciências Odontológicas) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: A doença periodontal e o diabetes compartilham mecanismos imuno-inflamatórios crônicos semelhantes e possuem uma relação bidirecional bem estabelecida na literatura. A terapia probiótica, que por sua vez exerce efeitos sobre o microbioma e também sobre o sistema imune do hospedeiro, tem sido sugerida como uma alternativa ou complemento à terapia periodontal não cirúrgica. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do Lactobacillus rhamnosus EM1107 sobre a inflamação e estresse oxidativo em modelo experimental de periodontite induzida por ligadura em ratos diabéticos. Foi realizado ensaio pré-clínico, in vivo, randomizado, cego e controlado, sendo composto por 45 ratos Wistar machos, os quais foram divididos aleatoriamente em cinco grupos com 9 animais cada: controle, ligadura, ligadura/DM, ligadura/EM1107, ligadura/DM/EM1107. Os animais foram pré-tratados com probiótico via gavagem oral durante os 30 dias de experimento. A indução do diabetes aconteceu através de injeção de STZ por veia peniana no 14º dia do experimento e a colocação da ligadura para indução da Doença Periodontal ocorreu no 19º dia. No 30º de experimento dos animais foram eutanasiados. As amostras de tecido gengival obtidas foram analisadas através do ensaio ELISA para dosagem das concentrações teciduais das citocinas IL-1β e TNF-α e da espectroscopia UV-VIS para determinação dos níveis de malondialdeído (MDA) e glutationa (GSH). Foi realizado também análise bioquímica para dosagem de ALT, ureia e glicose. O tratamento com L. rhamnosus EM1107 reduziu significativamente as concentrações de citocinas inflamatórias IL-1β e TNF-α nos grupos tratados com L. rhamnosus EM1107 (p < 0,05). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos em relação a modulação do estresse oxidativo (p>0,05). A análise dos parâmetros bioquímicos revelou diferença estatisticamente significativa apenas para a dosagem de glicose entre os grupos diabéticos e não diabéticos (p<0,001). Esse estudo sugere efeito anti-inflamatório do Lactobacillus rhamnosus EM1107 na periodontite induzida por ligadura em ratos diabéticos.
Abstract: Periodontal disease and diabetes share similar chronic immune-inflammatory mechanisms and have a well-established bidirectional relationship in the literature. Probiotic therapy, which in turn has effects on the microbiome and also on the host's immune system, has been suggested as an alternative or complement to non-surgical periodontal therapy. The aim of this study was to evaluate the effects of Lactobacillus rhamnosus EM1107 on inflammation and oxidative stress in an experimental model of ligature-induced periodontitis in diabetic rats. A preclinical, in vivo, randomized, blinded and controlled trial was carried out, consisting of 45 male Wistar rats, which were randomly divided into five groups with 9 animals each: control, ligation, ligature / DM, ligation / EM1107, ligature / DM / EM1107. The animals were pre-treated with probiotic via oral gavage during the 30 days of the experiment. The induction of diabetes occurred through injection of STZ through a penile vein on the 14th day of the experiment and the placement of the bandage to induce Periodontal Disease occurred on the 19th day. In the 30th experiment the animals were euthanized. The gingival tissue samples obtained were analyzed using the ELISA assay to measure tissue concentrations of cytokines IL-1β and TNF-α and UV-VIS spectroscopy to determine levels of malondialdehyde (MDA) and glutathione (GSH). Biochemical analysis was also performed to measure ALT, urea and glucose. Treatment with L. rhamnosus EM1107 significantly reduced the concentrations of inflammatory cytokines IL-1β and TNF-α in the groups treated with L. rhamnosus EM1107 (p <0.05). There was no statistically significant difference between the groups regarding the modulation of oxidative stress (p> 0.05). The analysis of the biochemical parameters revealed a statistically significant difference only for the glucose measurement between the diabetic and non-diabetic groups (p <0.001). This study suggests an anti-inflammatory effect of Lactobacillus rhamnosus EM1107 on ligatureinduced periodontitis in diabetic rats.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31264
Appears in Collections:PPGCO - Mestrado em Ciências Odontológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacaoatividadeantiinflamatoria_Silva_2020.pdf1,71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.