Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19032
Título: Análises de balanços públicos: quociente do resultado orçamentário do governo federal. 2000 – 2009
Autor(es): Silva, Maurício Correa da
Tavares, Adilson de Lima
Araújo, Aneide Oliveira
Silva, José Dionísio Gomes da
Palavras-chave: Receitas Executadas;Despesas Executadas;Quociente do Resultado Orçamentário (QRO)
Data do documento: 2013
Citação: SILVA, Maurício Correa da; TAVARES, Adilson de Lima; ARAÚJO, Aneide Oliveira; SILVA, José Dionísio Gomes da. Análises de balanços públicos: quociente do resultado orçamentário do governo federal. 2000 – 2009. Revista Contabilidade Vista & Revista, ISSN 0103-734X, Universidade Federal de Minas Gerais, 15 Belo Horizonte, v. 24, n. 3, p.15-34, jul./set. 2013. Disponível em: <http://web.face.ufmg.br/face/revista/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/1271/pdf_55>. Acesso em 7 maio 2015.
Resumo: Esta pesquisa tem o objetivo de evidenciar os Quocientes do Resultado Orçamentário (QRO) do Governo Federal, apurados nos Balanços Orçamentários, no período de 2000 a 2009 e analisar as suas consequências na execução orçamentária. Os dados históricos do Demonstrativo das Receitas Realizadas e Despesas Empenhadas, Liquidadas e Pagas da União (Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social) dos exercícios de 2000 a 2009, foram extraídos do sítio eletrônico da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Em termos metodológicos, trata-se de uma pesquisa bibliográfica, quantitativa (média aritmética, desvio padrão, coeficiente de variação, coeficiente de correlação e os números-índices) e qualitativa. Os resultados revelaram que dos dez anos analisados (2000 a 2009), o Governo Federal apresentou como quociente do resultado da execução orçamentária o superávit orçamentário total (receitas executadas superiores as despesas executadas) em nove anos (2000 a 2007 e 2009) e um ano de déficit orçamentário total (2008) ao considerar as receitas e despesas executadas totais. Separadamente, o déficit orçamentário corrente em quatro anos (2001, 2006, 2007 e 2009) e déficit orçamentário de capital no ano de 2008. Foi observado que o Governo Federal deixou de gastar em média, aproximadamente R$ 41 bilhões, e isto representa a diferença média entre o que foi arrecadado e gasto no período de 2000 a 2009
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/19032
ISSN: 0103-734X
Aparece nas coleções:CCSA - DCC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnalisesBalançosPublicos_2013.pdf552,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.