Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19969
Título: A economia solidária sob a perspectiva do desenvolvimento endógeno: o caso da cooperativa de coleta seletiva e reciclagem amigos do planeta - Lauro de Freitas/BA (2004/2013)
Autor(es): Santos, Vinicius Gonçalves dos
Palavras-chave: Economia solidária;Desenvolvimento;Liberdade;Ambiência;Viabilidade
Data do documento: 17-Out-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTOS, Vinicius Gonçalves dos. A economia solidária sob a perspectiva do desenvolvimento endógeno: o caso da cooperativa de coleta seletiva e reciclagem amigos do planeta - Lauro de Freitas/BA (2004/2013). 2014. 90f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: In recent decades, the collective leadership of the Solidary Economical Enterprises (ESS) that are active in providing collection and recycling services, has been presented as a proposal for the organization of urban space with the creation of new enterprises and solidarity production chains. Are activities that have gained a new stimulus to the creation of the National Secretariat of Solidarity Economy and the National Policy on Solid Waste that assigned a leading role in these social actors. These experiences contribute to building a participatory development path, resembling with the pluralistic perspective of development of the Indian economist Amartya Sen, that goes beyond the simplistic design of the increased income, focusing on the process of expanding freedoms that people enjoy. The aim of this work is to situate the perspective of endogenous development with the Collection Services segment and Material Recycling in the field of Solidarity Economy, through the analysis of the experience of the Cooperative of Selective Collection and Recycling Friends of the planet, located in the municipality of Lauro to Freitas - BA, from 2004 to 2013. for this the following procedures were adopted: analysis of the main contributions of the international literature on the phenomenon of pluriactivity; review of national literature that analyzes the emergence and evolution of the projects of solidarity economy in Brazil; bibliographical and documentary research; and socio-economic evaluation of the EES. The guiding problem of this work, understandably, is: what is the meaning of endogenous perspective with the Materials Collection and Recycling Services segment in the field of Solidarity Economy? It starts with the hypothesis that the development of these practices requires an environment that removes the main sources of deprivation involving the conditions of existence of these enterprises. The results show that not enough development to be built with the participation of social actors, but there are minimally necessary conditions for such experiences can take hold in order to achieve their goals. Thus, not only is it a strictly economic issue, but requires political actions for a process of social transformation.
metadata.dc.description.resumo: Nas últimas décadas, o protagonismo coletivo dos Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) que atuam na prestação de serviços de coleta e reciclagem de materiais, tem-se apresentado como uma proposta de organização do espaço urbano com a constituição de novos empreendimentos e cadeias produtivas solidárias. São atividades que ganharam um novo estímulo com a criação da Secretaria Nacional de Economia Solidária e com a Política Nacional de Resíduos Sólidos que atribuíram um papel preponderante para esses atores sociais. Essas experiências contribuem para construção de um caminho de desenvolvimento participativo, que assemelha-se com a perspectiva pluralista de desenvolvimento do economista indiano Amartya Sen, que vai além da concepção simplista do aumento da renda, centrando-se no processo de expansão das liberdades que as pessoas desfrutam. O objetivo desta dissertação é situar a perspectiva do desenvolvimento endógeno junto ao segmento de Serviços de Coleta e Reciclagem de Materiais no campo da Economia Solidária, por meio da análise da experiência da Cooperativa de Coleta Seletiva e Reciclagem Amigos do Planeta, localizada no município de Lauro de Freitas – BA, no período de 2004 a 2013. Para isto foram adotados os seguintes procedimentos: análise das principais contribuições da literatura internacional que trata do fenômeno da pluriatividade; revisão da literatura nacional que analisa a emergência e a evolução dos empreendimentos da economia solidária no Brasil; pesquisa bibliográfica e documental; e, avaliação sócio-econômica dos EES. O problema norteador deste trabalho, compreensivamente, é: qual o sentido da perspectiva endógena junto ao segmento de Serviços de Coleta e Reciclagem de Materiais no campo da Economia Solidária? Parte-se da hipótese de que o desenvolvimento destas práticas pressupõe uma ambiência que remova as principais fontes de privação que envolvem as condições de existência desses empreendimentos. Os resultados obtidos revelam que, não basta que o desenvolvimento seja construído com a participação dos atores sociais, mas que existam minimamente as condições necessárias para que tais experiências possam se firmar de forma a alcançarem os seus objetivos. Sendo assim, não se trata apenas de uma questão estritamente econômica, mas pressupõe ações políticas voltadas para um processo de transformação social.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19969
Aparece nas coleções:PPGECO - Mestrado em Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ViniciusGoncalvesDosSantos_DISSERT.pdf1,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.