Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20662
Título: Condições de trabalho e saúde psíquica de servidores técnico-administrativos da UFRN
Autor(es): Campelo, Gelsa Pedro
Palavras-chave: Saúde ocupacional;Saúde psíquica;Condições de trabalho;Serviço público;Técnico-administrativos
Data do documento: 31-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CAMPELO, Gelsa Pedro. Condições de trabalho e saúde psíquica de servidores técnico-administrativos da UFRN. 2015. 107f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Processos Institucionais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Unfavorable working conditions constitute one of the factors that may contribute to cause psychic suffering and behavioral disorders in workers. This research aimed to characterize the working conditions public servant technical- administrative , specifically the auxiliaries and assistants in administration of the Federal University of Rio Grande do Norte – UFRN, Natal, Brasil, as well to identify the incidence of psychic suffering in this group of public servants. As a strategy, we chose a case study of multi-method type, descriptive with quantitative and qualitative sequential steps. For this, it initially performed desk research by surveying epidemiological data for these public servants working in central campus, to identify the major diseases presented in the period from January 2011 to June 2014. Then, we proceeded to diagnostic step of the aspects related to work, by applying online and in loco of Working Conditions Survey (already validated by Borges et al., 2013a) in 11 sectors selected according to the following criteria: high number of workers public servants and major and minor percentage of absences for health care for ICD-F (according to records of Sector of Workers Health Care - DAS). In the treatment of the data the spreadsheet editor software Microsoft Office Excel and statistical SPSS Statistical Package for Social Sciences were used and made qualifying type of content analysis of open questions. Applied to this study 174 public servants and the results show a predominance of absenteeism due to mental or behavioral disorders (ICD F), musculoskeletal diseases (ICD M) and respiratory system (ICD J). Among the factors that were significant are the working hours (contractual and legal); Physical Effort (M = 2.59) and workspace (M = 2.58) - physical and material conditions; encouraging collaboration (M = 3.5) - processes and characteristics of the work; and participation (M = 1.78) - social-management environment. Therefore, it infers the existence of a relationship between these factors and some of the reasons for absenteeism reported by participants. It is suggested the expansion of this research with studies involving other professionals (including scholarship workers and contractors) and specific sectors.
metadata.dc.description.resumo: Condições de trabalho desfavoráveis constituem um dos fatores que podem contribuir para o desencadeamento de transtornos psíquicos e comportamentais nos trabalhadores. Nesse sentido, esta pesquisa objetivou caracterizar as condições de trabalho dos servidores técnico-administrativos, especificamente dos auxiliares e assistentes em administração do campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, Natal, Brasil, bem como, identificar a incidência de sofrimento psíquico nesse grupo de servidores. Enquanto estratégia, optou-se por um estudo de caso do tipo multimétodo, de natureza descritiva com etapas quantitativa e qualitativa sequenciais. Para isso, foi realizada inicialmente pesquisa documental através do levantamento de dados epidemiológicos relativos àqueles servidores lotados no campus central, visando identificar as principais enfermidades apresentadas durante o período de janeiro de 2011 a junho de 2014. Em seguida, procedeu-se a etapa de diagnóstico dos aspectos relacionados ao trabalho, através da aplicação online e in loco do Questionário de Condições de Trabalho (já validado por Borges et al., 2013a) em 11 setores selecionados de acordo com os seguintes critérios: maior número de servidores por unidade organizacional e maiores e menores percentuais de afastamentos para tratamento de saúde por CID-F (conforme registros da Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor – DAS). No tratamento dos dados foram utilizados os softwares editor de planilhas Microsoft Office Excel; estatístico SPSS® Statistical Package for the Social Sciences e realizou-se análise de conteúdo de tipo classificatório das questões abertas. Participaram do estudo de caso 174 servidores e os resultados obtidos mostram predominância de afastamentos por transtornos mentais ou comportamentais (CID F), doenças do sistema osteomuscular (CID M) e do aparelho respiratório (CID J). Entre os fatores que apresentaram significância estão à jornada de trabalho (contratuais e jurídicas); exigência de esforço físico (M=2,59) e espaço de trabalho (M=2,58) – condições físicas e materiais; estímulo à colaboração (M=3,5) - processos e características do trabalho; e participação (M=1,78) - ambiente sociogerencial. Logo se infere a existência de relação entre esses fatores e alguns dos motivos de afastamento relatados pelos participantes. Sugere-se ainda a ampliação da presente investigação com estudos envolvendo outras categorias profissionais (incluindo bolsistas e terceirizados) e setores específicos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20662
Aparece nas coleções:PPGGPI - Mestrado Profissional em Gestão de Processos Institucionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GelsaPedroCampelo_DISSERT.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.