Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21216
Título: Formação profissional do cuidador de idosos em instituições de longa permanência
Autor(es): Silva, Irma Lúcia da Silveira
Palavras-chave: Envelhecimento;Profissional da saúde;Cuidador;Idoso;Instituição de Longa Permanência para Idosos
Data do documento: 12-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Irma Lúcia da Silveira. Formação profissional do cuidador de idosos em instituições de longa permanência. 2015. 118f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The old caretaker's work seeks to minimize suffering and morbidity resulting from physical, cognitive and emotional limitations of these individuals, being a practice permeated by the uniqueness of the subjects involved, therefore, a process in constant construction. In this notion, the caregiver's role is crucial to assist the elderly in everyday life, aiming at improving their quality of life. This study has descriptive and analytical character with quantitative and qualitative approach aimed to investigate the professional training of active caregivers in long-term stay institutions for the Elderly (ILPIs) in Natal/RN in the year 2014. For this, semi-structured interviews were conducted with 63 caregivers employed in nine ILPIs, representing 75% of the professionals performing activities in these institutions. The interviews captured data on the socioeconomic profile, the perception about the profession and training of caregivers. Data were analyzed by observation of absolute and relative measures of central tendency of the numeric variables frequencies. It was found that most caregivers had poor socioeconomic status and had no specific training course to practice caregiver role. However, among those who carried out courses, most reported that the content covered during the training gave security to perform the practice, although they have shown a contradiction when referred to the need to build capacity. The perception of care is mainly related to love and care for the other while the choice of profession is associated with care practice itself. The results also indicate the presence of a low level of formal training for the exercise of the occupation, also revealing the weaknesses ranging from the absence of a core curriculum that can guide the formation, compounded by the low educational professionals in focus.
metadata.dc.description.resumo: O trabalho do cuidador de idoso busca minimizar a morbidade advinda das limitações físicas, cognitivas e emocionais deste indivíduo, constituindo-se em uma práxis que tem influências da singularidade dos sujeitos envolvidos e, portanto, está em constante construção. Neste sentido, conhecer as demandas por capacitação, averiguar os conteúdos estudados durante a formação e identificar as percepções e as dificuldades relacionadas ao trabalho do cuidador formal, pode contribuir para o aprimoramento do seu processo de formação profissional. E as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) são, por excelência, as mais indicadas para levantar tais informações. Desta forma, este estudo de caráter transversal, descritivo e analítico com abordagem quantitativa e qualitativa, objetivou investigar a formação profissional dos cuidadores que trabalham em ILPIs em Natal/RN no ano de 2014. Para tanto, realizou-se uma entrevista semiestruturada com 63 cuidadores em 09 ILPIs, representando 75% do total desses profissionais nessas instituições. As entrevistas captaram dados relativos ao perfil socioeconômico, a formação profissional e a percepção sobre a profissão de cuidador. Para análise dos dados, foram utilizadas a estatística descritiva e a análise do conteúdo de Bardin. De modo geral, identificou-se que a maioria dos cuidadores eram de baixa condição socioeconômica e se inseriam na ocupação sem a realização de um curso específico prévio. Contudo, entre os que realizaram algum curso, a maioria relata que os conteúdos vistos na grade curricular deram segurança para a práxis do cuidado, embora também reportem a necessidade de capacitação. A percepção sobre o cuidado está preponderantemente relacionada ao amar e ao cuidar do outro e a escolha profissional relaciona-se a identificação com a prática do cuidar em si. Diante dos resultados, conclui-se que há a persistência de um baixo nível de preparação formal para a ocupação. Além disso, a formação apresenta fragilidades que se iniciam com a ausência de um currículo básico norteador e se intensificam com a baixa escolaridade requerida para o exercício profissional.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21216
Aparece nas coleções:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IrmaLuciaDaSilveiraSilva_DISSERT.pdf4,62 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.