Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21219
Título: Resposta clínica periodontal e controle glicêmico em pacientes com e sem diabetes tipo II portadores de periodontite crônica ao tratamento periodontal “full mouth desinfection”
Autor(es): Nobre, Cíntia Mirela Guimarães
Palavras-chave: Diabetes Mellitus;Doença periodontal;Debridamento periodontal não cirúrgico
Data do documento: 5-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NOBRE, Cíntia Mirela Guimarães. Resposta clínica periodontal e controle glicêmico em pacientes com e sem diabetes tipo II portadores de periodontite crônica ao tratamento periodontal “full mouth desinfection”. 2015. 52f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: There is a bidirectional association between periodontal disease (PD) and diabetes mellitus, in which diabetes favors the development of PD and PD, if left untreated, can worsen the metabolic control of diabetes. Thus, periodontal disease should be treated to restore periodontal health and reduce the complications of diabetes. Therefore, the objective is assess the effect of full mouth periodontal therapy decontamination (Full Mouth Desinfection - FMD) in diabetic type II patients with chronic periodontitis during 12 months. Thirty-one patients in group one (G1) and 12 in group two (G2) were followed at baseline, 03, 06 09 and 12 months. There following clinical parameters were accessed: probing on bleeding (BOP), visible plaque index (PI), probing depth (PD), clinical attachment level (CAL) and gingival recession (GR). For diabetic patients, there were also made laboratory tests to evaluate blood parameters: fasting glucose and glycated hemoglobin. The results had been analyzed in two ways: all sites in the mouth and another with diseased sites. The Mann-Whitney, Friedman and Wilcoxon tests were used with 5% significance. Intergroup analysis of all sites it is clear that there was no significant difference over time concerning PD, BOP, PI, CAL and RG. However, when evaluating the diseased sites, we observed significant difference for CAL and PD, with higher values in G1. The intragroup analysis for all sites showed a statistically significant reduction at PD, PI and BOP in both groups. Intragroup analysis of periodontal affected sites showed a statistically significant reduction in PD, BOP and CAL in both groups. There was also a statistically significant increase in RG values. There was no significant change concerning glycated hemoglobin and fasting glucose in the G1. Therefore, it can be concluded that there were improvements in periodontal parameters over the 12 months of research, but without changes in glycemic levels of diabetic patients. Thus, periodontal therapy proved effective in maintaining oral health.
metadata.dc.description.resumo: A doença periodontal (DP) e o diabetes mellitus (DM) apresentam uma associação bidirecional, na qual o diabetes favorece o desenvolvimento da DP e esta, quando não tratada, pode piorar o controle metabólico do DM. Logo, a DP deve ser tratada para restabelecer a saúde dos tecidos periodontais e diminuir as complicações do diabetes. Portanto, objetiva-se avaliar clinicamente o efeito da terapia periodontal de descontaminação da boca completa (Full Mouth Scaling and Root Planning - FMSRP) em pacientes diabéticos tipo II portadores de periodontite crônica durante 12 meses. Trinta e um participantes no grupo controle (GC), sem diabetes e com periodontite crónica, e 12 no grupo teste (GT) foram avaliados no baseline, aos 03, 06, 09 e 12 meses. Foram analisados os seguintes parâmetros clínicos periodontais: índice de sangramento a sondagem (ISS), índice de placa visível (IPV), profundidade de sondagem (PS), nível clínico de inserção (NCI) e recessão gengival (RG). Para o GT, também foram realizados exames laboratoriais para avaliar os parâmetros sanguíneos de glicose em jejum e hemoglobina glicada (HbA1c). Os resultados foram analisados de duas formas distintas: uma utilizando todos os sítios presentes na boca e outra apenas com os sítios doentes. Foram utilizados o teste de Mann-Whitney, Friedman e Wilcoxon com um nível de significância de 5%. Na análise intergrupo de todos os sítios, percebe-se que não houve diferença significativa ao longo do tempo em relação à PS, ISS, IPV, NCI e RG (p>0,05). Entretanto, ao avaliar os sítios doentes, observamos diferença significativa somente para o NCI, sendo maior para o GT. A análise intragrupo de todos os sítios mostrou uma redução estatisticamente significativa para a PS, IPV e ISS em ambos os grupos. Para os sítios doentes, a análise intragrupo mostrou uma redução estatisticamente significativa na PS, ISS e NCI em ambos os grupos. Apesar de haver diminuição nos valores no ISS nos dois grupos, apenas no GC pode-se perceber uma redução estatisticamente significativa. Não houve alteração no grupo teste em relação à HbA1c e a glicemia em jejum nos períodos avaliados. Logo, conclui-se que houve melhoras nos parâmetros clínicos periodontais ao longo dos 12 meses da pesquisa, porém sem alterações nos níveis glicêmicos dos pacientes diabéticos. Portanto, a terapia periodontal mostrou-se eficiente para os cuidados da saúde bucal.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21219
Aparece nas coleções:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CintiaMirelaGuimarãesNobre_DISSERT_2015.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.